Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 20 de Setembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Loja é completamente destruída após incêndio em São Bernardo

Daniel Tossato/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Conforme informações de um dos proprietários, prejuízo chega a R$ 3 milhões


Daniel Tossato
Do Diário do Grande ABC

08/03/2020 | 15:56


A loja de armarinhos ABC Atacadão pegou fogo no início da madrugada deste domingo, na Rua Marechal Deodoro, na altura do número 453, no Centro de São Bernardo. Ela ficou completamente destruída pelas chamas.

Segundo informações do Corpo de Bombeiros, o fogo teve início por volta das 1h30 e foram precisas 13 viaturas para controlar e extinguir o incêndio. Não houve feridos e ainda não há informações do que pode ter causado as chamas.

A altura das chamas e da fumaça assustou os moradores da cidade, que fotografaram o incêndio de vários pontos de São Bernardo.
Além dos bombeiros, compareceram ao local a Polícia Técnico-Científica, homens da Polícia Civil, a GCM (Guarda Civil Municipal) de São Bernardo e a Defesa Civil do município.

O fogo, que destruiu o galpão da loja ABC Atacadão, se alastrou por uma área de 731 metros quadrados.
Segundo informações da Defesa Civil, o imóvel ficou muito avariado e deverá ser demolido até o fim do dia. A prefeitura e o Corpo de Bombeiros realizam limpeza do local utilizando maquinário pesado.

O estabelecimento tinha entrada principal pela Marechal Deodoro com área de carga e descarga na Rua Santa Filomena, na parte de trás da loja. Um outro imóvel, que fica ao lado da loja que pegou fogo, também foi interditado pela Defesa Civil.

O trânsito entre da Rua Marechal Deodoro teve que ser bloqueado entre a Alameda Gloria e a Rua Djalma Dutra e na Rua Santa Filomena.

Homens do corpo de bombeiros e da Defesa Civil permaneceram no local para realizar rescaldo no material incendiado. Maquinário da prefeitura realizou apoio.

Proprietário fala em prejuízo de R$ 3 milhões

Severino Ramos Wanderley, 59 anos, que se identificou como um dos proprietários, declarou que houve perda total de todos os itens que estavam na loja, assim como a estrutura do prédio, que deverá ser demolido.

“Estava no interior do Rio de Janeiro e vim para cá assim que recebi a informação do incêndio. Calculo, por cima, que devo ter perdido R$ 3 milhões em itens. Havia muitos equipamentos eletrônicos e todos foram incendiados”, declarou Wanderley. O proprietário acompanhava o rescaldo junto das equipes dos bombeiros e da Defesa Civil.

“Eu pagava aluguel do imóvel. Agora vou aguardar o laudo dos bombeiros para saber o que aconteceu”, afirmou.
 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;