Fechar
Publicidade

Sábado, 8 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Motoqueiros protestam em frente ao prédio de Lula


Kelly Zucatelli
Do Diário do Grande ABC

01/06/2008 | 07:03


Um grupo de motoqueiros realizou sábado, em frente o prédio do presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, em São Bernardo, um churrasco de protesto em que reivindicam redução do seguro obrigatório, impostos e o fim do pagamento de pedágios nas estradas federais para motocicletas.

"Hoje, pagamos para trabalhar. Queremos acabar com a máfia dos coletes e dos capacetes", disse o presidente da AMM (Associação dos Mensageiros Motociclistas Mototaxi e Afins do Estado de São Paulo), Ernane Pastore.

O porteiro do prédio em que mora o presidente da República recebeu o pedido de audiência e reivindicações .

"Estivemos aqui há 15 dias atrás e voltaremos de novo daqui 15 dias, até ele (o presidente) nos atender", disse Pastore.

Novas regras - As novas regras para uso de capacetes por motociclistas entram em vigor neste domingo. Em janeiro, Pastore esteve no Ministério do Trabalho, em Brasília, reclamando contra o uso dos selos nos capacetes, que por não ser um bem durável, não poderia ser referência na fiscalização, uma vez que ele acredita que a aderência não é permanente.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Motoqueiros protestam em frente ao prédio de Lula

Kelly Zucatelli
Do Diário do Grande ABC

01/06/2008 | 07:03


Um grupo de motoqueiros realizou sábado, em frente o prédio do presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, em São Bernardo, um churrasco de protesto em que reivindicam redução do seguro obrigatório, impostos e o fim do pagamento de pedágios nas estradas federais para motocicletas.

"Hoje, pagamos para trabalhar. Queremos acabar com a máfia dos coletes e dos capacetes", disse o presidente da AMM (Associação dos Mensageiros Motociclistas Mototaxi e Afins do Estado de São Paulo), Ernane Pastore.

O porteiro do prédio em que mora o presidente da República recebeu o pedido de audiência e reivindicações .

"Estivemos aqui há 15 dias atrás e voltaremos de novo daqui 15 dias, até ele (o presidente) nos atender", disse Pastore.

Novas regras - As novas regras para uso de capacetes por motociclistas entram em vigor neste domingo. Em janeiro, Pastore esteve no Ministério do Trabalho, em Brasília, reclamando contra o uso dos selos nos capacetes, que por não ser um bem durável, não poderia ser referência na fiscalização, uma vez que ele acredita que a aderência não é permanente.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;