Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 14 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Objetivo da Espanha é restabelecer confiança com Marrocos


Das Agências

04/08/2002 | 17:30


O vice-presidente e porta-voz do governo espanhol, Mariano Rajoy, afirmou neste domingo em uma entrevista à agência espanhola Europa Press que o "principal objetivo" da reunião prevista para setembro entre os chefes das diplomacias de Espanha e Marrocos é "restabelecer a confiança" entre ambos países.

Esta reunião foi marcada graças a um acordo alcançado pelos dois países após a crise que enfrentaram por causa do ilhote de Perejil, ocupado pelos militares marroquinos que foram retirados do local pelas forças espanholas em meados de julho.

"Não vamos fazer nada mais do que tentar buscar um período de certa tranqüilidade e que a partir de setembro possamos ter boas relações" com o Marrocos, assinalou Rajoy.

Porém, reiterou que seu país não deixará que "ninguém adote decisões de forma unilateral em proveito próprio".



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Objetivo da Espanha é restabelecer confiança com Marrocos

Das Agências

04/08/2002 | 17:30


O vice-presidente e porta-voz do governo espanhol, Mariano Rajoy, afirmou neste domingo em uma entrevista à agência espanhola Europa Press que o "principal objetivo" da reunião prevista para setembro entre os chefes das diplomacias de Espanha e Marrocos é "restabelecer a confiança" entre ambos países.

Esta reunião foi marcada graças a um acordo alcançado pelos dois países após a crise que enfrentaram por causa do ilhote de Perejil, ocupado pelos militares marroquinos que foram retirados do local pelas forças espanholas em meados de julho.

"Não vamos fazer nada mais do que tentar buscar um período de certa tranqüilidade e que a partir de setembro possamos ter boas relações" com o Marrocos, assinalou Rajoy.

Porém, reiterou que seu país não deixará que "ninguém adote decisões de forma unilateral em proveito próprio".

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;