Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 15 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Farmácia registra longa espera

Celso Luiz/DGABC  Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Mesmo em dia comum, usuários demoram mais de
três horas para retirar medicamentos no Mário Covas


Yara Ferraz
Do Diário do Grande ABC

24/04/2015 | 07:00


Mesmo em dias comuns, sem nenhum feriado próximo, a Farmácia de Alto Custo do Hospital Mário Covas, em Santo André, apresenta espera de até três horas. A equipe do Diário voltou na tarde de ontem à unidade para verificar se os problemas relatados em reportagem publicada no sábado continuavam, já que uma das alegações da Secretaria de Estado da Saúde na sexta-feira, quando a espera chegava a quatro horas, era a véspera do feriado de Tiradentes. Embora o local estivesse menos cheio, a demora ainda incomodava.

“Como venho sempre, chego ao absurdo de achar até rápido. Pego o Cibecol, para tratar o pulmão, há cinco anos”, disse a dona de casa Maria Dalvanio de Oliveira, 45 anos.

A cuidadora de idosos Celena Pereira de Assis, 68, disse que já chegou a ficar mais de dez horas no local. Ela pega medicamentos para asma. “Já esperei dias inteiros aqui. Tem fila para pegar senha, outra para triagem e só depois para pegar o remédio.”

Questionada, a Farmácia de Componentes Especializados do hospital esclareceu que em virtude do elevado número de feriados deste mês, os dias úteis para agendamento da retirada dos medicamentos foram reduzidos e, logo, o número de pacientes em cada dia aumentou, ocasionando espera maior. A farmácia distribui senhas até as 17h e quem chega até o horário é atendido.

OUTRAS RECLAMAÇÕES

A auxiliar administrativa Luciene Ferreira da Silva Oliveira, 43, foi internada com pedra no canal da urina. Após passar a noite em observação, teve alta ao meio-dia de ontem, porém, não recebeu atestado. “Fui muito bem atendida, mas o médico sumiu e não me deu o documento. Além de estar doente, vou perder dois dias de salário.”

O hospital afirmou que o profissional responsável pelo atendimento da paciente estava realizando cirurgia de urgência e não poderia interromper o procedimento para emitir o atestado. Ela pode procurar a unidade hoje e solicitar o documento.

Já o motorista Aldemir Arejano, 54, passou no ortopedista por causa de uma artrose. Ele foi orientado a retornar em três meses. “Na hora em que fui fazer o agendamento, disseram que só tinha para outubro. Comecei a brigar e aí mudaram para julho.”

O hospital afirmou que desconhece qualquer problema no agendamento da consulta de Arejano. O dia foi definido de acordo com a gravidade do caso e com as datas disponíveis.

 

Programa de trainees foi cancelado em 2015

Neste ano, a administração do Hospital Mário Covas cancelou o programa de trainees, realizado anualmente. No site ReclameAqui, pessoas que se inscreveram chegaram a dizer que a taxa paga não havia sido devolvida.

O hospital afirmou que o programa não tem relação com processos de admissão ou de concurso para contratação de profissionais. O que é oferecido é um treinamento gratuito (mediante pagamento de taxa de inscrição) para os profissionais das áreas de enfermagem, terapia ocupacional e fisioterapia. Após o período, constatada a necessidade no momento, aqueles que realizaram o programa podem ser aproveitados na unidade, mas a contratação não está estipulada nas normas.

O Mário Covas alegou que a edição deste ano foi suspensa porque o quadro de funcionários da unidade, que tem em torno de 1.800 colaboradores, está completo. Os 13 inscritos no programa foram informados sobre a suspensão e tiveram os valores da taxa de inscrição restituídos, porém, quatro candidatos não compareceram à unidade para receber o valor. Eles podem procurar o setor de gestão de pessoas ou o centro de estudos do hospital para ter a restituição.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Farmácia registra longa espera

Mesmo em dia comum, usuários demoram mais de
três horas para retirar medicamentos no Mário Covas

Yara Ferraz
Do Diário do Grande ABC

24/04/2015 | 07:00


Mesmo em dias comuns, sem nenhum feriado próximo, a Farmácia de Alto Custo do Hospital Mário Covas, em Santo André, apresenta espera de até três horas. A equipe do Diário voltou na tarde de ontem à unidade para verificar se os problemas relatados em reportagem publicada no sábado continuavam, já que uma das alegações da Secretaria de Estado da Saúde na sexta-feira, quando a espera chegava a quatro horas, era a véspera do feriado de Tiradentes. Embora o local estivesse menos cheio, a demora ainda incomodava.

“Como venho sempre, chego ao absurdo de achar até rápido. Pego o Cibecol, para tratar o pulmão, há cinco anos”, disse a dona de casa Maria Dalvanio de Oliveira, 45 anos.

A cuidadora de idosos Celena Pereira de Assis, 68, disse que já chegou a ficar mais de dez horas no local. Ela pega medicamentos para asma. “Já esperei dias inteiros aqui. Tem fila para pegar senha, outra para triagem e só depois para pegar o remédio.”

Questionada, a Farmácia de Componentes Especializados do hospital esclareceu que em virtude do elevado número de feriados deste mês, os dias úteis para agendamento da retirada dos medicamentos foram reduzidos e, logo, o número de pacientes em cada dia aumentou, ocasionando espera maior. A farmácia distribui senhas até as 17h e quem chega até o horário é atendido.

OUTRAS RECLAMAÇÕES

A auxiliar administrativa Luciene Ferreira da Silva Oliveira, 43, foi internada com pedra no canal da urina. Após passar a noite em observação, teve alta ao meio-dia de ontem, porém, não recebeu atestado. “Fui muito bem atendida, mas o médico sumiu e não me deu o documento. Além de estar doente, vou perder dois dias de salário.”

O hospital afirmou que o profissional responsável pelo atendimento da paciente estava realizando cirurgia de urgência e não poderia interromper o procedimento para emitir o atestado. Ela pode procurar a unidade hoje e solicitar o documento.

Já o motorista Aldemir Arejano, 54, passou no ortopedista por causa de uma artrose. Ele foi orientado a retornar em três meses. “Na hora em que fui fazer o agendamento, disseram que só tinha para outubro. Comecei a brigar e aí mudaram para julho.”

O hospital afirmou que desconhece qualquer problema no agendamento da consulta de Arejano. O dia foi definido de acordo com a gravidade do caso e com as datas disponíveis.

 

Programa de trainees foi cancelado em 2015

Neste ano, a administração do Hospital Mário Covas cancelou o programa de trainees, realizado anualmente. No site ReclameAqui, pessoas que se inscreveram chegaram a dizer que a taxa paga não havia sido devolvida.

O hospital afirmou que o programa não tem relação com processos de admissão ou de concurso para contratação de profissionais. O que é oferecido é um treinamento gratuito (mediante pagamento de taxa de inscrição) para os profissionais das áreas de enfermagem, terapia ocupacional e fisioterapia. Após o período, constatada a necessidade no momento, aqueles que realizaram o programa podem ser aproveitados na unidade, mas a contratação não está estipulada nas normas.

O Mário Covas alegou que a edição deste ano foi suspensa porque o quadro de funcionários da unidade, que tem em torno de 1.800 colaboradores, está completo. Os 13 inscritos no programa foram informados sobre a suspensão e tiveram os valores da taxa de inscrição restituídos, porém, quatro candidatos não compareceram à unidade para receber o valor. Eles podem procurar o setor de gestão de pessoas ou o centro de estudos do hospital para ter a restituição.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;