Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 27 de Setembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Turismo

turismo@dgabc.com.br | 4435-8367

Para encarar o euro sem medo


Do Diário do Grande ABC

29/06/2006 | 09:25


Com o euro mais valorizado que o dólar, criou-se o estigma de que o Velho Mundo se tornou um lugar caro para se visitar. Mas o sonho de conhecer a Europa não precisa ser desfeito por esta razão. Hospedagens e passagens aéreas a um custo baixo para os padrões “normais” do continente são possíveis. Na Alemanha, por exemplo, um site da internet disponibiliza opções de hospedagem por até 40 euros (cerca de R$ 116). Na Inglaterra, há a possibilidade de ficar em alojamentos universitários. Além disso, no país de Sua Majestade muitos museus têm entrada gratuita, enquanto vários teatros vendem seus ingressos pela metade do preço. Confira as dicas para desbravar o Velho Mundo sem gastar muito. Sugestões de turismo barato também podem ser obtidas junto à Comissão Européia de Turismo que integra 33 países através do site www.visiteurope.com.

Alemanha
A entidade oficial que cuida do turismo no país da Copa elaborou o guia Férias com Pouco Dinheiro, lugares para se hospedar por 40 euros ou menos. Este guia está disponível nos sites www.alemania-turismo.com (em espanhol) e www.germany-tourism.de (em inglês) e traz uma relação de mais de 300 lugares para se hospedar em diferentes cidades. Em Berlim, o Holiday Inn Berlin-Humboldt Park tem diárias a 39,50 euros. Em Munique, no Munich Youth Hostel, as diárias partem de 29,95 euros.

Espanha

De acordo com a Comissão Européia de Turismo, os preços na Espanha são mais baixos que nos demais países da Europa. Uma opção barata é usar a rede espanhola de alojamentos, que reúne mais de 13 mil estabelecimentos. Há também o grupo de hotéis Estâncias de España (www.estancias.com) e os sempre vantajosos Albergues da Juventude. Mais informações no site www.spain.info.

Inglaterra
Considerado um dos país mais caros do mundo, a Inglaterra tem uma programação cultural que pode ser usufruída com generosos descontos ou mesmo gratuitamente. Muitos museus oferecem entradas gratuitas e vários teatros vendem ingressos pela metade do preço. Universidades de diferentes cidades britânicas costumam abrir seus alojamentos para os turistas. A Comissão Européia de Turismo sugere o ônibus como meio de transporte. A National Express, empresa que liga Londres a mais de mil diferentes municípios do país, conta com um sistema de passes que deixa a viagem ainda mais econômica. Mais informações em www.visitbritain.com.

Irlanda
Há roteiros turísticos de três dias que custam a partir de 54 euros (aproximadamente R$ 156), sem hospedagem. Em Dublin, pacotes incluem passeios guiados pela cidade, visita à fábrica da Guiness, a famosa cervejaria, e aos museus e galerias de arte da capital. Uma outra opção de conhecer Dublin é a bordo de um veículo anfíbio. Durante o passeio, que custa 16 euros, informações sobre como os vikings se estabeleceram na cidade. Detalhes no endereço eletrônico www.vikingsplashtours.com. Há também pacotes com roteiros para outras regiões do país a partir de 309 euros por pessoa. Informações no site www.vagabond-ireland.com.

Suíça
A Associação de Albergues Suíços possibilita ao turista conseguir diárias mais baratas no país. Os preços começam de US$ 15 (cerca de R$ 34) o pernoite e de US$ 30 para meia pensão. Os estabelecimentos vão desde alojamentos até castelos medievais do século XVII ou uma mansão de 500 anos, como o Castelo de Rotberg, erguido em 1200. Uma grande vantagem é que a Suíça mantém o franco suíço como moeda, bem mais desvalorizado em relação ao euro. Para se ter idéia, um franco suíço equivale a quase R$ 1,87. Mais informações em www.myswitzerland.com.

Portugal
É apontado como um dos países mais baratos para se visitar na Europa. Pensões residenciais, estalagens e albergarias são boas opções de hospedagem com preços a

partir de 30 euros (R$ 87). Os restaurantes lusitanos também têm fama de pratos

fartos a um preço atraente. Com apenas 10 euros (R$ 29), duas pessoas podem

almoçar um bom prato regado a vinho. Detalhes no site www.visitportugal.com.


Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;