Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 30 de Março

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Explosão da Mir é um marco na conquista do espaço


Das Agências

20/03/2001 | 12:58


Os russos viraram uma página da história da conquista do espaço ao destruir a estação Mir, que vai cair no Sul do Pacífico, no próximo dia 23, às 6h20 (horário de Greenwich), depois de 15 anos de serviço.

Autoridades do setor espacial russo se reuniram nesta terça-feira pela manhã em Moscou para anunciar a data definitiva da operação pioneira, já que nunca se destruiu um artefato espacial tão grande.

A nave Progress, acoplada a Mir, vai dar três impulsos "mortais" à estação quando esta se encontrar numa órbita de 220 km. Os restos vão cair no Pacífico "cerca de 45 minutos depois do último impulso” disse o porta-voz da Agência Espacial russa, Serguei Gorbunov.

A maior parte da Mir será destruída na atmosfera, entretanto, cerca de 1.500 pedaços, pesando em torno de 20 toneladas, cairão no Sul do Pacífico, Nova Zelândia e Chile, em uma zona de 200 km de amplitude e 6 mil de comprimento.

Alguns destes pedaços podem chegar a ter até 700 kg, o peso de um carro, e cairão na Terra a uma velocidade que permitiria atravessar um muro de dois metros de espessura.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;