Fechar
Publicidade

Sábado, 24 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Estelionatário enganava idosos no Pq. das Nações

Prisão foi feita por policiais do 5º DP do Parque das Nações


Rafael Ribeiro
Do Diário do Grande ABC

25/04/2012 | 07:00


Graças a uma vizinha, que anotou a placa do Celta prata usado pelo acusado, policiais civis do 5º DP (Parque das Nações) de Santo André prenderam ontem o padeiro Antônio Carlos Bessa, 28 anos, acusado de enganar casal de idosos de 93 anos para levar R$ 1.000 em notas e suspeito de ser o autor de golpes semelhantes de estelionato no Grande ABC.

Na segunda-feira, Bessa estacionou na porta do casal, no Parque das Nações, e começou a buzinar alto para chamar a atenção. Ciente de que ali só moravam os idosos, usou o nome de um neto deles e alegou que essa pessoa estava precisando de dinheiro para viajar. Dez notas de R$ 100, guardadas para a compra de um aparelho auditivo, foram entregues ao criminoso.

A polícia investiga agora quem forneceu as informações ao estelionatário. "A família está empenhada em achar o responsável, pois ele chegou ao local falando os nomes das pessoas", disse um neto das vítimas, um químico de 50 anos.

A movimentação em uma rua sem saída chamou a atenção da vizinha atenta. E ontem Bessa foi preso em casa, na Zona Leste da Capital. O carro que usou era de sua mulher, que nada sabia de seus golpes e já se separou dele. Foi apreendida também uma Parati branca, que pertencia a um comparsa não identificado. O padeiro não ter habilitação para dirigir e já possuía duas prisões neste ano pelo mesmo crime, uma delas em Barueri, na Grande São Paulo. Em todas saiu pagando fiança.

"Ele se aproveita da fragilidade dos idosos para cometer seus crimes", disse a delegada Vera Lúcia Pereira Araújo. Ao ser detido, confessou e alegou que agia daquela forma porque "os velhinhos são muito ingênuos."



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Estelionatário enganava idosos no Pq. das Nações

Prisão foi feita por policiais do 5º DP do Parque das Nações

Rafael Ribeiro
Do Diário do Grande ABC

25/04/2012 | 07:00


Graças a uma vizinha, que anotou a placa do Celta prata usado pelo acusado, policiais civis do 5º DP (Parque das Nações) de Santo André prenderam ontem o padeiro Antônio Carlos Bessa, 28 anos, acusado de enganar casal de idosos de 93 anos para levar R$ 1.000 em notas e suspeito de ser o autor de golpes semelhantes de estelionato no Grande ABC.

Na segunda-feira, Bessa estacionou na porta do casal, no Parque das Nações, e começou a buzinar alto para chamar a atenção. Ciente de que ali só moravam os idosos, usou o nome de um neto deles e alegou que essa pessoa estava precisando de dinheiro para viajar. Dez notas de R$ 100, guardadas para a compra de um aparelho auditivo, foram entregues ao criminoso.

A polícia investiga agora quem forneceu as informações ao estelionatário. "A família está empenhada em achar o responsável, pois ele chegou ao local falando os nomes das pessoas", disse um neto das vítimas, um químico de 50 anos.

A movimentação em uma rua sem saída chamou a atenção da vizinha atenta. E ontem Bessa foi preso em casa, na Zona Leste da Capital. O carro que usou era de sua mulher, que nada sabia de seus golpes e já se separou dele. Foi apreendida também uma Parati branca, que pertencia a um comparsa não identificado. O padeiro não ter habilitação para dirigir e já possuía duas prisões neste ano pelo mesmo crime, uma delas em Barueri, na Grande São Paulo. Em todas saiu pagando fiança.

"Ele se aproveita da fragilidade dos idosos para cometer seus crimes", disse a delegada Vera Lúcia Pereira Araújo. Ao ser detido, confessou e alegou que agia daquela forma porque "os velhinhos são muito ingênuos."

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;