Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 23 de Junho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

dmais@dgabc.com.br | 4435-8396

Na barra do lápis


Luciana Bugni
Do Diário do Grande ABC

13/04/2008 | 07:02


Ajustadas, em formato cilíndrico, da cintura até os joelhos ou um pouco mais abaixo, as saias do tipo lápis são definidas pelo historiador Marcos Sabino como elemento de fetiche. “São associadas à imagem de mulheres sérias, mas sensuais”, define em seu Dicionário da Moda. E nessa estação, elas voltaram com tudo para realçar ainda mais a feminilidade da mulher e deixar os visuais com um ar de anos 1950.

Sabino explica que as peças foram muito adotadas no Brasil na década de 1950 e parte da de 1960, quando costumavam ser complementadas por escarpins e conjuntinhos twin-set. Hoje, elas podem ser usadas com saltinho mais baixo, blusas soltinhas e cintos que marcam a silhueta.

“Saia do tipo lápis é boa para quem tem perna mais alongada e fina e é mais alta, sem culote ou quadril muito largo. É perfeita para quem tem estrutura de corpo mais reta”, afirma a consultora de moda Patrícia Tucci. O conselho é usar uma blusa levemente solta ou justa. Não dá para ser muito larga que o look fica desequilibrado.

Na hora de combinar, a idéia de Patrícia é colocar sobre um modelo xadrez um casaqueto ajustado. Saias de camurça podem ser usadas com bota baixa e blusa de tricô. “Um jeito chique é usar saia de microfibra preta, um escarpim bonito e uma blusa mais agarrada que pode ser de seda ou de cetim”, diz a consultora.

O complemento pode ser um salto baixo, mas calçados sem salto nenhum deixam a roupa estranha. Patrícia diz que passa uma sensação de leveza e suavidade que não combinam com sandálias rasteiras. O mesmo cuidado deve ser tomado ao escolher o casaco. Os muito pesados dão impressão de que a pessoa tem pernas muito finas e barriga.

Dicas

* Se a saia é estampada, a blusa deve ser de uma das cores da estampa.

* Com saia estampada, o calçado deve ser da cor da pele.


Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;