Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 22 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Cultura & Lazer

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

Paris Hilton lamenta morte do avô aos 91 anos de idade: Visionário

Divulgação Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra


21/09/2019 | 13:10


O empresário Barron Hilton, que já presidiu a famosa rede de hotéis Hilton, morreu aos 91 anos de idade no dia 19 de setembro em Los Angeles, nos Estados Unidos. Segundo a NBC News, a morte foi decorrente de causas naturais.

Barron era avô de Paris Hilton, socialite famosa nos Estados Unidos. Nas redes sociais, a loira relembrou alguns cliques do avô e lamentou a perda:

Estou profundamente triste com a perda do meu avô Barron Hilton. Ele era uma lenda, um visionário, brilhante, bonito, gentil e viveu uma vida cheia de realizações e aventuras. Desde pequena, admiro-o como homem de negócios. A nossa última conversa foi há alguns dias, disse como ele impactou a minha vida. Seu espírito, seu coração e seu legado vivem em mim, escreveu



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Paris Hilton lamenta morte do avô aos 91 anos de idade: Visionário


21/09/2019 | 13:10


O empresário Barron Hilton, que já presidiu a famosa rede de hotéis Hilton, morreu aos 91 anos de idade no dia 19 de setembro em Los Angeles, nos Estados Unidos. Segundo a NBC News, a morte foi decorrente de causas naturais.

Barron era avô de Paris Hilton, socialite famosa nos Estados Unidos. Nas redes sociais, a loira relembrou alguns cliques do avô e lamentou a perda:

Estou profundamente triste com a perda do meu avô Barron Hilton. Ele era uma lenda, um visionário, brilhante, bonito, gentil e viveu uma vida cheia de realizações e aventuras. Desde pequena, admiro-o como homem de negócios. A nossa última conversa foi há alguns dias, disse como ele impactou a minha vida. Seu espírito, seu coração e seu legado vivem em mim, escreveu

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;