Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 22 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Inter faz 3 a 0 no Jorge Wilstermann e lidera Grupo 6



31/03/2011 | 00:20


O Internacional venceu o Jorge Wilstermann por 3 a 0 nesta quarta-feira, no Beira-Rio, e assumiu a liderança isolada do Grupo 6 da Copa Libertadores, com dez pontos. O clube brasileiro depende de apenas mais um empate nas duas rodadas que faltam na fase de grupos para garantir a classificação para a as oitavas de final. O Emelec, com sete pontos, e o Jaguares, com seis pontos, também brigam por uma das duas vagas. O Jorge Wilstermann ainda não ganhou pontos e está eliminado.

O meia Oscar, 19 anos, comandou a vitória colorada. Ele marcou um gol, deu o passe para outro e colocou o goleiro Mauro Machado em apuros por três vezes, além de abrir caminho para seus companheiros com passes e lançamentos precisos. O garoto abriu o placar, aos 18 minutos do primeiro tempo, num lance de sorte, em que uma bola rebatida pela defesa boliviana bateu no seu peito e foi parar no fundo das redes.

O gol pode ter sido acidental, mas todos os outros lances de Oscar mostraram um jogador promissor, candidato a ídolo da torcida. Num dos tantos momentos brilhantes, ele conseguiu vencer a defesa com um giro de corpo e mandou a bola para fora. Em outros dois lances, acertou chutes de fora da área que exigiram grandes defesas do goleiro.

Numa das vezes que deixou seus parceiros em condições de marcar foi à linha de fundo e cruzou para D'Alessandro livre para marcar o segundo gol, aos 12 do segundo tempo. A jogada foi tão bem tramada que o argentino, apesar de estar no meio da área, teve tempo até de escolher o canto em que iria chutar. Oscar foi substituído a nove minutos do final. Boa parte da torcida ficou de pé para aplaudi-lo.

O terceiro gol foi marcado quando o meia ainda estava em campo, aos 27 minutos. Kleber cruzou da esquerda, a bola raspou a cabeça de Leandro Damião e caiu no pé de Zé Roberto, que não desperdiçou a chance.

O Inter volta a campo pela Libertadores já na próxima semana, no dia 6, diante do Jaguares, no México. Antes, enfrentará o Lajeadense, fora de casa, em rodada do segundo turno do Campeonato Gaúcho.

Ficha Técnica:

Internacional 3 x 0 Jorge Wilstermann

Internacional - Lauro; Nei, Bolívar, Índio (Rodrigo) e Kleber; Wilson Matias, Guiñazu, Oscar (Andrezinho), D'Alessandro e Zé Roberto (Rafael Sobis); Leandro Damião. Técnico: Celso Roth.

Jorge Wilstermann - Mauro Machado; Donizette, Brown e Carvallo; Lucas Fernández, Cristhian Machado (Toscanini), Rodríguez, García Uribe (Sanchez), Abregú (Ojeda) e Zapata; Fabio Mineiro. Técnico: Marcelo Neveleff.

Gols - Oscar, aos 18 minutos do 1.º tempo. D'Alessandro, aos 12, e Zé Roberto, aos 27 minutos do 2.º tempo.

Cartões Amarelos - Leandro Damião (Inter); Cristhian Machado e Zapata (Jorge Wilstermann).

Cartão vermelho - Lucas Fernández (Jorge Wilstermann).

Árbitro - Darío Ubriaco (URU).

Renda - R$ 647.765,00.

Público - 24.383 pagantes (28.085 no total).

Local - Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre (RS).



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Inter faz 3 a 0 no Jorge Wilstermann e lidera Grupo 6


31/03/2011 | 00:20


O Internacional venceu o Jorge Wilstermann por 3 a 0 nesta quarta-feira, no Beira-Rio, e assumiu a liderança isolada do Grupo 6 da Copa Libertadores, com dez pontos. O clube brasileiro depende de apenas mais um empate nas duas rodadas que faltam na fase de grupos para garantir a classificação para a as oitavas de final. O Emelec, com sete pontos, e o Jaguares, com seis pontos, também brigam por uma das duas vagas. O Jorge Wilstermann ainda não ganhou pontos e está eliminado.

O meia Oscar, 19 anos, comandou a vitória colorada. Ele marcou um gol, deu o passe para outro e colocou o goleiro Mauro Machado em apuros por três vezes, além de abrir caminho para seus companheiros com passes e lançamentos precisos. O garoto abriu o placar, aos 18 minutos do primeiro tempo, num lance de sorte, em que uma bola rebatida pela defesa boliviana bateu no seu peito e foi parar no fundo das redes.

O gol pode ter sido acidental, mas todos os outros lances de Oscar mostraram um jogador promissor, candidato a ídolo da torcida. Num dos tantos momentos brilhantes, ele conseguiu vencer a defesa com um giro de corpo e mandou a bola para fora. Em outros dois lances, acertou chutes de fora da área que exigiram grandes defesas do goleiro.

Numa das vezes que deixou seus parceiros em condições de marcar foi à linha de fundo e cruzou para D'Alessandro livre para marcar o segundo gol, aos 12 do segundo tempo. A jogada foi tão bem tramada que o argentino, apesar de estar no meio da área, teve tempo até de escolher o canto em que iria chutar. Oscar foi substituído a nove minutos do final. Boa parte da torcida ficou de pé para aplaudi-lo.

O terceiro gol foi marcado quando o meia ainda estava em campo, aos 27 minutos. Kleber cruzou da esquerda, a bola raspou a cabeça de Leandro Damião e caiu no pé de Zé Roberto, que não desperdiçou a chance.

O Inter volta a campo pela Libertadores já na próxima semana, no dia 6, diante do Jaguares, no México. Antes, enfrentará o Lajeadense, fora de casa, em rodada do segundo turno do Campeonato Gaúcho.

Ficha Técnica:

Internacional 3 x 0 Jorge Wilstermann

Internacional - Lauro; Nei, Bolívar, Índio (Rodrigo) e Kleber; Wilson Matias, Guiñazu, Oscar (Andrezinho), D'Alessandro e Zé Roberto (Rafael Sobis); Leandro Damião. Técnico: Celso Roth.

Jorge Wilstermann - Mauro Machado; Donizette, Brown e Carvallo; Lucas Fernández, Cristhian Machado (Toscanini), Rodríguez, García Uribe (Sanchez), Abregú (Ojeda) e Zapata; Fabio Mineiro. Técnico: Marcelo Neveleff.

Gols - Oscar, aos 18 minutos do 1.º tempo. D'Alessandro, aos 12, e Zé Roberto, aos 27 minutos do 2.º tempo.

Cartões Amarelos - Leandro Damião (Inter); Cristhian Machado e Zapata (Jorge Wilstermann).

Cartão vermelho - Lucas Fernández (Jorge Wilstermann).

Árbitro - Darío Ubriaco (URU).

Renda - R$ 647.765,00.

Público - 24.383 pagantes (28.085 no total).

Local - Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre (RS).

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;