Fechar
Publicidade

Sábado, 19 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Seleção Feminina encara Gana em busca de vaga em Pequim


Das Agências

19/04/2008 | 07:08


A Seleção Brasileira feminina decide neste sábado, às 8h45m (de Brasília), no estádio do Trabalhador, em Pequim, uma vaga no torneio de futebol das Olimpíadas. A partida será disputada contra a equipe de Gana, vice-campeã africana. Como a decisão será em jogo único, o vencedor estará classificado. Em caso de empate no tempo normal, haverá prorrogação e, se houver necessidade, disputa de pênaltis. A Globo transmite a partida.

A equipe do técnico Jorge Barcellos foi medalha de prata nas Olimpíadas de Atenas, em 2004, e vice-campeã mundial no ano passado. Apesar das excelentes campanhas recentes, o Brasil precisa passar pela repescagem para conseguir vaga em Pequim. Isso porque, em 2006, a seleção, com o time reserva, foi derrotada pela Argentina na final do Campeonato Sul-Americano.

“Este nosso trabalho não começou agora, no dia 19 de março, quando fomos para a Granja Comary. Desde que perdemos a vaga para a Argentina estamos focados e trabalhando pesado e com seriedade para não deixar escapar a oportunidade de voltar à China, em agosto, e ser muito mais felizes do que na nossa última passagem aqui”, disse Jorge Barcellos referindo-se ao vice-campeonato no Mundial de 2007 realizado na China.

A capitã Aline reiterou o discurso do técnico e disse da importância da conquista desta vaga para as Olimpíadas. “Estamos totalmente focadas neste jogo, e não há nada que possa nos atrapalhar, nem fuso-horário, nem ar seco. Este será o jogo mais importante de nossas vidas”.

Para Daniela Alves, o Brasil tem que jogar com garra do começo ao fim. “Nós temos de entrar lá para decidir uma Copa do Mundo desde o primeiro segundo de jogo”.  A atacante Grazielle falou da união da equipe e demonstrou determinação para a partida de sábado.

“Esta equipe está unida faz tempo, e já conquistou muitas coisas junta. Eu não posso imaginar uma Olimpíada sem a Seleção Brasileira Feminina. Nós nunca ficamos de fora de nenhuma, e não pode ser diferente desta vez”.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Seleção Feminina encara Gana em busca de vaga em Pequim

Das Agências

19/04/2008 | 07:08


A Seleção Brasileira feminina decide neste sábado, às 8h45m (de Brasília), no estádio do Trabalhador, em Pequim, uma vaga no torneio de futebol das Olimpíadas. A partida será disputada contra a equipe de Gana, vice-campeã africana. Como a decisão será em jogo único, o vencedor estará classificado. Em caso de empate no tempo normal, haverá prorrogação e, se houver necessidade, disputa de pênaltis. A Globo transmite a partida.

A equipe do técnico Jorge Barcellos foi medalha de prata nas Olimpíadas de Atenas, em 2004, e vice-campeã mundial no ano passado. Apesar das excelentes campanhas recentes, o Brasil precisa passar pela repescagem para conseguir vaga em Pequim. Isso porque, em 2006, a seleção, com o time reserva, foi derrotada pela Argentina na final do Campeonato Sul-Americano.

“Este nosso trabalho não começou agora, no dia 19 de março, quando fomos para a Granja Comary. Desde que perdemos a vaga para a Argentina estamos focados e trabalhando pesado e com seriedade para não deixar escapar a oportunidade de voltar à China, em agosto, e ser muito mais felizes do que na nossa última passagem aqui”, disse Jorge Barcellos referindo-se ao vice-campeonato no Mundial de 2007 realizado na China.

A capitã Aline reiterou o discurso do técnico e disse da importância da conquista desta vaga para as Olimpíadas. “Estamos totalmente focadas neste jogo, e não há nada que possa nos atrapalhar, nem fuso-horário, nem ar seco. Este será o jogo mais importante de nossas vidas”.

Para Daniela Alves, o Brasil tem que jogar com garra do começo ao fim. “Nós temos de entrar lá para decidir uma Copa do Mundo desde o primeiro segundo de jogo”.  A atacante Grazielle falou da união da equipe e demonstrou determinação para a partida de sábado.

“Esta equipe está unida faz tempo, e já conquistou muitas coisas junta. Eu não posso imaginar uma Olimpíada sem a Seleção Brasileira Feminina. Nós nunca ficamos de fora de nenhuma, e não pode ser diferente desta vez”.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;