Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 16 de Maio

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Câmara de Mauá inaugura anexo ainda com buracos


Bruno Coelho
Do Diário do Grande ABC

29/12/2012 | 07:18


A três dias de encerrar o mandato de presidente da Câmara de Mauá, o vereador reeleito Rogério Santana (PT) inaugurou ontem área anexa no segundo andar do prédio do Legislativo que ainda não ficou pronta. Lá estarão os gabinetes dos seis novos parlamentares da legislatura 2013-206, qua terá 23 cadeiras no total. Ainda havia operários trabalhando na parte externa da edificação enquanto o espaço interno tinha resquícios de acabamento não finalizado - também não possui saída de emergência.

Embora tenha renovado o mandato por mais quatro anos em 7 de outubro, Rogério está em clima de despedida na Câmara, pois foi designado pelo prefeito eleito, Donisete Braga (PT), a assumir a Secretaria de Serviços Urbanos. Por isso o petista inaugurou rapidamente a ala, que custou R$ 680 mil e contém sete salas, sendo seis delas para os futuros parlamentares e uma para taquigrafia.

Enquanto ocorria a inauguração do anexo do Parlamento, operários seguiam trabalhando com acabamento e pintura no espaço logo abaixo, onde servirá de estacionamento. Na área interna era possível sentir cheiro de tinta, ao mesmo tempo em que havia fiações expostas, marcas de cimento no teto, além de buracos.

Os seis gabinetes já possuem mesas e armários, além de computadores para o uso dos vereadores. Caberá, porém, à próxima mesa diretora, possivelmente presidida por Paulo Suares (PT), a adquirir novos equipamentos de informática para o uso dos assistentes e preparar as divisórias que vão separar os espaços reservados dos parlamentares ao de sua assessoria.

Rogério afirma que fez mais do que era cabível para a atual mesa diretora, uma vez que o edital previa apenas a construção do anexo e o funcionamento elétrico e hidráulico. Segundo o petista, a divisória, ar-condicionado, móveis e computadores não estavam no projeto. O chefe do Legislativo garante os espaços adequados para os futuros ocupantes até segunda-feira, um dia antes da posse dos vereadores.

Apesar disso, ele concordou sobre a necessidade de incluir a saída de emergência. "Eu não sou engenheiro, mas é uma observação que carece discussão e fica registrada agora. A mesa (diretora seguinte) poderá viabilizá-la", admitiu.

O ato teve o tradicional corte da fita inaugural do corredor e contou com a presença do vice-prefeito, Paulo Eugênio (PT), representando o chefe do Executivo Oswaldo Dias (PT). Os novos vereadores foram conhecer suas futuras salas para os próximos quatro anos.

 

SEMELHANÇA

Em São Bernardo, o presidente da Câmara, Hiroyuki Minami (PSDB), também se apressou para entregar o prédio do Parlamento. O local tinha sua estrutura interna inacabada, com forte cheiro de tinta na ocasião. A obra, orçada em R$ 34,9 milhões, somente será entregue



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;