Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 9 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Nairo: relação com Santos foi abalada


Marco Borba
Do Diário do Grande ABC

24/09/2009 | 07:00


A tentativa fracassada do São Caetano de ter o zagueiro Domingos por empréstimo abalou a relação do clube com o Santos. O presidente do Azulão, Nairo Ferreira de Souza, disse ter proposto pagar parte do salário do jogador e que mesmo assim o Peixe barrou a liberação. Em contrapartida, afirmou, o clube da Baixada Santista concordou em ceder o atleta gratuitamente para a Portuguesa. O zagueiro deve ser apresentado na Lusa nas próximas horas.

"Achei deselegante. Propusemos pagar parte do salário, mas o Santos queria que fosse integral. No entanto, Fortaleza, Ponte Preta e Portuguesa também estavam interessados e concordaram em cedê-lo sem que esses clubes pagassem nada pelo empréstimo", disse o dirigente.

Nairo garante ter bom relacionamento com o presidente do Santos, Marcelo Teixeira, e o eximiu de culpa no caso.

"Acho que é coisa da diretoria de futebol ou do técnico (Vanderlei Luxemburgo). Deve ser alguma picuinha, porque há uns dois anos queriam o Douglas (hoje no Al Wasl, dos Emirados Árabes) por empréstimo e não cedemos. Isso abala a relação dos clubes. Se um dia precisarem de jogador nosso, não vão ter nunca" desabafou Nairo.

Procurada, a assessoria do Santos não se pronunciou sobre o episódio até o fechamento desta edição. Domingos foi dispensado por Luxemburgo após quebrar a perna do goleiro reserva Rafael durante um treinamento no CT Rei Pelé.

O lateral-esquerdo Triguinho, que pertence ao Azulão, está emprestado ao Peixe até o fim do ano.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Nairo: relação com Santos foi abalada

Marco Borba
Do Diário do Grande ABC

24/09/2009 | 07:00


A tentativa fracassada do São Caetano de ter o zagueiro Domingos por empréstimo abalou a relação do clube com o Santos. O presidente do Azulão, Nairo Ferreira de Souza, disse ter proposto pagar parte do salário do jogador e que mesmo assim o Peixe barrou a liberação. Em contrapartida, afirmou, o clube da Baixada Santista concordou em ceder o atleta gratuitamente para a Portuguesa. O zagueiro deve ser apresentado na Lusa nas próximas horas.

"Achei deselegante. Propusemos pagar parte do salário, mas o Santos queria que fosse integral. No entanto, Fortaleza, Ponte Preta e Portuguesa também estavam interessados e concordaram em cedê-lo sem que esses clubes pagassem nada pelo empréstimo", disse o dirigente.

Nairo garante ter bom relacionamento com o presidente do Santos, Marcelo Teixeira, e o eximiu de culpa no caso.

"Acho que é coisa da diretoria de futebol ou do técnico (Vanderlei Luxemburgo). Deve ser alguma picuinha, porque há uns dois anos queriam o Douglas (hoje no Al Wasl, dos Emirados Árabes) por empréstimo e não cedemos. Isso abala a relação dos clubes. Se um dia precisarem de jogador nosso, não vão ter nunca" desabafou Nairo.

Procurada, a assessoria do Santos não se pronunciou sobre o episódio até o fechamento desta edição. Domingos foi dispensado por Luxemburgo após quebrar a perna do goleiro reserva Rafael durante um treinamento no CT Rei Pelé.

O lateral-esquerdo Triguinho, que pertence ao Azulão, está emprestado ao Peixe até o fim do ano.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;