Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 23 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Cultura & Lazer

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

Lady Gaga é a grande vencedora do VMA 2020 e Rain On Me é o ponto alto da noite

Reprodução/Instragram Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Sem plateia em meio à pandemia causada pelo novo coronavírus, cerimônia foi realizada neste domingo



31/08/2020 | 00:10


Apresentado por Keke Palmer falando do Empire State Building, em Nova York, começou o VMA 2020 no último domingo, dia 30, sem uma plateia verdadeira - apenas com hologramas e algumas imagens isoladas de fãs, além de gritos gravados para lembrar pelo menos um pouco da normalidade - em meio à pandemia causada pelo novo coronavírus. A apresentadora fez uma declaração de que esta edição da premiação seria dedicada ao ator Chadwick Boseman, que faleceu neste 28 de agosto.

A primeira performance da noite foi de The Weeknd, que apresentou Blinding Lights no topo de um prédio. O show terminou com uma grande queima de fogos acima de Manhattan.

O prêmio inicial, o de Melhor Colaboração foi para Rain On Me e Lady Gaga apareceu chocando pelo modelito, um vestido espetado, que foi acompanhado por uma máscara rosa de estilo industrial!

Depois, chegou a vez de uma apresentação de Miley Cyrus, que cantou e dançou Midnight Sky totalmente sozinha em um cenário. Em uma performance gravada, a artista até relembrou os seus dias de Wrecking Ball, já que ela apareceu rebolando em cima de um globo de discoteca gigante, que deu o que falar.

Pouco depois, Maluma foi só a ostentação em uma moto, com muitas dançarinas - todas de máscara - e um show ao vivo em estilo drive-in, o qual foi visto por um público que assistia a tudo de seus carros. Em seguida, ele fez o seu discurso por ter vencido a categoria de Melhor Música Latina, por sua colaboração com J Balvin, Qué Pena.

Gaga apareceu novamente, com um visual completamente diferente, e uma máscara com chifres, para receber o prêmio de Música do Ano, Rain On Me. Mais uma vez, Ariana Grande não esteve presente de nenhuma forma para agradecer.

Aí foi a vez do BTS, que fez a sua estreia na premiação, dançando muito em frente a cenários com fotos de Nova York.

No bloco seguinte, chegou a hora de Lady Gaga brilhar, com mais um look, mais uma máscara (vai entender como ela cantou daquele jeito) e, finalmente, quando a música da vez era Rain On Me, Ariana Grande apareceu, também de máscara, e rodeada por dançarinos, fazendo algo muito parecido com o videoclipe da canção. Gaga executou ao todo três canções de seu álbum novo, Chromatica.

Gaga foi um destaque tão grande do ano e da noite, que chegou a inaugurar uma categoria nova, homenageando a diva por sua filantropia e ativismo social. Arrasou!

Mais tarde, The Weeknd levou a honraria mais alta, o Vídeo do Ano, por Blinding Lights. Em seu discurso, o cantor foi visto com uma maquiagem que parecia que estava machucado e ressaltou que queria justiça pelos negros mortos por policiais brancos nos Estados Unidos.

A premiação terminou, mais cedo que o usual, com a apresentação de The Black Eyed Peas, que contou com um medley de canções novas e o hit I Gotta Feeling.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;