Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 27 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Fogo destrói favela no Rudge Ramos


Tatiane Moreno
Especial para o Diário

09/11/2004 | 09:13


Cinzas, roupas espalhadas pelo chão, poucos móveis, 17 barracos queimados e cerca de 70 pessoas desabrigadas. Esse foi o cenário que restou do incêndio ocorrido na manhã de segunda-feira, no alojamento da Prefeitura conhecido como Vila Império, na avenida Doutor Rudge Ramos, no bairro de mesmo nome, em São Bernardo. Desde 1999, o local abrigava os moradores da favela Naval (divisa de São Bernardo com Diadema), que na época também foi atingida por um incêndio. Os bombeiros chegaram à favela meia hora depois e ninguém ficou ferido. Ainda não se sabe a causa da tragédia.

Por volta das 8h30, o fogo que ninguém sabe como começou, se alastrou pelos barracos instalados em cerca de 350 m. "Eu tinha acabado de chegar do trabalho e deitei para descansar. Quando vi, o fogo já estava ao lado da minha cama", contou a auxiliar de limpeza Maria de Jesus Machado de Carvalho que só teve tempo de acordar os familiares. "Pegamos a televisão, uma cesta básica e um colchão. Só restou a roupa do corpo."

A estudante Tauane Maria da Silva, 13 anos, disse que acordou com os gritos dos vizinhos. "Minha mãe saiu cedo e eu estava sozinha. Consegui salvar alguns brinquedos e o aparelho de som, que ainda nem está pago", contou a menina ainda com lágrimas nos olhos por conta da morte de seu cachorro. "Eu ainda chamei o Dick, mas ele não veio. Ficou escondido embaixo da cama."

Moradia - Em nota oficial, a Prefeitura informou que as famílias desabrigadas foram encaminhadas para um galpão de dois andares, no Jardim Esmeralda. A previsão é que os desabrigados fiquem no local por cerca de 30 dias, prazo para que a Secretaria de Habitação e Meio Ambiente construa novas moradias na Vila Império, para onde deverão retornar. A Prefeitura informou ainda que no ano que vem as famílias serão acomodadas em programas habitacionais municipais, que já estão inscritas.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;