Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 15 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Igreja da Escócia apóia ordenação de sacerdotes homossexuais


Da AFP

23/03/2005 | 14:33


A polêmica que divide a Igreja Anglicana em torno da homossexualidade aumentou nesta quarta-feira, depois que a Igreja da Escócia declarou que praticar a homossexualidade não é um obstáculo para praticar o sacerdócio.

"O fato de que alguém mantenha relações íntimas com uma pessoa do mesmo sexo nunca foi por si só constitutivo de proibição para que um sacerdote possa exercer como tal", declarou o Colégio de Bispos da Igreja da Escócia, em sua página na Internet.

Esta é a primeira vez que a Igreja escocesa, que tem 45 mil membros, expressa publicamente sua posição em relação à polêmica ordenação de homossexuais como sacerdotes.

O Colégio de Bispos informou ainda em seu comunicado que ocasionalmente respondeu aos pedidos de casais do mesmo sexo que pediam à Igreja a sua bênção.

"Somos conscientes de que, como Igreja, temos uma dívida pela maciça presença de homossexuais entre os fiéis", informou a Igreja escocesa.

Após o ordenamento de um sacerdote homossexual nos Estados Unidos, o tema do sacerdócio de clérigos homossexuais criou divisões na comunidade anglicana, que reúne 78 milhões de pessoas no mundo, suscitando inclusive temores de um cismo na Igreja.

Os líderes da Igreja anglicana da África, mais conservadores, se opuseram energicamente que os homossexuais pratiquem o sacerdócio, criticando a Igreja americana pela consagração do reverendo Gene Robinson.

Eles declararam ainda sua oposição contra a Igreja anglicana do Canadá, que deu sua bênção para a união de pessoas do mesmo sexo.

Em fevereiro passado, em um símbolo celebrado a portas fechadas em Newry (sul do Ulster), os líderes da comunidade anglicana aprovaram a expulsão durante três anos das igrejas dos Estados Unidos e do Canadá do Conselho Consultivo Anglicano por sua suposição a favor do sacerdócio dos homossexuais.

A posição da Igreja escocesa, que em fevereiro se opôs à expulsão, é inclusive mais tolerante com os homossexuais do que a Igreja da Inglaterra, que só ordenará homossexuais se estes não mantiverem relações sexuais.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;