Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 21 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

|

A transformação, da indústria ao comércio...

E lá vamos nós com o Luadir Lino Granchi...


Ademir Medici
Do Diário do Grande ABC

13/12/2011 | 00:00


E lá vamos nós com o Luadir Lino Granchi em busca do ponto 5 que ele elegeu da sua Mauá. Permanecemos no Centro, e na Praça 22 de Novembro, onde ficava o Tanque do Morelli. Propositadamente, Marina Brandão escolheu como cenário a imagem em que aparece, no fundo, o Mauá Plaza Shopping. É a transformação urbana de Mauá, da antiga Atlantis (fábrica) em setor comercial (o shopping).

Outra ilustração é esta foto clássica da cidade, em que aparece o bar da praça da Paineira na década de 1940 com aquela que é apontada pela Casa de Cultura e Museu Barão de Mauá como a primeira bomba de gasolina local.

INFORME 
O ex-prefeito Américo Perrella morava próximo à rua que hoje leva o seu nome, um pouco atrás, perto da delegacia de polícia.

Ponto 5, equipamentos centrais

Depoimento: Luadir Lino Granchi

Entre a Avenida Rio Branco e a rodoviária existiam as casas das pessoas que trabalhavam na ferrovia. Gente antiga. Eram cerca de 20 casas, até a saída para a Vila Lídia.

Havia o Symaflor (cinema), a Prefar (escritório do José Roberto Preto) e, na Rua Japão, já estava a sede do Independente, o clube chique da cidade, que rivalizava com o Industrial, localizado mais à frente.

A Atlantis, onde está o Mauá Plaza Shopping, era uma fábrica de anilina, grande empregadora, que tinha também unidade em Santo André.

Na Praça 22 de Novembro, o córrego passava livre, seguia ao lado da Atlantis em direção à Vila Magini para desaguar no Rio Tamanduateí.

O Symaflor era o point de Mauá. Pertencia à família Milanesi. Bem próximo, o Yugo Bar, outro ponto famoso, que recebia o pessoal depois das sessões do cinema. Havia uma alfaiataria, que pertencia ao pai do engenheiro Alexandre Gaddini, que trabalhou na Prefeitura de Mauá e hoje é o presidente da Emparsanco, com sede em São Bernardo.

DIÁRIO HÁ 30 ANOS
Domingo, 13 de dezembro de 1981

Manchete - Câmara de Santo André silencia na aprovação de Cr$ 350 milhões.

Movimento sindical - Unidade Sindical ou Anampos (Articulação Nacional de Movimentos Populares). Especial do jornalista Roberto Baraldi. Em pauta: as contradições do movimento sindical; a oposição sindical; tempo de

Conclat - Conferência Nacional da Classe Trabalhadora; esboça-se a Central Única dos Trabalhadores, com o projeto pró-CUT.

São Bernardo - Decreto do prefeito Tito Costa permite uso de terreno municipal pela Mitra Diocesana no Jardim Hollywood. São 2.300 m². Ali será construído um centro comunitário.

Editorial - A Nação, intranquila, aguarda.

EM 13 DE DEZEMBRO DE...

1971 - Prefeitura de Rio Grande da Serra anuncia a pavimentação asfáltica da sua principal via central, a Capital Marques, hoje denominada Dom Pedro I.

Trabalhadores

Nascem em 13 de dezembro:

1919 - Edoardo Devasi, de Veneza, Itália. Operador da Refinaria de Petróleo União. Residia à Rua Augusta.
1920 - Sebastião Rialto. Operário da Indústria Brasileira de Pigmentos. Residia à Rua Limeira, 27.
1929 - Cordiano Ruggiero, de Salermo, Itália. Mecânico da IRFM. Residia à Rua Beatriz, 16, em São Caetano.
Fonte: 1º livro geral de registro de associados do Sindicato dos Químicos do ABC.

MUNICÍPIOS PAULISTAS 
Hoje é o aniversário de Guaiçara, Luís Antonio, Ourinhos e Palmeira d'Oeste.

HOJE 
Dia do Deficiente Visual, Dia do Marinheiro, Dia do Pedreiro, Dia do Lapidador e Dia Nacional do Forró.

SANTOS DO DIA

Luzia ou Lúcia, Antíoco, Odila (ou Otília) e João Marimoni.

Santa Luzia foi morta no ano 304 por sua crença em Jesus Cristo. Somente em 1894 o martírio da jovem Luzia, também chamada Lúcia, foi devidamente confirmado, quando se descobriu uma inscrição escrita em grego antigo sobre o seu sepulcro, em Siracusa, Nápoles. A inscrição trazia o nome da mártir e confirmava a tradição oral cristã sobre sua morte no início do século IV.
Fontes: Folhinha do Sagrado Coração de Jesus, Vozes, 2011; site: www.paulinas.org.br .

É Natal

O Grande ABC com suas 98 paróquias e 250 capelas. Em qual delas foi montado o presépio da foto? Memória revela amanhã.

Vejam lá na imagem de hoje: parece que este presépio está no meio da rua. Em qual igreja? Em qual cidade? O Alcinio nos conta amanhã.

O presépio ontem aqui focalizado está montado no interior da Catedral do Carmo, em Santo André, e foi fotografado pelo engenheiro Alcinio Cranchi, que nos acompanha e nos estimula nesta série dos presépios.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

A transformação, da indústria ao comércio...

