Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 3 de Junho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Cultura & Lazer

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

Diadema representa Grande ABC


Dojival Filho
Do Diário do Grande ABC

04/08/2009 | 07:00


Estreias de espetáculos, debates e participações de dois grupos do Grande ABC marcam a primeira edição do "Plataforma Estado da Dança", que começa hoje e prossegue até o dia 16, em três espaços culturais da Capital. O evento ocorre no palco do Teatro da Dança - instituição responsável pela organização da mostra -, no CCSP (Centro Cultural São Paulo) e no Pateo do Colégio.

Ao todo serão 21 espetáculos, entre eles 15 premiados pelo edital do ProAC (Programa de Ação Cultural), do Governo do Estado. Um dos representantes da região é o "Coletivo MR - Dança, Pessoas, Corpos e Criação", de Diadema, que apresenta na quinta, às 16h, o espetáculo "Duas Orelhas e uma Boca que Escuta", concebido e dirigido por Luis Ferron. Os dançarinos propõem novas maneiras de criação cênica.

"O MR é muito interessante e inclui portadores de necessidades especiais. Nesse espetáculo, há três cadeirantes", comenta a programadora do Teatro de Dança, Mônica Bamman. Outro grupo de Diadema é o Danceato, que estreia o espetáculo Arena, no dia 16, nos mesmos horário e local. Dirigida por Ana Bottosso, a produção aborda a solidão humana e faz alusão às antigas arenas romanas, em que os indivíduos eram colocados uns contra os outros.

DESTAQUES - O evento terá convidados ilustres, como o curador da "Bienal de Dança de Lyon", na França, Guy Darmet. "Ele deverá assistir a alguns espetáculos, provavelmente na quinta-feira", informa Mônica. A programação inclui outros destaques, como a performance Cadência, que será apresentada pela "Companhia Artesãos do Corpo", no sábado, às 11h, no Pateo do Colégio. Sob direção de Mirtes Calheiros, o espetáculo traduz para a linguagem corporal a maneira como os brasileiros enfrentam as dificuldades do cotidiano. A entrada é gratuita.

O "Plataforma Estado da Dança" promoverá ainda mesas redondas, também com entrada franca. Na sexta, às 18h, no Teatro da Dança, o público poderá conferir o debate "Eixos Curatoriais: Dança no Brasil", com curadores de diversas regiões do País.

Entre os participantes estão a produtora do Festival de Dança de Londrina, Daniele Pereira, e a curadora do Panorama Sesi de Dança de São Paulo, Renata Melo.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Diadema representa Grande ABC

Dojival Filho
Do Diário do Grande ABC

04/08/2009 | 07:00


Estreias de espetáculos, debates e participações de dois grupos do Grande ABC marcam a primeira edição do "Plataforma Estado da Dança", que começa hoje e prossegue até o dia 16, em três espaços culturais da Capital. O evento ocorre no palco do Teatro da Dança - instituição responsável pela organização da mostra -, no CCSP (Centro Cultural São Paulo) e no Pateo do Colégio.

Ao todo serão 21 espetáculos, entre eles 15 premiados pelo edital do ProAC (Programa de Ação Cultural), do Governo do Estado. Um dos representantes da região é o "Coletivo MR - Dança, Pessoas, Corpos e Criação", de Diadema, que apresenta na quinta, às 16h, o espetáculo "Duas Orelhas e uma Boca que Escuta", concebido e dirigido por Luis Ferron. Os dançarinos propõem novas maneiras de criação cênica.

"O MR é muito interessante e inclui portadores de necessidades especiais. Nesse espetáculo, há três cadeirantes", comenta a programadora do Teatro de Dança, Mônica Bamman. Outro grupo de Diadema é o Danceato, que estreia o espetáculo Arena, no dia 16, nos mesmos horário e local. Dirigida por Ana Bottosso, a produção aborda a solidão humana e faz alusão às antigas arenas romanas, em que os indivíduos eram colocados uns contra os outros.

DESTAQUES - O evento terá convidados ilustres, como o curador da "Bienal de Dança de Lyon", na França, Guy Darmet. "Ele deverá assistir a alguns espetáculos, provavelmente na quinta-feira", informa Mônica. A programação inclui outros destaques, como a performance Cadência, que será apresentada pela "Companhia Artesãos do Corpo", no sábado, às 11h, no Pateo do Colégio. Sob direção de Mirtes Calheiros, o espetáculo traduz para a linguagem corporal a maneira como os brasileiros enfrentam as dificuldades do cotidiano. A entrada é gratuita.

O "Plataforma Estado da Dança" promoverá ainda mesas redondas, também com entrada franca. Na sexta, às 18h, no Teatro da Dança, o público poderá conferir o debate "Eixos Curatoriais: Dança no Brasil", com curadores de diversas regiões do País.

Entre os participantes estão a produtora do Festival de Dança de Londrina, Daniele Pereira, e a curadora do Panorama Sesi de Dança de São Paulo, Renata Melo.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;