Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 30 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Fusão entre Corus e CSN é desfeita


Do Diário OnLine

13/11/2002 | 09:44


A siderúrgica anglo-holandesa Corus anunciou nesta quarta-feira que a fusão proposta no dia 17 de julho com a Companhia Siderúrgica Nacional (CSN) está desfeita. Entre os motivos apresentados pela Corus para pôr fim à transação estão as incertezas nos mercados financeiros de todo o mundo.

Em um comunicado, a anglo-holandesa afirma também que a demanda por aço na Grã-Bretanha e na Europa não estão nos níveis previstos pela empresa. A companhia informou ainda que prevê fechar o segundo semestre com um prejuízo operacional de aproximadamente 152 milhões de libras esterlinas.

Segundo a agência Reuters, um porta-voz da companhia citou a volatilidade da moeda brasileira e a aversão de credores ao risco como razões para a decisão de cancelar o acordo. “A companhia disse que dada a turbulência dos últimos meses, o melhor para os acionistas seria tomar a decisão agora”, afirmou o porta-voz à Reuters.

No entanto, segundo informações da Rede Globo, assessores da CSN afirmaram que a decisão de cancelar a fusão foi da empresa brasileira. Eles afirmaram que os resultados negativos da Corus nos últimos meses deixaram o acordo pouco atraente.

Com o acesso ao minério de ferro brasileiro, a Corus esperava economizar cerca de US$ 250 milhões por ano. A fusão criaria uma gigante do setor de siderurgia, com uma produção anual de cerca de 23 milhões de toneladas. A finalização do processo de fusão estava prevista para março.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Fusão entre Corus e CSN é desfeita

Do Diário OnLine

13/11/2002 | 09:44


A siderúrgica anglo-holandesa Corus anunciou nesta quarta-feira que a fusão proposta no dia 17 de julho com a Companhia Siderúrgica Nacional (CSN) está desfeita. Entre os motivos apresentados pela Corus para pôr fim à transação estão as incertezas nos mercados financeiros de todo o mundo.

Em um comunicado, a anglo-holandesa afirma também que a demanda por aço na Grã-Bretanha e na Europa não estão nos níveis previstos pela empresa. A companhia informou ainda que prevê fechar o segundo semestre com um prejuízo operacional de aproximadamente 152 milhões de libras esterlinas.

Segundo a agência Reuters, um porta-voz da companhia citou a volatilidade da moeda brasileira e a aversão de credores ao risco como razões para a decisão de cancelar o acordo. “A companhia disse que dada a turbulência dos últimos meses, o melhor para os acionistas seria tomar a decisão agora”, afirmou o porta-voz à Reuters.

No entanto, segundo informações da Rede Globo, assessores da CSN afirmaram que a decisão de cancelar a fusão foi da empresa brasileira. Eles afirmaram que os resultados negativos da Corus nos últimos meses deixaram o acordo pouco atraente.

Com o acesso ao minério de ferro brasileiro, a Corus esperava economizar cerca de US$ 250 milhões por ano. A fusão criaria uma gigante do setor de siderurgia, com uma produção anual de cerca de 23 milhões de toneladas. A finalização do processo de fusão estava prevista para março.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;