E lá vamos nós com o Luadir Lino Granchi...

Ademir Medici
Do Diário do Grande ABC

13/12/2011 | 00:00


E lá vamos nós com o Luadir Lino Granchi em busca do ponto 5 que ele elegeu da sua Mauá. Permanecemos no Centro, e na Praça 22 de Novembro, onde ficava o Tanque do Morelli. Propositadamente, Marina Brandão escolheu como cenário a imagem em que aparece, no fundo, o Mauá Plaza Shopping. É a transformação urbana de Mauá, da antiga Atlantis (fábrica) em setor comercial (o shopping).

Outra ilustração é esta foto clássica da cidade, em que aparece o bar da praça da Paineira na década de 1940 com aquela que é apontada pela Casa de Cultura e Museu Barão de Mauá como a primeira bomba de gasolina local.

INFORME 
O ex-prefeito Américo Perrella morava próximo à rua que hoje leva o seu nome, um pouco atrás, perto da delegacia de polícia.

Ponto 5, equipamentos centrais

Depoimento: Luadir Lino Granchi

Entre a Avenida Rio Branco e a rodoviária existiam as casas das pessoas que trabalhavam na ferrovia. Gente antiga. Eram cerca de 20 casas, até a saída para a Vila Lídia.

Havia o Symaflor (cinema), a Prefar (escritório do José Roberto Preto) e, na Rua Japão, já estava a sede do Independente, o clube chique da cidade, que rivalizava com o Industrial, localizado mais à frente.

A Atlantis, onde está o Mauá Plaza Shopping, era uma fábrica de anilina, grande empregadora, que tinha também unidade em Santo André.

Na Praça 22 de Novembro, o córrego passava livre, seguia ao lado da Atlantis em direção à Vila Magini para desaguar no Rio Tamanduateí.

O Symaflor era o point de Mauá. Pertencia à família Milanesi. Bem próximo, o Yugo Bar, outro ponto famoso, que recebia o pessoal depois das sessões do cinema. Havia uma alfaiataria, que pertencia ao pai do engenheiro Alexandre Gaddini, que trabalhou na Prefeitura de Mauá e hoje é o presidente da Emparsanco, com sede em São Bernardo.

DIÁRIO HÁ 30 ANOS
Domingo, 13 de dezembro de 1981

Manchete - Câmara de Santo André silencia na aprovação de Cr$ 350 milhões.

Movimento sindical - Unidade Sindical ou Anampos (Articulação Nacional de Movimentos Populares). Especial do jornalista Roberto Baraldi. Em pauta: as contradições do movimento sindical; a oposição sindical; tempo de

Conclat - Conferência Nacional da Classe Trabalhadora; esboça-se a Central Única dos Trabalhadores, com o projeto pró-CUT.

São Bernardo - Decreto do prefeito Tito Costa permite uso de terreno municipal pela Mitra Diocesana no Jardim Hollywood. São 2.300 m². Ali será construído um centro comunitário.

Editorial - A Nação, intranquila, aguarda.

EM 13 DE DEZEMBRO DE...

1971 - Prefeitura de Rio Grande da Serra anuncia a pavimentação asfáltica da sua principal via central, a Capital Marques, hoje denominada Dom Pedro I.

Trabalhadores

Nascem em 13 de dezembro:

1919 - Edoardo Devasi, de Veneza, Itália. Operador da Refinaria de Petróleo União. Residia à Rua Augusta.
1920 - Sebastião Rialto. Operário da Indústria Brasileira de Pigmentos. Residia à Rua Limeira, 27.
1929 - Cordiano Ruggiero, de Salermo, Itália. Mecânico da IRFM. Residia à Rua Beatriz, 16, em São Caetano.
Fonte: 1º livro geral de registro de associados do Sindicato dos Químicos do ABC.

MUNICÍPIOS PAULISTAS 
Hoje é o aniversário de Guaiçara, Luís Antonio, Ourinhos e Palmeira d'Oeste.

HOJE 
Dia do Deficiente Visual, Dia do Marinheiro, Dia do Pedreiro, Dia do Lapidador e Dia Nacional do Forró.

SANTOS DO DIA

Luzia ou Lúcia, Antíoco, Odila (ou Otília) e João Marimoni.

Santa Luzia foi morta no ano 304 por sua crença em Jesus Cristo. Somente em 1894 o martírio da jovem Luzia, também chamada Lúcia, foi devidamente confirmado, quando se descobriu uma inscrição escrita em grego antigo sobre o seu sepulcro, em Siracusa, Nápoles. A inscrição trazia o nome da mártir e confirmava a tradição oral cristã sobre sua morte no início do século IV.
Fontes: Folhinha do Sagrado Coração de Jesus, Vozes, 2011; site: www.paulinas.org.br .

É Natal

O Grande ABC com suas 98 paróquias e 250 capelas. Em qual delas foi montado o presépio da foto? Memória revela amanhã.

Vejam lá na imagem de hoje: parece que este presépio está no meio da rua. Em qual igreja? Em qual cidade? O Alcinio nos conta amanhã.

O presépio ontem aqui focalizado está montado no interior da Catedral do Carmo, em Santo André, e foi fotografado pelo engenheiro Alcinio Cranchi, que nos acompanha e nos estimula nesta série dos presépios.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;