Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 17 de Maio

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Lula deve desculpas à nação, diz Bornhausen


Do Diário OnLine

08/04/2003 | 09:23


O presidente do PFL, Jorge Bornhausen (SC), afirmou nesta terça-feira que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva deve desculpas à nação por ter abandonado “de forma absoluta o seu discurso de campanha”. “Isso merece um pedido de desculpas à nação, porque o que não houve foi mudança. O que há é um neoconservadorismo”, disse Bornhausen, classificando os primeiros 100 dias de governo Lula como de “contradições e retrocessos”.

Em entrevista à Rádio CBN, o pefelista comentou o pronunciamento feito pelo presidente na noite de segunda-feira, no qual ele fez um balanço dos primeiros meses de governo e apresentou números positivos. “É uma comemoração indevida que pode trazer desmoralizações ao governo”, afirmou.

Ele também criticou a demora no envio de propostas das reformas tributária e previdenciária ao Congresso Nacional. O presidente promete enviá-las até o final deste mês. “O governo prometeu as reformas no dia 29 de outubro de 2002. O Congresso abriu as portas em 26 de fevereiro, mas as propostas ainda não chegaram. Essa paralisia é prejudicial porque a lua-de-mel do novo governo começa a acabar. A paralisia determina gastos que não precisavam ser feitos”, disse.

Jorge Bornhausen reafirmou que o PFL faz uma oposição responsável e fiscalizadora ao governo federal e criticou as políticas rural e de segurança do atual governo, além do Fome Zero. “Ao invés de aproveitar os moldes do Bolsa Escola e do Bolsa Alimentação, projetos que já existiam, o governo quis inventar e acabou se atrapalhando”, afirmou.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;