Fechar
Publicidade

Sábado, 22 de Fevereiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Diadema terá primeiro relógio solar do Grande ABC em praça pública


Rodrigo Cipriano
Do Diário do Grande ABC

06/09/2005 | 08:09


Diadema terá o primeiro relógio solar construído em praça pública no Grande ABC. O equipamento será construído na praça Camões, junto à avenida Fábio Eduardo Ramos Esquível – um dos corredores mais movimentados do Centro da cidade. A expectativa é de que seja inaugurado no próximo dia 22, início da primavera, quando o relógio solar se torna mais preciso.

A explicação para tal precisão é simples. "Essa é a única época do ano em que o Sol nasce exatamente a Leste e o pôr-do-sol está a Oeste. Nas outras estações, existe uma alteração em relação a esses pontos", afirma o geógrafo Milton Pereira Barros, presidente da Sociedade Astronômica e Astrofísica de Diadema. Quando pronto, o relógio terá oito metros de diâmetro por 2,2 metros de altura, formando uma cruz.

Pelo aparelho, será possível medir as horas de duas formas. O tronco vertical estará alinhado ao eixo de rotação da terra e apontará as horas pela evolução da sombra produzida no chão. O tronco horizontal formará uma espécie de "u" e estará alinhado à linha do equador. Sobre ele, será fixada um tipo de haste de ferro, cuja sombra apontará as horas sobre a base em forma de "u".

Segundo Milton Barros, é a primeira vez que um relógio solar com essas características é construído com base numa única peça. O custo do projeto, de acordo com o geógrafo, gira em torno de R$ 11 mil. O valor será bancado pela Prefeitura de Diadema, que para barateá-lo utilizará mão-de-obra própria. O custo final da obra ainda está sendo contabilizado pelo município.

A expectativa é de que, quando inaugurado, o relógio solar da praça Camões seja utilizado como ferramenta para aulas a céu-aberto. Ainda nesse segundo semestre, os professores da rede pública de ensino de Diadema devem receber treinamento sobre os conteúdos que podem ser explorados a partir do relógio dentro de disciplinas como geografia, matemática e geometria.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Diadema terá primeiro relógio solar do Grande ABC em praça pública

Rodrigo Cipriano
Do Diário do Grande ABC

06/09/2005 | 08:09


Diadema terá o primeiro relógio solar construído em praça pública no Grande ABC. O equipamento será construído na praça Camões, junto à avenida Fábio Eduardo Ramos Esquível – um dos corredores mais movimentados do Centro da cidade. A expectativa é de que seja inaugurado no próximo dia 22, início da primavera, quando o relógio solar se torna mais preciso.

A explicação para tal precisão é simples. "Essa é a única época do ano em que o Sol nasce exatamente a Leste e o pôr-do-sol está a Oeste. Nas outras estações, existe uma alteração em relação a esses pontos", afirma o geógrafo Milton Pereira Barros, presidente da Sociedade Astronômica e Astrofísica de Diadema. Quando pronto, o relógio terá oito metros de diâmetro por 2,2 metros de altura, formando uma cruz.

Pelo aparelho, será possível medir as horas de duas formas. O tronco vertical estará alinhado ao eixo de rotação da terra e apontará as horas pela evolução da sombra produzida no chão. O tronco horizontal formará uma espécie de "u" e estará alinhado à linha do equador. Sobre ele, será fixada um tipo de haste de ferro, cuja sombra apontará as horas sobre a base em forma de "u".

Segundo Milton Barros, é a primeira vez que um relógio solar com essas características é construído com base numa única peça. O custo do projeto, de acordo com o geógrafo, gira em torno de R$ 11 mil. O valor será bancado pela Prefeitura de Diadema, que para barateá-lo utilizará mão-de-obra própria. O custo final da obra ainda está sendo contabilizado pelo município.

A expectativa é de que, quando inaugurado, o relógio solar da praça Camões seja utilizado como ferramenta para aulas a céu-aberto. Ainda nesse segundo semestre, os professores da rede pública de ensino de Diadema devem receber treinamento sobre os conteúdos que podem ser explorados a partir do relógio dentro de disciplinas como geografia, matemática e geometria.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;