Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 6 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

economia@dgabc.com.br | 4435-8057

Filipinas pode bater meta do PIB, diz presidente do BC



29/11/2013 | 05:15


O impacto do tufão Haiyan na economia das Filipinas é gerenciável e o crescimento interno pode atingir as metas do governo em 2013 e em 2014, com pouca necessidade de flexibilização adicional da política monetária, afirmou o presidente do banco central filipino Amando Tetangco.

No acumulado do ano até setembro, o produto interno bruto (PIB) cresceu em média 7,4%, acima da meta do governo para 2013 de crescimento entre 6% e 7%.

O governo filipino espera um crescimento econômico entre 6,5% e 7,5% para 2014.

"Atualmente, não parece ser necessário alterar a orientação da política monetária", afirmou Tetangco.

Para ele, as previsões anteriores para a inflação para este ano e para 2014 em 3,2% e 4,5% respectivamente, "parecem estar do lado conservador." De acordo com Tetangco, a inflação deste ano pode ser ainda menor.

De acordo com o presidente do banco central filipino, o tufão Haiyan pode atiçar alguma pressão inflacionária, mas "não será significativa." Fonte: Dow Jones Newswires.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;