Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 14 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Renda do McDia Feliz ampliará ala de oncologia pediátrica

Andréa Iseki/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Obras de espaço no Hospital Estadual Mário Covas começam em setembro ao custo de R$ 650 mil; serão disponibilizados 25 leitos


Natália Fernandjes
Do Diário do Grande ABC

30/08/2014 | 07:00


Parte da verba arrecadada na 26ª edição do McDia Feliz, que ocorre hoje na região, será utilizada na reforma da ala destinada à oncologia pediátrica do Hospital Estadual Mário Covas, unidade de referência para tratamento dos casos no Grande ABC. A abertura do evento será no restaurante da rede na Avenida Prestes Maia, 1.400, em Santo André, a partir das 9h.

A expectativa do presidente da Casa Ronald McDonald de Santo André, Jaime Guedes, é que os consumidores da região sejam solidários com a causa e participem da atividade com a compra do sanduíche Big Mac e dos brindes promocionais. São 29 restaurantes participantes na região. “É importante lembrar que apenas a verba da compra do Big Mac é revertida para a entidade.”

A reforma da ala de oncologia pediátrica do Hospital Estadual Mário Covas está agendada para começar em setembro, ao custo de R$ 650 mil. Entre as melhorias previstas estão a ampliação do número de leitos – dos atuais 14 para 25 –, modernização da área, pintura, instalação de sistema de ar-condicionado e instalação de espaço destinado às famílias das crianças que passam por tratamento na unidade. “Haverá televisão, computador, chá, café, tudo para que as pessoas se sintam acolhidas”, reforça Guedes.

O restante do dinheiro arrecadado com a ação é destinado ao custeio da Casa Ronald McDonald da região, que atende atualmente 23 famílias, sendo apenas cinco oriundas do Grande ABC. De acordo com o presidente, a manutenção da casa custa em torno de R$ 100 mil por mês. “Metade do nosso orçamento anual vem do McDia Feliz e a outra parte é obtida por meio de doações”, comenta.

A Casa Ronald também está passando por fase final de melhorias, segundo Guedes. As instalações estão sendo ampliadas dos atuais 11 quartos para 23. O espaço, localizado na Avenida Príncipe de Gales, atende crianças e adolescentes até 18 anos, desde que em tratamento oncológico nos hospitais da região. Os pacientes são acompanhados por um familiar, preferencialmente as mães.

A estadia inclui cinco refeições diárias (café da manhã, almoço, lanche da tarde, jantar, lanche noturno), atividades de lazer e ocupacionais, como artesanato, tricô, crochê, decupagem, além de apoio e atendimento social, psicológico e pedagógico. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Renda do McDia Feliz ampliará ala de oncologia pediátrica

Obras de espaço no Hospital Estadual Mário Covas começam em setembro ao custo de R$ 650 mil; serão disponibilizados 25 leitos

Natália Fernandjes
Do Diário do Grande ABC

30/08/2014 | 07:00


Parte da verba arrecadada na 26ª edição do McDia Feliz, que ocorre hoje na região, será utilizada na reforma da ala destinada à oncologia pediátrica do Hospital Estadual Mário Covas, unidade de referência para tratamento dos casos no Grande ABC. A abertura do evento será no restaurante da rede na Avenida Prestes Maia, 1.400, em Santo André, a partir das 9h.

A expectativa do presidente da Casa Ronald McDonald de Santo André, Jaime Guedes, é que os consumidores da região sejam solidários com a causa e participem da atividade com a compra do sanduíche Big Mac e dos brindes promocionais. São 29 restaurantes participantes na região. “É importante lembrar que apenas a verba da compra do Big Mac é revertida para a entidade.”

A reforma da ala de oncologia pediátrica do Hospital Estadual Mário Covas está agendada para começar em setembro, ao custo de R$ 650 mil. Entre as melhorias previstas estão a ampliação do número de leitos – dos atuais 14 para 25 –, modernização da área, pintura, instalação de sistema de ar-condicionado e instalação de espaço destinado às famílias das crianças que passam por tratamento na unidade. “Haverá televisão, computador, chá, café, tudo para que as pessoas se sintam acolhidas”, reforça Guedes.

O restante do dinheiro arrecadado com a ação é destinado ao custeio da Casa Ronald McDonald da região, que atende atualmente 23 famílias, sendo apenas cinco oriundas do Grande ABC. De acordo com o presidente, a manutenção da casa custa em torno de R$ 100 mil por mês. “Metade do nosso orçamento anual vem do McDia Feliz e a outra parte é obtida por meio de doações”, comenta.

A Casa Ronald também está passando por fase final de melhorias, segundo Guedes. As instalações estão sendo ampliadas dos atuais 11 quartos para 23. O espaço, localizado na Avenida Príncipe de Gales, atende crianças e adolescentes até 18 anos, desde que em tratamento oncológico nos hospitais da região. Os pacientes são acompanhados por um familiar, preferencialmente as mães.

A estadia inclui cinco refeições diárias (café da manhã, almoço, lanche da tarde, jantar, lanche noturno), atividades de lazer e ocupacionais, como artesanato, tricô, crochê, decupagem, além de apoio e atendimento social, psicológico e pedagógico. 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;