Tecnologia Titulo
ChatGPT: como aproveitar ao máximo esta nova inteligência artificial?
Por Da Redação
Do 33Giga
14/03/2023 | 16:55
Compartilhar notícia


Poucos meses após o seu lançamento, o ChatGPT – uma inteligência artificial desenvolvida pela OpenAI – tornou-se uma sensação com mais de 100 milhões de usuários ativos mensais em janeiro. Este chatbot é capaz de responder perguntas e fornecer informações sobre uma ampla variedade de tópicos em tempo real.

Quer investir em criptomoedas de forma confiável? Clique aqui e compre na Bit2Me

O que é o Chat GPT?

GPT (Generative Pre-trained Transformer) é um modelo de linguagem de inteligência artificial desenvolvido pela OpenAI.

É uma rede neural auto regressiva que foi treinada em uma grande quantidade de texto para gerar informações coerentes e relevantes a partir de um prompt ou contexto fornecido. Dessa forma, nasce o ChatGPT, como uma aplicação específica de GPT para realizar conversas com humanos com uma ampla variedade de tópicos como notícias, entretenimento, história, tecnologia, entre outros.

“O objetivo do ChatGPT, da OpenAI, é fornecer respostas rápidas e precisas às perguntas dos usuários – e é usado em uma ampla variedade de aplicações, incluindo assistência virtual, atendimento ao cliente e criação de conteúdo automatizado”, diz Mar Carreón, Strategic Planning Director da another, agência global com serviços no mercado latino-americano.

Google VS Microsoft: A guerra com IA começa

Atualmente, o ChatGPT é um dos mais famosos, no entanto, a Alphabet Inc. do Google informou que lançará o “Bard” em resposta à nova sensação dos chatbots inteligentes.

Mas, minutos após este anúncio, no dia 7 de fevereiro, a Microsoft realizou um evento em sua sede em Redmond para revelar a renovação de seu motor de busca Bing e seu navegador Edge impulsionados pela inteligência artificial, apenas algumas semanas depois de confirmar um investimento milionário na OpenAI, a empresa por trás do ChatGPT.

“Agora, o Google e a Microsoft entraram em uma nova batalha para gerar inteligência artificial. Até agora, sabemos que os serviços do Bard são semelhantes aos do GPT, mas atualmente estão abertos apenas para um grupo de avaliadores, enquanto o gigante co-fundado por Bill Gates se dedicou a reinventar seu co-piloto na web para oferecer uma nova experiência”, acrescenta Carreón.

Entendendo o chat

Na another, são realiozados dois exercícios de conteúdo com o Chat GPT, no primeiro colocam-se instruções específicas. No segundo, é feita apenas uma pergunta.

Apenas os primeiros três parágrafos de ambos os exercícios serão mostrados, mas todo o contexto pode ser observado no blog da agência.

Em espanhol, é realiza esta instrução textualmente: “Escreva uma nota de 700 palavras sobre: Por que a inteligência artificial não pode substituir o trabalho de um jornalista?”, e ele entregou o seguinte conteúdo:

OpenAI e CHAT GPT:

A inteligência artificial (IA) está revolucionando muitos setores, incluindo o jornalismo. No entanto, apesar dos avanços tecnológicos, a IA ainda não pode substituir completamente o trabalho de um jornalista. Aqui estão algumas razões pelas quais a IA não pode substituir completamente o jornalista humano.

Em primeiro lugar, a IA é muito boa em realizar tarefas repetitivas e analisar grandes quantidades de dados. Mas ainda não pode igualar a capacidade humana de compreender o contexto e a complexidade de uma história. Um jornalista humano pode perceber nuances e subtramas que a IA não pode captar. Além disso, um jornalista humano pode ter uma perspectiva única e pessoal sobre uma história que a IA não pode imitar.

Em segundo lugar, a IA é suscetível a erros e manipulação. Se a IA for alimentada com dados incorretos, sua análise e produção de conteúdo também serão incorretas. Além disso, os dados usados para treinar uma IA podem estar enviesados ou ser manipulados por indivíduos ou grupos com interesses ocultos. Um jornalista humano, por outro lado, é capaz de detectar esses erros e manipulações e produzir conteúdo mais preciso e confiável.

No segundo exercício, foi feita a seguinte pergunta: “Qual é a melhor estratégia de comunicação para empresas de streaming?” e a inteligência respondeu o seguinte:

OpenAI e CHAT GPT:

A melhor estratégia de comunicação para empresas de streaming depende de muitos fatores, como o objetivo da empresa, seu público-alvo, seu orçamento, entre outros. Em geral, uma estratégia efetiva de comunicação para empresas de streaming incluiria o seguinte:

  1. Conteúdo personalizado: Criar conteúdo que seja relevante e atraente para seu público-alvo, seja por meio de anúncios online, vídeos promocionais, blogs, entre outros.
  2. Colaboração com influenciadores: Identificar influenciadores relevantes em seu nicho e trabalhar com eles para promover seu serviço.

Como aproveitar ao máximo a IA?

Para Carreón, os exercícios anteriores mostram uma futura oportunidade para que as equipes possam se capacitar a usar essa ferramenta de maneira inspiradora. Em resumo: que usem a inteligência artificial para criar e construir, em vez de usá-la para facilitar.

Para aproveitar ao máximo o chat por meio do marketing, alguns passos a seguir podem incluir desde personalizar a experiência do usuário, criar conteúdo automatizado, mas sob a supervisão de um especialista devido às falhas que essa tecnologia ainda tem, lidar com consultas, analisar dados e resolver dúvidas em tempo real.

 




Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


;