Fechar
Publicidade

Sábado, 18 de Setembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Aluno com síndrome de Down participa do Desafio de Redação

Claudinei Plaza/ DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Pais de Vinycius Rodrigues enxergam concurso literário como forma de oferecer experiência ao jovem de 13 anos


Bia Moço
Do Diário do Grande ABC

28/07/2021 | 07:00


O tema proposto neste ano pelo Desafio de Redação, concurso literário promovido pelo Diário e pela USCS (Universidade Municipal de São Caetano) caiu como uma luva para Vinycius Caim Rodrigues, 13 anos, morador de São Bernardo, que sonha em ser cientista químico. O jovem tem síndrome de Down e contou que encarou escrever sobre A Ciência como Luz na Escuridão para ganhar conhecimento.

“Quero ter as mesmas oportunidades de todo mundo. Quero ser cientista químico porque eu gosto muito de brincar com meu jogo de experiência de cientista e gosto de descobrir coisas”, confirmou Vinycius.

O garoto contou que para fazer a redação precisou da ajuda de sua mãe, Sandra Caim Rodrigues, 43, que o orientou durante quatro semanas de produção. “Eu fiz a redação com ajuda também da minha psico (pedagoga). Pesquisei o tema na internet”, revelou Vinycius, afirmando ainda que “gosta de participar de todos os desafios”.

Orgulhoso, o jovem fez questão de contar que, além de preferir estudar disciplinas como ciências, língua portuguesa e espanhol, ainda faz aulas de natação e de skate.

Não à toa, Vinycius é o orgulho dos pais. Sandra disse que soube do concurso literário por meio de publicação do Diário no Facebook. “Inscrevi ele porque nós sempre buscamos inserir o Vinycius em todas as atividades que podem lhe proporcionar desenvolvimento. Estamos preparando ele para o futuro e para que, se for da vontade dele, possa prestar vestibular e cursar uma faculdade”, contou a mãe.

Embora Vinycius estude em escola regular, Sandra revela que sente falta de aulas de redação no dia a dia da sala de aula. Além disso, embora ele faça parte do grupo de inclusão, a mãe revela que, em partes, sente exclusão quando o assunto é provas e trabalhos. “Ele tem atividades diferentes dos colegas. Participar do Desafio de Redação está sendo uma experiência diferente para ele”, confirmou.

O pai do garoto, Victor Hugo Coutinho Rodrigues, 45, explicou que nem disse ao filho sobre a premiação do concurso literário (veja mais ao lado), já que a intenção da família não foi colocá-lo para a competição, mas, sim, para o conhecimento. “Não focamos na premiação porque sabemos que outras crianças da mesma idade e série têm repertório e vocabulário melhores que o dele. Nossa intenção não foi colocar ele no concurso para ganhar, mas para que ele vivesse essa experiência e, assim, podermos inserir ele nesse contexto de modo que ele veja que essas coisas fazem parte do mundo do estudante”, disse o pai.

A família prevê ainda que a participação de Vinycius possa incentivar outros deficientes a se inscreverem no Desafio de Redação. “Muitas famílias devem deixar de inscrever os filhos por esse receio de que não vão ganhar. Mas eles merecem ter oportunidades iguais a todos”, finalizou Sandra.

O CONCURSO

Assim como em 2020, o Desafio de Redação será realizado de maneira remota devido à pandemia do coronavírus. As inscrições são gratuitas e estão abertas até 22 de agosto no hot-site www.dgabc.com.br/desafioredacao.

O prêmio principal para alunos do 3º ano do ensino médio será um bolsa de estudos na USCS, os demais participantes concorrem a notebooks, TVs e tablets, que serão ofertados aos autores das melhores redações. Os vencedores serão anunciados em programa da DGABC TV transmitido ao vivo pelo Facebook do Diário em 29 de setembro.

O Desafio de Redação tem patrocínio do Cemitério Parque Vale dos Pinheirais e apoio institucional do Saesa (Sistema de Água, Esgoto e Saneamento Ambiental de São Caetano). 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;