Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 19 de Maio

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Em busca dos passos da Publicadora

Graças à gentileza do pessoal de Tatuí, Memória estabeleceu um contato...


Ademir Medici

17/09/2015 | 07:00


Graças à gentileza do pessoal de Tatuí, Memória estabeleceu um contato com a mais que centenária Casa Publicadora Brasileira. Os antigos lembram bem das suas instalações, no início da Avenida Pereira Barreto. Há 30 anos a Publicadora deixou Santo André. Mudou o endereço, ficou a saudade, mas a filosofia desta organização voltada à religiosidade é a mesma, buscando o bem, valorizando o próximo. Alicerçada na palavra de Deus.

Editora adventista completa 115 anos

Texto: Marcos De Benedicto (*)

Num País em que quase a metade das empresas não passa do terceiro ano de vida, segundo o IBGE, a Casa Publicadora Brasileira é uma honrosa exceção. Ela chega aos 115 anos com vigor e ampliando os investimentos. Apesar da crise, acabou de adquirir novos equipamentos.

Fundada em 1900, a editora está localizada hoje no município de Tatuí (São Paulo), mas entre 1907 e 1985 sua casa foi em Santo André. Quando as primeiras máquinas foram transferidas de Taquari (Rio Grande do Sul) para São Paulo, o local ainda se chamava Estação de São Bernardo.

De acordo com José Carlos de Lima, diretor-geral, o período passado em Santo André foi de grande progresso. No entanto, o crescimento fez com que a editora, que publica as revistas Vida e Saúde e Nosso Amiguinho, entre centenas de títulos nas áreas educacional, religiosa e de Saúde, buscasse um espaço mais amplo.

Na atualidade, a empresa tem 618 funcionários, incluindo um dinâmico corpo editorial. Durante muitos anos, o jornalista Rubens Lessa foi o chefe de redação. Com a aposentadoria dele, em maio do ano passado, o setor passou a ser liderado por nós, que atuamos na editora há 28 anos.

(*) Marcos De Benedicto é o redator-chefe atual da Casa Publicadora Brasileira

Diário há 30 anos

Terça-feira, 17 de setembro de 1985 – ano 28, nº 5931

Manchete – Santo André ganha com negativa de Santo Amaro. Plebiscito realizado no bairro paulistano deu a vitória ao não, contrário à criação do município. No caso de Santo André, era o 2º Subdistrito de Utinga que pleiteava a sua autonomia, em campanha em pleno desenvolvimento.

Grande ABC – Anunciada a substituição das redes de oleoduto no trecho entre Utinga e Santos, dutos estes construídos há mais de 30 anos.

Santo André – Polícia Militar realiza a 3ª Campanha Educativa do Trânsito.

Mauá – Suzi Valentina Gonçalves eleita a Rainha da Primavera do Independente FC; Milene Bruno dos Santos classificou-se como primeira princesa e Regina Freire como segunda princesa.

Primeira Divisão – Domingo, no Estádio Municipal de Mauá: Santo André 1, Guarani 1.

Polícia – Duas irmãs assassinadas na Billings.

Em 17 de setembro de...

1915 – A empresa cinematográfica de Vicente Arnaldi, instalada no Teatro Carlos Gomes, anuncia um espetáculo em benefício do Hospital de Santo André – a Santa Casa, hoje Hospital Municipal.

- A guerra. Do noticiário do Estadão: ‘Na Galícia, os russos continuam a progredir; a iminência da entrada do Romênia na guerra’.

“Ainda está longe o fim desta guerra. Não há um só entre nós que não esteja convencido de que a partida é difícil e com certeza longa” (E. Bertarelli, em O Estado de S. Paulo, 16-9-1915).

1935 – Fundada a Indústria Paulista de Porcelana Argilex, em São Caetano.

Aberto na Contabilidade da Prefeitura de São Bernardo um crédito de 10 contos de réis para compra de material para a ampliação da rede de água e esgotos, lubrificantes e outros serviços da estação elevatória de águas do Guarará, em Santo André.

1950 – Presidente Getúlio Vargas visita São Caetano.

1965 – Villares, de São Bernardo, entrega à Petrobras o primeiro motor diesel marítimo de propulsão, BGW, de 154 toneladas.

Hoje

- Dia do Transportador Rodoviário de Carga

- Dia da Compreensão Mundial

Município Paulista

Hoje é o aniversário de Pompéia, elevado a distrito de paz em 17-9-1928. É município desde 1939, quando se emancipou de Marília. O nome homenageia Aretuza Pompéia, mulher do senador Rodolfo Miranda.

Aramaçan, ano 85

1930 – 2015

Da galeria do Clube Atlético Aramaçan, o troféu outorgado à dupla mista vice-campeã de bocha, Fátima e Elson. Ano: 1992.

Santos do Dia

Na estampa, São Roberto Belarmino (Montepulciano 1542 – Roma 1621).

Cardeal e arcebispo de Cápua. Teólogo oficial e doutor da Igreja. Da sua obra: Controvérsias, onde expõe de maneira monumental a doutrina católica.

Colaboração: Padre Evaldo César de Souza

- Hildegarda de Bingen

- Colomba

- Zygmunt Felinski  



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;