Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 20 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Andreense pinta lombada por conta própria na Vl.Pires

Marina Brandão/DGABC  Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Equipamento não recebe manutenção há pelo menos cinco anos e não há sinalização; morador relata freadas bruscas durante a noite


Daniel Macário
Especial para o Diário

12/04/2015 | 07:00


Cansado de esperar que suas solicitações fossem atendidas pela Prefeitura de Santo André, o publicitário Sidnei Batista da Silva, 53 anos, decidiu na sexta-feira colocar as mãos na massa e, por conta própria, fez a pintura da lombada que fica na frente de sua casa, localizada na Rua Buri, na Vila Pires. O obstáculo desgastado e sem listras amarelas há pelo menos cinco anos causa transtornos a moradores e veículos que passam pela via.

Paralela à Avenida Dom Pedro I, a rua é uma das principais que dão acesso ao Cemitério Cristo Redentor, considerado um dos mais importante do município, além de ser passagem para alunos que estudam na EE Sergio Milliet Costa e Silva. Mesmo assim, o local sofre com a falta de sinalização.

“De noite é comum escutar barulho de carro freando próximo à lombada. Sem placa e pintura, muitos acabam acelerando, ainda mais por ser decida e ter semáforo na frente. Com isso, a parte central da lombada já está toda quebrada, sem falar o desgaste do asfalto logo que passa o obstáculo”, destaca o publicitário, que mora na região há 25 anos.

De acordo com Silva, as várias negativas da Prefeitura foram as responsáveis por ele tomar a iniciativa. “Se ninguém faz nada, alguém precisa tomar essa atitude. Peço há cinco anos, por meio de ligações, para que os órgãos responsáveis façam a manutenção necessária no equipamento, mas, como vocês podem ver, nada foi feito”, relata Silva.

Para realizar a pintura, o morador gastou R$ 72 comprando a tinta necessária para o serviço. “Foram duas latas. Mas isso não é o pior. Minha indignação foi tanta que estou fazendo isso prestes a operar”, afirma Silva, que nas próximas semanas irá passar por procedimento cirúrgico no joelho esquerdo, ocasionado por desgaste da rótula.

Durante o serviço, o morador recebeu apoio de diversos moradores que passavam pelo local. Enquanto o Diário esteve ali, um motorista chegou a gritar palavras de incentivo para o publicitário. “Parabéns. Se ninguém faz, alguém precisa agir.”

Procurada, a Prefeitura não se manifestou até o fechamento desta edição. O procedimento, porém, não pode ser realizado por moradores, mas não foi informado se há punições. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;