Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 27 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Tailândia tem três mortes com suspeita de gripe do frango


Da AFP

02/02/2004 | 08:39


Responsáveis da área da saúde informaram nesta segunda-feira que três pacientes com sintomas da gripe do franco morreram na Tailândia, aumentando o número de pessoas que podem ter morrido por causa do vírus para 10.

Até o momento, o vírus H5N1 provocou três mortes confirmadas na Tailândia, duas crianças de seis anos e uma mulher de 58. "Encontramos mais cinco casos suspeitos. Com isso, são 19 no total. Três dos novos casos morreram", anunciou à imprensa o diretor do Departamento de Controle de Doenças, Charal Trinvuthipong.

As três vítimas são homens de 38 e 21 anos de idade, na província do nordeste do país, e um de 42 anos, da região central. Os dois casos suspeitos com vida correspondem a dois meninos, um de um ano e outro de cinco, também da região nordeste, destacou Charal.

Outro menino portador do vírus, caso já confirmado, está internado em estado crítico.

No Vietnã, o vírus da gripe das aves causou nesta segunda-feira sua nona vítima no país, um jovem de 18 anos que morreu na Cidade Ho Chi Minh. O jovem pertencia à etnia minoritária Koho, da província central de Lam Dong.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) afirmou nesta segunda-feira que um vírus da gripe humana pode ter chegado ao Vietnã, aumentando sensivelmente os riscos de que se combine com o da gripe das aves, dando origem a um novo vírus mortal.

"Temos informações segundo as quais a gripe humana está aqui, mas é difícil dizer até que ponto se desenvolveu", disse Bob Dietz, porta-voz da OMS em Hanói. O médico Shigeru Omi, diretor da agência do Pacífico Oeste da OMS, havia declarado no dia 27 de janeiro que há uma possibilidade de o vírus H5N1 da gripe das aves se combinar com o H3N2 da gripe humana.

A fusão dos dois, advertiu Omi, pode desencadear uma pandemia mundial, com a possibilidade de matar milhões de pessoas. "Segundo meu ponto de vista, é possível e por isso temos que trabalhar muito agora, não depois, para impedir que se produza esta mutação a nível molecular", disse.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Tailândia tem três mortes com suspeita de gripe do frango

Da AFP

02/02/2004 | 08:39


Responsáveis da área da saúde informaram nesta segunda-feira que três pacientes com sintomas da gripe do franco morreram na Tailândia, aumentando o número de pessoas que podem ter morrido por causa do vírus para 10.

Até o momento, o vírus H5N1 provocou três mortes confirmadas na Tailândia, duas crianças de seis anos e uma mulher de 58. "Encontramos mais cinco casos suspeitos. Com isso, são 19 no total. Três dos novos casos morreram", anunciou à imprensa o diretor do Departamento de Controle de Doenças, Charal Trinvuthipong.

As três vítimas são homens de 38 e 21 anos de idade, na província do nordeste do país, e um de 42 anos, da região central. Os dois casos suspeitos com vida correspondem a dois meninos, um de um ano e outro de cinco, também da região nordeste, destacou Charal.

Outro menino portador do vírus, caso já confirmado, está internado em estado crítico.

No Vietnã, o vírus da gripe das aves causou nesta segunda-feira sua nona vítima no país, um jovem de 18 anos que morreu na Cidade Ho Chi Minh. O jovem pertencia à etnia minoritária Koho, da província central de Lam Dong.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) afirmou nesta segunda-feira que um vírus da gripe humana pode ter chegado ao Vietnã, aumentando sensivelmente os riscos de que se combine com o da gripe das aves, dando origem a um novo vírus mortal.

"Temos informações segundo as quais a gripe humana está aqui, mas é difícil dizer até que ponto se desenvolveu", disse Bob Dietz, porta-voz da OMS em Hanói. O médico Shigeru Omi, diretor da agência do Pacífico Oeste da OMS, havia declarado no dia 27 de janeiro que há uma possibilidade de o vírus H5N1 da gripe das aves se combinar com o H3N2 da gripe humana.

A fusão dos dois, advertiu Omi, pode desencadear uma pandemia mundial, com a possibilidade de matar milhões de pessoas. "Segundo meu ponto de vista, é possível e por isso temos que trabalhar muito agora, não depois, para impedir que se produza esta mutação a nível molecular", disse.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;