Fechar
Publicidade

Domingo, 27 de Setembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Tecnologia

tecnologia@dgabc.com.br | 4435-8301

Preço mínimo de celulares subiu até 42% em junho; veja situação dos modelos mais procurados

 Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Sérgio Vinícius
Do 33Giga

31/07/2020 | 12:48


Como era de se esperar, diversos eletrônicos tiveram altas de preços nos últimos meses. Em junho, por exemplo, smartphone tiveram um acréscimo de até 42% em seus preços – o levantamento é da plataforma comparadora de preços Zoom, que analisou valores entre os dias primeiro e 30 do mês passado.

Leia mais:
Estilista de moda lança nova coleção em desfile virtual e em 3D; confira
Avon usa algoritmo para criar rímel mais desejado da internet
Conheça a Upperbag, uma espécie de clube de assinaturas de roupas que custa apenas R$ 1

O modelo que registra o maior aumento percentual é o Galaxy A30s, que tinha preço mínimo de R$ 799,50 no início de abril e passou a custar R$ 1.139,90 no início de junho – uma variação de 42,6%. A movimentação deve-se, principalmente, à alta do dólar e às barreiras físicas para importação ao longo da pandemia do coronavírus, como o fechamento de portos e aeroportos, que tiveram forte impacto sobre o segmento de eletrônicos no Brasil.

Entre os modelos com menor variação de preço, está o Galaxy A51, que nos últimos dois meses foi o líder de buscas no Zoom. O aparelho faz parte do atual portfólio de smartphones intermediários premium da Samsung e se destaca pelo bom custo-benefício. A Motorola também participa do ranking com a sua linha mais popular, a Moto G.

Apenas dois celulares da Apple aparecem na lista de mais buscados do primeiro semestre. Os modelos são o iPhone 11 e o iPhone XR, com valores acima de R$ 2 mil, que tiveram uma variação de preço acima dos 12% e 15%, respectivamente. Já o Galaxy A10, é o único aparelho com preço abaixo dos R$ 700 que está entre os 10 mais buscados do período.

O levantamento a seguir levou em consideração o preço mínimo praticado entre 1 de janeiro e 30 de junho, comparando o menor valor praticado apenas o mês de junho.

Os 10 celulares mais buscados no primeiro semestre de 2020
Modelo Preço mínimo de 01/01 a 30/06 Preço mínimo de 01 a 30/06 Variação de preço (%)
Xiaomi Redmi Note 8 R$ 950,00 R$ 1.099,99 15,80%
Samsung Galaxy A30s R$ 799,50 R$ 1.139,90 42,60%
Samsung Galaxy A51 R$ 1.401,00 R$ 1.499,00 7%
Apple iPhone 11 R$ 3.519,00 R$ 3.959,10 12,50%
Apple iPhone XR R$ 2.789,00 R$ 3.229,05 15,80%
Motorola Moto G8 Plus R$ 1.046,00 R$ 1.292,70 23,60%
Motorola Moto G8 Play R$ 709,00 R$ 879,00 24%
Samsung Galaxy A10 R$ 529,00 R$ 679,00 28,30%
Samsung Galaxy A20 R$ 764,10 R$ 799,00 4,50%
10º Samsung Galaxy A71 R$ 1.799,00 R$ 1.899,00 5,50%

 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Preço mínimo de celulares subiu até 42% em junho; veja situação dos modelos mais procurados

Sérgio Vinícius
Do 33Giga

31/07/2020 | 12:48


Como era de se esperar, diversos eletrônicos tiveram altas de preços nos últimos meses. Em junho, por exemplo, smartphone tiveram um acréscimo de até 42% em seus preços – o levantamento é da plataforma comparadora de preços Zoom, que analisou valores entre os dias primeiro e 30 do mês passado.

Leia mais:
Estilista de moda lança nova coleção em desfile virtual e em 3D; confira
Avon usa algoritmo para criar rímel mais desejado da internet
Conheça a Upperbag, uma espécie de clube de assinaturas de roupas que custa apenas R$ 1

O modelo que registra o maior aumento percentual é o Galaxy A30s, que tinha preço mínimo de R$ 799,50 no início de abril e passou a custar R$ 1.139,90 no início de junho – uma variação de 42,6%. A movimentação deve-se, principalmente, à alta do dólar e às barreiras físicas para importação ao longo da pandemia do coronavírus, como o fechamento de portos e aeroportos, que tiveram forte impacto sobre o segmento de eletrônicos no Brasil.

Entre os modelos com menor variação de preço, está o Galaxy A51, que nos últimos dois meses foi o líder de buscas no Zoom. O aparelho faz parte do atual portfólio de smartphones intermediários premium da Samsung e se destaca pelo bom custo-benefício. A Motorola também participa do ranking com a sua linha mais popular, a Moto G.

Apenas dois celulares da Apple aparecem na lista de mais buscados do primeiro semestre. Os modelos são o iPhone 11 e o iPhone XR, com valores acima de R$ 2 mil, que tiveram uma variação de preço acima dos 12% e 15%, respectivamente. Já o Galaxy A10, é o único aparelho com preço abaixo dos R$ 700 que está entre os 10 mais buscados do período.

O levantamento a seguir levou em consideração o preço mínimo praticado entre 1 de janeiro e 30 de junho, comparando o menor valor praticado apenas o mês de junho.

Os 10 celulares mais buscados no primeiro semestre de 2020
Modelo Preço mínimo de 01/01 a 30/06 Preço mínimo de 01 a 30/06 Variação de preço (%)
Xiaomi Redmi Note 8 R$ 950,00 R$ 1.099,99 15,80%
Samsung Galaxy A30s R$ 799,50 R$ 1.139,90 42,60%
Samsung Galaxy A51 R$ 1.401,00 R$ 1.499,00 7%
Apple iPhone 11 R$ 3.519,00 R$ 3.959,10 12,50%
Apple iPhone XR R$ 2.789,00 R$ 3.229,05 15,80%
Motorola Moto G8 Plus R$ 1.046,00 R$ 1.292,70 23,60%
Motorola Moto G8 Play R$ 709,00 R$ 879,00 24%
Samsung Galaxy A10 R$ 529,00 R$ 679,00 28,30%
Samsung Galaxy A20 R$ 764,10 R$ 799,00 4,50%
10º Samsung Galaxy A71 R$ 1.799,00 R$ 1.899,00 5,50%

 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;