Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 16 de Setembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Água Santa leva um time inteiro do Ramalhão campeão da A-2

Celso Luiz/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Netuno oficializa contratação de 11 atletas que estavam no rival, além de mais quatro nomes


Anderson Fattori
Do Diário do Grande ABC

10/06/2019 | 22:14


O Água Santa montou uma filial do Santo André para disputar a Copa Paulista, que começa dia 23. Com os nomes registrados no BID (Boletim Informativo Diário) da CBF recentemente, já são 11 jogadores que foram campeões da Série A-2 do Paulista com o Ramalhão, em maio, e que agora fazem parte do elenco do Netuno, além do técnico Fernando Marchiori e todo o restante da comissão técnica.
O Água Santa já havia divulgado acerto com o goleiro Thomazella, com o lateral-esquerdo Dênis Neves e com o atacante Maikinho. Além deles, vão vestir a camisa do Netuno o lateral-direito Rhuan, o lateral-esquerdo Ernani, os volantes Johnnatthan, Fabrício e Raphael Toledo, além dos atacantes Jobinho, Carlos Aberto e Anselmo.

Da equipe que encerrou a Série A-2 como titular do Santo André, só não foram contratados os zagueiros Ícaro, que foi para o Tombense-MG, time da Série C do Brasileiro, e Héliton, que pertence ao Ramalhão e foi emprestado ao Figueirense para jogar a Série B, além do meia Cristian, que acertou com a Ferroviária para a Série D.

O excesso de jogadores andreenses no elenco do Netuno teria sido o principal motivo da saída do diretor-geral Derlei, que deixou o Água Santa. Segundo o Diário apurou, o ex-atacante não havia sido consultado sobre os reforços.

A princípio, os jogadores chegam com vínculo até o fim da Copa Paulista, mas com possibilidade de renovação para a temporada 2019. Isso porque o Água Santa ainda não sabe se vai disputar a Série A-1 ou a Série A-2 do Paulista a partir de janeiro. A equipe de Diadema não subiu para a Primeira Divisão, mas vive expectativa de herdar a vaga aberta com a fusão entre Red Bull e Bragantino, ambos da elite, por ter feito a terceira melhor campanha da Segunda Divisão.

O técnico Fernando Marchiori mostrou satisfação em contar com boa parte do elenco andreense. “Conseguimos trazer vários atletas que tiveram êxito conosco. O que nos ajuda é o tempo de trabalho, pois encurta algumas etapas (por já conhecerem a metodologia)”, comemorou o treinador.

Sobre a Copa Paulista, Marchiori entende que a competição será muito difícil nesta temporada. “Será complicada, com certeza uma das mais equilibradas dos últimos tempos, com XV de Piracicaba, Ferroviária, Inter de Limeira, São Caetano, e o próprio Santo André com os garotos da base. Enfim, tem vários times bons. Temos de lutar para fazer grande campanha”, analisou Marchiori.

OUTROS REFORÇOS
Além dos 11 reforços trazidos do Santo André, a diretoria do Água Santa renovou o contrato do volante Diogo Marzagão até maio de 2020 e trouxe mais quatro jogadores para a Copa Paulista: o goleiro Erivelton, ex-Sergipe, os zagueiros Renato, que estava na Caldense-MG, e João Paulo, ex-Linense, além do atacante Romarinho, que disputou a Série A-2 pelo Juventus. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Água Santa leva um time inteiro do Ramalhão campeão da A-2

Netuno oficializa contratação de 11 atletas que estavam no rival, além de mais quatro nomes

Anderson Fattori
Do Diário do Grande ABC

10/06/2019 | 22:14


O Água Santa montou uma filial do Santo André para disputar a Copa Paulista, que começa dia 23. Com os nomes registrados no BID (Boletim Informativo Diário) da CBF recentemente, já são 11 jogadores que foram campeões da Série A-2 do Paulista com o Ramalhão, em maio, e que agora fazem parte do elenco do Netuno, além do técnico Fernando Marchiori e todo o restante da comissão técnica.
O Água Santa já havia divulgado acerto com o goleiro Thomazella, com o lateral-esquerdo Dênis Neves e com o atacante Maikinho. Além deles, vão vestir a camisa do Netuno o lateral-direito Rhuan, o lateral-esquerdo Ernani, os volantes Johnnatthan, Fabrício e Raphael Toledo, além dos atacantes Jobinho, Carlos Aberto e Anselmo.

Da equipe que encerrou a Série A-2 como titular do Santo André, só não foram contratados os zagueiros Ícaro, que foi para o Tombense-MG, time da Série C do Brasileiro, e Héliton, que pertence ao Ramalhão e foi emprestado ao Figueirense para jogar a Série B, além do meia Cristian, que acertou com a Ferroviária para a Série D.

O excesso de jogadores andreenses no elenco do Netuno teria sido o principal motivo da saída do diretor-geral Derlei, que deixou o Água Santa. Segundo o Diário apurou, o ex-atacante não havia sido consultado sobre os reforços.

A princípio, os jogadores chegam com vínculo até o fim da Copa Paulista, mas com possibilidade de renovação para a temporada 2019. Isso porque o Água Santa ainda não sabe se vai disputar a Série A-1 ou a Série A-2 do Paulista a partir de janeiro. A equipe de Diadema não subiu para a Primeira Divisão, mas vive expectativa de herdar a vaga aberta com a fusão entre Red Bull e Bragantino, ambos da elite, por ter feito a terceira melhor campanha da Segunda Divisão.

O técnico Fernando Marchiori mostrou satisfação em contar com boa parte do elenco andreense. “Conseguimos trazer vários atletas que tiveram êxito conosco. O que nos ajuda é o tempo de trabalho, pois encurta algumas etapas (por já conhecerem a metodologia)”, comemorou o treinador.

Sobre a Copa Paulista, Marchiori entende que a competição será muito difícil nesta temporada. “Será complicada, com certeza uma das mais equilibradas dos últimos tempos, com XV de Piracicaba, Ferroviária, Inter de Limeira, São Caetano, e o próprio Santo André com os garotos da base. Enfim, tem vários times bons. Temos de lutar para fazer grande campanha”, analisou Marchiori.

OUTROS REFORÇOS
Além dos 11 reforços trazidos do Santo André, a diretoria do Água Santa renovou o contrato do volante Diogo Marzagão até maio de 2020 e trouxe mais quatro jogadores para a Copa Paulista: o goleiro Erivelton, ex-Sergipe, os zagueiros Renato, que estava na Caldense-MG, e João Paulo, ex-Linense, além do atacante Romarinho, que disputou a Série A-2 pelo Juventus. 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;