Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 30 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Serra diz que PFL não tem ódio do PSDB


Do Diário OnLine

12/04/2002 | 00:09


O pré-candidato do PSDB à Presidência da República, José Serra, afirmou nesta quinta-feira que o principal ponto na crise com o PFL é que o partido procura transferir a culpa dos últimos acontecimentos para os tucanos. "Não diria que é ódio. Diria que, em certos casos, é transferência de culpa", disse, referindo-se a ataques de alguns pefelistas, que o responsabilizam pela queda da candidatura de Roseana Sarney.

Em entrevista à TVE, Serra também comentou a escolha para o candidato a vice em sua chapa. "Caberá ao PMDB indicar o nome, mas é como um casamento: não é só o partido indicar; os noivos têm que se gostar um pouquinho", afirmou.

Na noite desta quinta, Serra esteve com líderes da Assembléia de Deus. Durante o encontro, Serra falou sobre o seu plano de governo.

As discussões abordaram questões bem amplas, com respostas também bastante superficiais do senador. Questionado sobre as desigualdades sociais, por exemplo, o tucano afirmou que as ações públicas não são apenas de responsabilidade do governo e que, por essa razão, ele sempre estará aberto a parcerias.

Na reunião, o pré-candidato estava acompanhado do ex-governador do Estado Marcello Alencar.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;