Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 6 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Estado volta atrás, retira Mauá da lista de cidades com variante delta e inclui Diadema

Divulgação Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Secretaria de Saúde enviou nova listagem de municípios com a cepa indiana


Daniel Tossato

11/09/2021 | 12:44


A Secretaria de Saúde do Estado de São Paulo voltou atrás e retirou Mauá da lista de cidades com casos de Covid-19 com a variante delta. Além disso, a pasta também incluiu a cidade de Diadema no levantamento, com dois casos da cepa indiana entre os casos de novo coronavírus.

Até ontem, o Estado manteve a informação de que Mauá constava na lista de cidades com casos de variante delta e de que Diadema estava fora do levantamento. Na manhã deste sábado (11), entretanto, por meio de contato telefônico com a Secretaria de Saúde, a pasta enviou ao Diário lista com as novas informações.
Na listagem em que o Diário teve acesso nesta manhã, realmente o município de Diadema aparece entre as cidades com infectados com a cepa delta, com dois casos. Mauá, por sua vez, está fora da lista.

Na quinta-feira, o Diário veiculou reportagem informando que a cidade de Mauá era o primeiro município na região a ter um contaminado com a variante delta do novo coronavírus na região. No mesmo dia a administração municipal questionou a informação e afirmou que a detecção da variante tinha ocorrido em Franco da Rocha e que foi imputado de forma errônea pela Secretaria de Saúde do Governo do Estado. O Diário questionou mais uma vez a pasta estadual que manteve a informação.

Ontem, o Paço de Mauá, sob comando do prefeito Marcelo Oliveira (PT), publicou nota oficial afirmando que não havia infectado de Covid-19 com a variante delta na cidade, alegando mais uma vez, que o caso pertencia ao município de Franco da Rocha. O Diário, então, questionou mais uma vez a Secretaria de Saúde do Estado que enviou, novamente, lista em que Mauá constava no rol de cidades com infectados pela variante indiana e sem que constasse o município de Diadema.

Conforme informações repassadas pela pasta na manhã de hoje, o Estado de São Paulo tem, no total, 1.409 casos da variante delta. A Capital segue sendo o município com maior número de infectados pela cepa, com 802 notificações. A listagem divulgada esta manhã ao Diário consta com 128 municípios do Estado de São Paulo com casos de Covid-19 com a variante delta.

O Diário questionou a Prefeitura de Diadema, que ainda não confirmou os casos da variante delta na cidade. “Em atendimento à sua solicitação, a Assessoria de Imprensa informa que os exames de RT-PCR do município de Diadema são realizados pelo Instituto Adolf Lutz, da Secretaria de Saúde do Estado de São Paulo. Desta forma, o município não tem autonomia no sequenciamento genético dos exames, que é realizado pelo IAL. Até a presente data , Diadema não foi informada oficialmente sobre casos da variante delta em nossa cidade”, sustentou o Executivo por meio de nota.
 



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;