Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 20 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Verdão confia na vitória contra o Botafogo e quer 'título simbólico'


Fernando Cappelli
Com Agências

15/08/2009 | 07:00


Em busca de garantir o título simbólico do primeiro turno do Campeonato Brasileiro, o Palmeiras encara o Botafogo hoje (18h30), no Estádio Palestra Itália e pretende garantir o fato para elevar ainda mais o moral do grupo e aumentar a confiança na segunda parte da competição.

Na ponta da tabela, com 36 pontos, o Verdão obtém a faixa com uma vitória sobre os cariocas, mas ainda tem de torcer para que o Internacional tropece em um de seus jogos restantes. O Colorado, quarto colocado (30 pontos), ainda fará mais três, alguns em setembro, quando o segundo turno já tiver começado. Se triunfar em todos, atinge 39 e supera os palmeirenses no número de vitórias.

"É de suma importância terminarmos o primeiro turno na liderança. Isso reforça o psicológicos e aumenta bastante a confiança de todos. É sempre muito difícil chegar à frente e se manter dessa forma", comentou o volante Pierre.

Vetado contra o Atlético-MG (empate por 1 a 1 na quarta-feira) e ainda na recuperação de uma entorse no tornozelo direito, Obina segue como dúvida para o desafio contra o Fogão. Se não puder contar com o atacante, Muricy Ramalho deve manter Ortigoza, autor do gol alviverde em Minas Gerais. O técnico ainda terá dois retornos: Edmilson, que cumpriu suspensão contra o Galo, e Armero, que participou da derrota da Colômbia para a Venezuela no amistoso de quarta-feira.

O único desfalque certo é Marcão, que já seria reserva com a volta de Armero. A dúvida na escalação fica no esquema tático. Muricy Ramalho garante que seguirá no 4-4-2, mas ainda não revelou se continuará com três volantes. Souza e Sandro Silva podem sair da equipe para a entrada de Edmílson e de um outro atacante (Ortigoza ou Willians).

RELACIONADO - O atacante Robert já está liberado pela CBF (Confederação Brasileira de Futebol). Desde ontem à tarde, o nome do atleta já consta no BID (Boletim Informativo Diário), que estipula a liberação final que permite a atuação no futebol nacional. Mesmo ainda fora da forma física ideal, o jogador foi relacionado para o jogo contra s cariocas.

Diego Souza é absolvido mais uma vez pelo STJD

O técnico Muricy Ramalho poderá contar com o meia Diego Souza nas partidas contra o Botafogo (hoje) e, na quarta-feira, diante do Coritiba. O camisa sete do Palmeiras corria o risco de ser suspenso por dois jogos pelo STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva), ontem à tarde, por ter cometido falta violenta em André Dias, no clássico contra o São Paulo, na terceira rodada do Campeonato Brasileiro.

No entanto, da mesma forma que no primeiro julgamento do lance, dia 5 de junho, o jogador acabou absolvido. De acordo com o advogado do Palmeiras, não houve maldade de Diego Souza na jogada com André Dias. Luiz Roberto Castro lembrou que o árbitro estava em cima do lance e, na ocasião, não deu sequer cartão amarelo para o atleta palmeirense.

Por isso, o meia foi enquadrado no artigo 254 do CBJD (Código Brasileiro de Justiça Desportiva). Os problemas de Diego Souza com os tribunais não são de hoje. Em 2008, passou cinco vezes pelo STJD e outras duas vezes no TJD. Já em 2009, se envolveu em confusão com Domingos, do Santos, e levou os oito jogos de suspensão no TJD/SP, a serem cumpridos em competição estadual.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;