Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 27 de Fevereiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Nacional

nacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Nível do rio Solimões começa a subir em Tabatinga (AM)


Do Diário OnLine
Com Agência Brasil

20/10/2005 | 12:05


O nível do rio Solimões em Tabatinga, no Amazonas, começou a subir nesta semana, de acordo com o Jaime Azevedo da Silva, conferente de carga da SNPH (Sociedade de Navegação, Portos e Hidrovias do Amazonas).

"De segunda para terça-feira, o rio subiu 0,31 centímetros. Mas ele ainda estava em 1,91 metro, cerca de 5 metros abaixo do que é o normal para esta época do ano", disse Silva. Ainda assim, o porto flutuante da cidade, que está interditado desde o dia 16 de setembro, deverá voltará a funcionar apenas daqui a 15 dias.

O nível do rio Marañon (nome que o Solimões recebe quando nasce, no Peru) tem registrado um aumento de cerca de cinco centímetros por dia, nos últimos 12 dias, segundo o despachante marítimo e fluvial Izidoro de Araújo Maquini.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Nível do rio Solimões começa a subir em Tabatinga (AM)

Do Diário OnLine
Com Agência Brasil

20/10/2005 | 12:05


O nível do rio Solimões em Tabatinga, no Amazonas, começou a subir nesta semana, de acordo com o Jaime Azevedo da Silva, conferente de carga da SNPH (Sociedade de Navegação, Portos e Hidrovias do Amazonas).

"De segunda para terça-feira, o rio subiu 0,31 centímetros. Mas ele ainda estava em 1,91 metro, cerca de 5 metros abaixo do que é o normal para esta época do ano", disse Silva. Ainda assim, o porto flutuante da cidade, que está interditado desde o dia 16 de setembro, deverá voltará a funcionar apenas daqui a 15 dias.

O nível do rio Marañon (nome que o Solimões recebe quando nasce, no Peru) tem registrado um aumento de cerca de cinco centímetros por dia, nos últimos 12 dias, segundo o despachante marítimo e fluvial Izidoro de Araújo Maquini.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;