Fechar
Publicidade

Sábado, 30 de Maio

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Levir lamenta desempenho do Santos em empate e reconhece: 'Erramos quase tudo'

Bruno Cantini/ Atlético MG Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra


17/10/2017 | 09:22


O técnico Levir Culpi não escondeu a sua decepção com a atuação do Santos no empate por 2 a 2 com o Vitória, ocorrido na noite desta segunda-feira, no Pacaembu, onde o time alvinegro desperdiçou boa chance de reduzir de forma mais significativa a vantagem do líder Corinthians no Campeonato Brasileiro.

O resultado deixou a equipe santista, terceira colocada da tabela de classificação, a nove pontos dos corintianos, que no último domingo haviam sido derrotados pelo Bahia por 2 a 0, em Salvador, em outro duelo desta 28ª rodada da competição. Já o Grêmio, com a mesma pontuação do Santos, ocupa a vice-liderança nos critérios de desempate.

"Realmente tivemos um dos piores jogos na temporada, pelo menos comigo (no comando). Jogamos tão diferente (do nível habitual) que eu não sei nem analisar o que nós erramos, pois não acertamos quase nada. Ficamos muito abaixo da nossa produtividade normal", ressaltou Levir, em entrevista coletiva, na qual em seguida lembrou que o time baiano vem exibindo um grande desempenho como visitante sob o comando de Vagner Mancini neste segundo turno do Brasileirão.

"Gostaria de fazer uma ressalva, que é a sequência de bons jogos que o Vitória fez fora de casa, demonstrando um equilíbrio muito legal de time e também que é capaz de vencer um time como o Santos aqui", destacou o comandante.

O treinador também admitiu que o empate no Pacaembu abala o time santista no aspecto psicológico e esfria um pouco as pretensões da equipe em seu objetivo de alcançar os corintianos na liderança. "A gente lamenta por causa do momento. Estamos tentando encostar no Corinthians, era uma chance ótima. A partida foi muito abaixo do que podemos jogar. O time não produziu nada, mas isso muito em razão também do jogo e pela ótima postura tática do Vitória. Erramos quase tudo", reconheceu Levir.

Para completar, o treinador admitiu que o time baiano poderia ter saído do Pacaembu com um resultado melhor se fosse mais competente no aspecto ofensivo. "Se o Vitória tivesse vencido, nós teríamos de reconhecer que seria merecido", disse.

Após o empate como mandante, o Santos agora vai se preparar para enfrentar o Sport, quinta-feira, na Ilha do Retiro, em Recife, pela 29ª rodada do Brasileirão. Um dia antes, Corinthians e Grêmio se enfrentarão no Itaquerão, em São Paulo.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Levir lamenta desempenho do Santos em empate e reconhece: 'Erramos quase tudo'


17/10/2017 | 09:22


O técnico Levir Culpi não escondeu a sua decepção com a atuação do Santos no empate por 2 a 2 com o Vitória, ocorrido na noite desta segunda-feira, no Pacaembu, onde o time alvinegro desperdiçou boa chance de reduzir de forma mais significativa a vantagem do líder Corinthians no Campeonato Brasileiro.

O resultado deixou a equipe santista, terceira colocada da tabela de classificação, a nove pontos dos corintianos, que no último domingo haviam sido derrotados pelo Bahia por 2 a 0, em Salvador, em outro duelo desta 28ª rodada da competição. Já o Grêmio, com a mesma pontuação do Santos, ocupa a vice-liderança nos critérios de desempate.

"Realmente tivemos um dos piores jogos na temporada, pelo menos comigo (no comando). Jogamos tão diferente (do nível habitual) que eu não sei nem analisar o que nós erramos, pois não acertamos quase nada. Ficamos muito abaixo da nossa produtividade normal", ressaltou Levir, em entrevista coletiva, na qual em seguida lembrou que o time baiano vem exibindo um grande desempenho como visitante sob o comando de Vagner Mancini neste segundo turno do Brasileirão.

"Gostaria de fazer uma ressalva, que é a sequência de bons jogos que o Vitória fez fora de casa, demonstrando um equilíbrio muito legal de time e também que é capaz de vencer um time como o Santos aqui", destacou o comandante.

O treinador também admitiu que o empate no Pacaembu abala o time santista no aspecto psicológico e esfria um pouco as pretensões da equipe em seu objetivo de alcançar os corintianos na liderança. "A gente lamenta por causa do momento. Estamos tentando encostar no Corinthians, era uma chance ótima. A partida foi muito abaixo do que podemos jogar. O time não produziu nada, mas isso muito em razão também do jogo e pela ótima postura tática do Vitória. Erramos quase tudo", reconheceu Levir.

Para completar, o treinador admitiu que o time baiano poderia ter saído do Pacaembu com um resultado melhor se fosse mais competente no aspecto ofensivo. "Se o Vitória tivesse vencido, nós teríamos de reconhecer que seria merecido", disse.

Após o empate como mandante, o Santos agora vai se preparar para enfrentar o Sport, quinta-feira, na Ilha do Retiro, em Recife, pela 29ª rodada do Brasileirão. Um dia antes, Corinthians e Grêmio se enfrentarão no Itaquerão, em São Paulo.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;