Fechar
Publicidade

Sábado, 8 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Nacional

nacional@dgabc.com.br | 4435-8301

MST invade quinta fazenda no Pontal do Paranapanema


Do Diário OnLine

16/04/2004 | 12:26


Integrantes do MST (Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem-Terra) invadiram na noite de quinta-feira mais uma fazenda no Pontal do Paranapanema, Oeste de São Paulo. Trata-se da quinta invasão da semana na região.

Segundo a GloboNews, cerca de 300 integrantes do MST ocuparam um imóvel do prefeito de Presidente Prudente, Agripino Lima. Os sem-terra cortaram as cercas e montaram suas barracas.

A Justiça de São Paulo já determinou a reintegração de posse das outras quatro propriedades invadidas, mas até agora nenhuma delas foi desocupada.

Em Mirandópolis, 110 da famílias ligadas ao MST deixaram, na tarde de quinta-feira, a fazenda Primavera, invadida na semana passada. A Polícia Militar não precisou interferir. Os sem-terra voltaram para o acampamento que fica ao lado do local.

Na região de Araçatuba, outras três fazendas seguem ocupadas em Castilho e Suzanápolis.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

MST invade quinta fazenda no Pontal do Paranapanema

Do Diário OnLine

16/04/2004 | 12:26


Integrantes do MST (Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem-Terra) invadiram na noite de quinta-feira mais uma fazenda no Pontal do Paranapanema, Oeste de São Paulo. Trata-se da quinta invasão da semana na região.

Segundo a GloboNews, cerca de 300 integrantes do MST ocuparam um imóvel do prefeito de Presidente Prudente, Agripino Lima. Os sem-terra cortaram as cercas e montaram suas barracas.

A Justiça de São Paulo já determinou a reintegração de posse das outras quatro propriedades invadidas, mas até agora nenhuma delas foi desocupada.

Em Mirandópolis, 110 da famílias ligadas ao MST deixaram, na tarde de quinta-feira, a fazenda Primavera, invadida na semana passada. A Polícia Militar não precisou interferir. Os sem-terra voltaram para o acampamento que fica ao lado do local.

Na região de Araçatuba, outras três fazendas seguem ocupadas em Castilho e Suzanápolis.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;