Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 26 de Maio

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

nacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Santos tem meta de controlar dengue em 10 dias


Do Diário do Grande ABC

11/04/1999 | 14:04


A epidemia de dengue em Santos poderá estar controlada dentro de dez dias, se os moradores eliminarem os vasos de planta com água. Pelo menos essa é a expectativa de Nilson Vieira de Melo, secretário executivo nacional do Plano de Erradicaçao do Aedes aegypti.

Durante encontro que manteve com os coordenadores dos programas de combate à doença dos diversos municípios da regiao ficou constatado que 70% dos focos do mosquito estao dentro das casas.

Por isso, o secretário de Saúde de Santos, Edmond Atik, atendendo a orientaçao dada por Vieira, inicia esta segunda-feira (12) ampla campanha junto aos estudantes das redes municipal, estadual e particular de ensino além das universidades, visando a eliminaçao desses criadouros do mosquito.

De acordo com Atik, serao distribuídos nas escolas saquinhos plásticos, com areia grossa, a fim de que os alunos possam levá-los para casa e colocar a terra nos vasos e pratos. "Vamos penetrar na rede de ensino para que possamos conscientizar, o mais rápido possível, toda a comunidade, sobre a necessidade de eliminar os focos de dengue", enfatizou. Só este ano foram registrados 2.342 casos da doença, no município.

De acordo com Vieira, nao há outra saída: "Hoje controlar a dengue em Santos é partir para fazer com que toda a populaçao elimine o vaso de planta de dentro de casa", reafirmou.

Ele esclarece que eliminar o vaso pode ser jogar fora, destruí-lo ou entao colocar areia grossa até a boca, fazendo o mesmo com os pratos ou nos vidros onde sao plantadas jibóias, comigo-ninguém-pode, caroço de jabuticaba, batata doce e outras plantas. "Isso tudo precisa ser feito com urgência", enfatizou.

Ele acredita que a distribuiçao de terra grossa a partir desta segunda-feira nas escolas vai ser de grande eficiência, porque será explicado aos estudantes como proceder em casa e após será cobrada uma redaçao explicando "Como eu e mamae acabamos com a Dengue". Todas as casas serao posteriormente visitadas pelos técnicos da Sucen, prefeitura e PEA.

Vieira descartou a necessidade da contrataçao de agentes de quarteiroes, sugerida pelo prefeito Beto Mansur, e deixou claro que se a sociedade tiver capacidade de mobilizaçao, a alternativa que propoe é eficiente e mais barata. "Um caminhao com 5 metros cúbicos de areia custa R$ 60,00", concluiu.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;