Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 14 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Turismo

turismo@dgabc.com.br | 4435-8367


Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Motivos para fazer um intercâmbio na Alemanha

Redação

23/05/2019 | 08:18


Fazer intercâmbio na Alemanha é uma boa opção para estudantes que querem aprender um idioma novo viajando. O país é conhecido por sua história e por ser um dos principais destinos turísticos do mundo. A Trust Intercâmbio e Turismo listou alguns bons motivos para estudar no país europeu.

Quer ganhar um e-book exclusivo com dicas de viagem? Assine nossa newsletter neste link.

Intercâmbio na Alemanha

Divulgação

Estudar na Alemanha é uma ótima opção para estudantes

Aprender alemão pode trazer uma série de benefícios. Investir em um idioma estrangeiro, que exige extrema atenção, é um ponto positivo no mercado de trabalho.

Acrescentá-lo no currículo eleva o valor no mercado.  Com isso, a pessoa pode interagir com clientes e se tornar um pilar da empresa, tanto no caso de quem está começando a vida profissional, quanto no de quem já possui alguns anos de experiência.

LEIA MAIS: UM DIVERTIDO TOUR POR STUTTGART, NA ALEMANHA
OS ENCANTOS DA FLORESTA NEGRA, NA ALEMANHA

Custo x Ensino

Ir para a Alemanha é vantajoso financeiramente, já que o custo de vida é de aproximadamente 850 euros mensais – já incluso transporte, alimentação e as eventuais viagens para os países próximos.

Em Malta, por exemplo, você precisaria de 1,5 mil euros por mês para não passar aperto. Uma diferença de 650 euros, que pode ser aproveitada de outras maneiras.

O ensino alemão é um dos melhores do mundo, sendo que o país é o terceiro destino mais popular entre os estudantes e conta com uma variedade de mais de 400 universidades públicas, espalhadas por 180 cidades. Elas disponibilizam mais de 18 mil programas de estudo.

Frankfurt e Munique

Divulgação

As cidades de Frankfurt e Munique são opções para os estudantes

Duas cidades que estão entre as opções de intercâmbio são Frankfurt e Munique. A primeira é mundialmente famosa por ser um movimentado centro urbano, com uma grande concentração de bancos, comércio e com alta circulação de turistas.

A metrópole do Rio Meno abriga a escola de Sprachcaffe, que oferece cursos de alemão voltado para jovens e adultos. Há opções focadas no dia a dia e especificas para o mercado de trabalho.

A mesma escola também está presente em Munique, conhecida por ter uma população receptiva e lar da famosa Oktoberfest, o festival de cerveja mais conhecido do mundo.

Programas de estudo

É possível escolher a duração do programa de intercâmbio, que varia entre 40, 44 ou 48 semanas. Além do aprendizado da língua, os alunos são preparados para os exames e contam com um intensivo de matemática.

Os cursos de 40 semanas são voltados para alunos que saíram do Ensino Médio e pretendem fazer um programa de intercâmbio básico. Já o de 44 semanas é indicado para quem vai ingressar na universidade. O programa de 48 semanas é para quem não tem noção do idioma e pretende começar os estudos do zero.

Viajando além

A Alemanha é o país europeu com o maior número de fronteiras. Isso significa que é possível visitar vários países durante o seu intercâmbio, como Áustria, França, Bélgica, Dinamarca e Suíça.

As viagens podem ser feitas de trem, no sistema de transporte alemão, conhecido pela qualidade e pontualidade. Os preços variam muito dependendo do trajeto e da antecedência de compra. Quanto maior o caminho, mais cara será a passagem. Mesmo assim, o valor ainda compensa, pois viajar de trem na Europa é uma experiência bacana para os turistas.

Comprar antecipadamente também é uma ótima maneira de economizar, já que os valores dobram quando as passagens são compradas na hora.

50 lugares para conhecer na Europa

Depois de escolher o destino para o intercâmbio, nada melhor do que se aventurar em outros lugares para conhecer na Europa. Confira algumas opções que o Rota de Férias selecionou.

  • Crédito: Pixabay

    Cracóvia, Polônia

  • Crédito: Pixabay

    Colônia, Alemanha

  • Crédito: Pixabay

    Viena, Áustria

  • Crédito: Pixabay

    Basílica de São Marcos, Itália

  • Crédito: Pixabay

    Copenhage, Dinamarca

  • Crédito: Pixabay

    Castelo de Buda, Hungria

  • Crédito: Pixabay

    Castelo de Praga, República Checa

  • Crédito: Pixabay

    Varsóvia, Polônia

  • Crédito: Pixabay

    Acrópole de Atenas, Grécia

  • Crédito: Pixabay

    Torre Eiffel, França

  • Crédito: Pixabay

    Lago de Como, Itália

  • Crédito: Pixabay

    Hamburgo, Alemanha

  • Crédito: Pixabay

    Salzburgo, Áustria

  • Crédito: Pixabay

    Bruxelas, Bélgica

  • Crédito: Pixabay

    Big Ben, Inglaterra

  • Crédito: Pixabay

    Torre de Belém, Portugal

  • Crédito: Pixabay

    Creta, Grécia

  • Crédito: Pixabay

    Coliseu, Itália

  • Crédito: Pixabay

    Museu do Louvre, França

  • Crédito: Pixabay

    Parlamento de Budapeste, Hungria

  • Crédito: Pixabay

    Fórum Romano, Itália

  • Crédito: Pixabay

    Palácio de Versalhes, França

  • Crédito: Pixabay

    Ponte Carlos, República Checa

  • Crédito: Pixabay

    Portão de Brandemburgo, Alemanha

  • Crédito: Pixabay

    Atenas, Grécia

  • Crédito: Pixabay

    Círculo Dourado, Islândia

  • Crédito: Pixabay

    Tromsø, Noruega

  • Crédito: Pixabay

    Talín, Estônia

  • Crédito: Pixabay

    Castelo de Vianden, Luxemburgo

  • Crédito: Pixabay

    Ibiza, Espanha

  • Crédito: Pixabay

    Museu Van Gogh, Holanda

  • Crédito: Pixabay

    Panteão, Itália

  • Crédito: Pixabay

    Basílica de São Pedro, Vaticano

  • Crédito: Pixabay

    London Eye, Inglaterra

  • Crédito: Pixabay

    Basílica de Sacré Cœur, França

  • Crédito: Pixabay

    Templo Expiatório da Sagrada Família, França

  • Crédito: Pixabay

    Castelo Neuschwanstein, Alemanha

  • Crédito: Pixabay

    Rijksmuseum, Holanda

  • Crédito: Pixabay

    Mosteiro dos Jerónimos, Portugal

  • Crédito: Pixabay

    Capela Sistina, Vaticano

  • Crédito: Pixabay

    Arco do Triunfo, França

  • Crédito: Shawn Harquail on VisualHunt / CC BY-NC

    Termas de Széchenyi, Hungria

  • Crédito: Pixabay

    Fontana di Trevi, Itália

  • Crédito: Pixabay

    Parque Güell, Espanha

  • Crédito: Pixabay

    Costa Azul, França

  • Crédito: Pixabay

    Palácio de Buckingham, Inglaterra

  • Crédito: Pixabay

    Alpes, Suiça

  • Crédito: Abeeeer on Visual hunt / CC BY

    Casa de Anne Frank, Holanda

  • Crédito: Pixabay

    Costa Amalfitana, Itália

  • Crédito: Pixabay

    Champs-Élysées, França

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;