Fechar
Publicidade

Domingo, 23 de Fevereiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Com os pés no chão, Judson curte
estreia na elite pelo São Bernardo

O meia foi um dos destaques da equipe no suado empate com
Sorocaba no 1º de Maio, em rodada pela Série A-2 do Paulista


Thiago Silva
Do Diário do Grande ABC

30/03/2013 | 07:08


O meia Judson, 20 anos, fez na partida contra o Atlético Sorocaba, quinta-feira, no Estádio 1º de Maio, a estreia pelo São Bernardo na Série A-1 do Campeonato Paulista. A situação, porém, não era das melhores. A equipe perdia por 2 a 0 e ele entrou com pouco tempo para o fim do confronto.

 

No entanto, deu outra movimentação ao time, criou e iniciou a jogada do gol de empate (2 a 2), que assegurou resultado menos vexatório diante da torcida. Para o jogador, ele saiu de campo com dever cumprido em sua estreia na elite.

“Quando terminou o jogo tive sensação muito boa, principalmente porque contei com a confiança de todos, dos jogadores e do nosso treinador (Wagner Lopes). Fiquei feliz com minha participação”, destacou Judson. “Trabalho muito forte e soube aproveitar a minha oportunidade, fazendo bom jogo”, completou.

Outro ponto importante que o atleta destacou foi estrear justamente diante da torcida do São Bernardo. Revelado pelo Tigre, ele ficou emocionado ao jogar no Estádio 1º de Maio. “É muito legal esse duelo ter sido aqui, na nossa casa. Como sou prata do clube, foi especial para mim”, contou o meia, que voltou ao Brasil no início da semana depois de defender a seleção de Guiné Equatorial, nas eliminatórias para a Copa do Mundo de 2014. “Foi legal porque vencemos (2 a 1 sobre Cabo Verde) e antes, em amistoso preparatório, marquei um gol”, ressaltou o meia.

Apesar da boa apresentação, Judson sabe que dificilmente será titular na partida contra o União Barbarense, amanhã, no Interior. Porém, demonstrou humildade ao falar sobre o assunto. “Por enquanto, estou com os pés no chão. A última decisão quem toma é o treinador e tenho certeza que o escolhido fará bem seu papel”, assegurou.

O técnico Wagner Lopes também pisou em ovos ao falar de Judson, apesar dos elogios. “Ele entrou em um jogo difícil, mas eu acreditava nele e foi bem. Gosto de trabalhar com os jovens, que têm força de vontade e raça para ajudar o São Bernardo”, frisou o comandante. “Ele fez a jogada do segundo gol e foi bem, mas o importante é colocar o pé no chão e sempre pensar no sucesso coletivo”, completou.

O treinador vai decidir a equipe titular no treino de hoje cedo no Estádio 1º de Maio. Em seguida, a delegação almoça em São Bernardo e segue viagem para Santa Bárbara D’Oeste.

 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Com os pés no chão, Judson curte
estreia na elite pelo São Bernardo

O meia foi um dos destaques da equipe no suado empate com
Sorocaba no 1º de Maio, em rodada pela Série A-2 do Paulista

Thiago Silva
Do Diário do Grande ABC

30/03/2013 | 07:08


O meia Judson, 20 anos, fez na partida contra o Atlético Sorocaba, quinta-feira, no Estádio 1º de Maio, a estreia pelo São Bernardo na Série A-1 do Campeonato Paulista. A situação, porém, não era das melhores. A equipe perdia por 2 a 0 e ele entrou com pouco tempo para o fim do confronto.

 

No entanto, deu outra movimentação ao time, criou e iniciou a jogada do gol de empate (2 a 2), que assegurou resultado menos vexatório diante da torcida. Para o jogador, ele saiu de campo com dever cumprido em sua estreia na elite.

“Quando terminou o jogo tive sensação muito boa, principalmente porque contei com a confiança de todos, dos jogadores e do nosso treinador (Wagner Lopes). Fiquei feliz com minha participação”, destacou Judson. “Trabalho muito forte e soube aproveitar a minha oportunidade, fazendo bom jogo”, completou.

Outro ponto importante que o atleta destacou foi estrear justamente diante da torcida do São Bernardo. Revelado pelo Tigre, ele ficou emocionado ao jogar no Estádio 1º de Maio. “É muito legal esse duelo ter sido aqui, na nossa casa. Como sou prata do clube, foi especial para mim”, contou o meia, que voltou ao Brasil no início da semana depois de defender a seleção de Guiné Equatorial, nas eliminatórias para a Copa do Mundo de 2014. “Foi legal porque vencemos (2 a 1 sobre Cabo Verde) e antes, em amistoso preparatório, marquei um gol”, ressaltou o meia.

Apesar da boa apresentação, Judson sabe que dificilmente será titular na partida contra o União Barbarense, amanhã, no Interior. Porém, demonstrou humildade ao falar sobre o assunto. “Por enquanto, estou com os pés no chão. A última decisão quem toma é o treinador e tenho certeza que o escolhido fará bem seu papel”, assegurou.

O técnico Wagner Lopes também pisou em ovos ao falar de Judson, apesar dos elogios. “Ele entrou em um jogo difícil, mas eu acreditava nele e foi bem. Gosto de trabalhar com os jovens, que têm força de vontade e raça para ajudar o São Bernardo”, frisou o comandante. “Ele fez a jogada do segundo gol e foi bem, mas o importante é colocar o pé no chão e sempre pensar no sucesso coletivo”, completou.

O treinador vai decidir a equipe titular no treino de hoje cedo no Estádio 1º de Maio. Em seguida, a delegação almoça em São Bernardo e segue viagem para Santa Bárbara D’Oeste.

 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;