Fechar
Publicidade

Sábado, 22 de Fevereiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Diadema tem média de uma lei por vereador

Denis Maciel/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Gustavo Pinchiaro
Do Diário do Grande ABC

09/05/2011 | 07:15


Em cinco meses, ou 120 dias de atividades, a Câmara de Diadema atingiu os seguintes números de ações aprovadas em plenário: 35 (14 do Executivo e 19 dos vereadores) projetos de lei aprovados, 72 requerimentos de informação e 243 indicações. A Casa abriga 17 assentos e neste período 18 parlamentares exerceram mandatos.

Na ponta do lápis, os dados representam 1,05 propositura de lei, quatro requerimentos de informação e 13,5 indicações por vereador. Destas matérias podem ser destacadas algumas com impacto quase irrelevante no cotidiano da população. Duas campanhas educativas, três datas comemorativas - exemplo do dia do socorrista -, um título de cidadão diademense, três medalhas de mérito e uma festa foram criados por meio de legislação na cidade.

O único projeto de impacto alterou o regimento interno para que um vereador possa se licenciar do cargo quando for assumir mandato de deputado federal ou estadual na condição de suplente. A medida beneficiou diretamente Regina Gonçalves (PV) que se licenciou para assumir nesta condição cadeira na Assembleia Legislativa.

Seis matérias foram adiadas. A mais relevante delas prevê a regulamentação do serviço de moto-frete na cidade e foi aprovado em primeira discussão na última quinta-feira, tendo como autor o presidente da Câmara, Laércio Soares (PCdoB).

O ranking geral é liderado por Célio Lucas de Almeida, o Célio Boi (PSB), com quatro proposituras. Vale destacar que duas leis criadas pelo socialisatas concedem títulos de cidadão diademense, sendo um deles ao companheiro de Câmara, Manoel Eduardo Marinho, o Maninho (PT). Laércio vem na segunda colocação com três projetos, seguido de: Maninho, Orlando Vitoriano (PT) e Milton Capel (PV) com dois cada; José Edmilson Pereira da Cruz, o Pastor Edmilson (PRB), Talabi Ubirajara Cerqueira Fahel (PSC), José Antonio da Silva (PT), Márcio Paschoal Giudicio, o Márcio da Farmácia (PSDB), Lauro Michels (PSDB), Wagner Feitoza, o Vaguinho (PSB) e Marion Magali de Oliveira (PTB), todos com uma propositura. Os outros cinco legisladores não tiveram propostas aprovadas.

Os que mais apresentaram requerimentos foram Cida Ferreira (PMDB) com 11, Maninho e Célio Boi com 10. Maninho é o campeão em indicações (61), seguido por Cida (27) e Laércio (24).

No currículo do Executivo, a matéria com mais peso direto na vida do munícipe foi a autorização de convênio com a Secretaria de Segurança do Estado para que a PM (Polícia Militar) fique autorizada a fiscalizar infrações de trânsito na cidade.

A mesa diretora também emplacou duas ações importantes que ainda estão em curso: consolidação da lei orgânica municipal e realização de concurso público para 40 novos funcionários.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Diadema tem média de uma lei por vereador

Gustavo Pinchiaro
Do Diário do Grande ABC

09/05/2011 | 07:15


Em cinco meses, ou 120 dias de atividades, a Câmara de Diadema atingiu os seguintes números de ações aprovadas em plenário: 35 (14 do Executivo e 19 dos vereadores) projetos de lei aprovados, 72 requerimentos de informação e 243 indicações. A Casa abriga 17 assentos e neste período 18 parlamentares exerceram mandatos.

Na ponta do lápis, os dados representam 1,05 propositura de lei, quatro requerimentos de informação e 13,5 indicações por vereador. Destas matérias podem ser destacadas algumas com impacto quase irrelevante no cotidiano da população. Duas campanhas educativas, três datas comemorativas - exemplo do dia do socorrista -, um título de cidadão diademense, três medalhas de mérito e uma festa foram criados por meio de legislação na cidade.

O único projeto de impacto alterou o regimento interno para que um vereador possa se licenciar do cargo quando for assumir mandato de deputado federal ou estadual na condição de suplente. A medida beneficiou diretamente Regina Gonçalves (PV) que se licenciou para assumir nesta condição cadeira na Assembleia Legislativa.

Seis matérias foram adiadas. A mais relevante delas prevê a regulamentação do serviço de moto-frete na cidade e foi aprovado em primeira discussão na última quinta-feira, tendo como autor o presidente da Câmara, Laércio Soares (PCdoB).

O ranking geral é liderado por Célio Lucas de Almeida, o Célio Boi (PSB), com quatro proposituras. Vale destacar que duas leis criadas pelo socialisatas concedem títulos de cidadão diademense, sendo um deles ao companheiro de Câmara, Manoel Eduardo Marinho, o Maninho (PT). Laércio vem na segunda colocação com três projetos, seguido de: Maninho, Orlando Vitoriano (PT) e Milton Capel (PV) com dois cada; José Edmilson Pereira da Cruz, o Pastor Edmilson (PRB), Talabi Ubirajara Cerqueira Fahel (PSC), José Antonio da Silva (PT), Márcio Paschoal Giudicio, o Márcio da Farmácia (PSDB), Lauro Michels (PSDB), Wagner Feitoza, o Vaguinho (PSB) e Marion Magali de Oliveira (PTB), todos com uma propositura. Os outros cinco legisladores não tiveram propostas aprovadas.

Os que mais apresentaram requerimentos foram Cida Ferreira (PMDB) com 11, Maninho e Célio Boi com 10. Maninho é o campeão em indicações (61), seguido por Cida (27) e Laércio (24).

No currículo do Executivo, a matéria com mais peso direto na vida do munícipe foi a autorização de convênio com a Secretaria de Segurança do Estado para que a PM (Polícia Militar) fique autorizada a fiscalizar infrações de trânsito na cidade.

A mesa diretora também emplacou duas ações importantes que ainda estão em curso: consolidação da lei orgânica municipal e realização de concurso público para 40 novos funcionários.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;