Fechar
Publicidade

Sábado, 14 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Fiéis agradecem por graças alcançadas a Santo Antônio


Júnior Carvalho
Especial para o Diário

14/06/2015 | 07:00


O Dia de Santo Antônio, celebrado ontem, foi marcado por missas nas paróquias dedicadas ao casamenteiro. Em São Caetano, no bairro Jardim São Caetano, a festa teve a tradicional distribuição de pães e reuniu fiéis que agradeciam a graças que iam além de iniciar um relacionamento amoroso.

A dentista Kátia Xavier, 44 anos, e o marido, o representante comercial Márcio Antônio Xavier, 47, são exemplos disso. O casal tinha dificuldades para ter filhos quando, após tantas preces, veio a pequena Maria Fernanda. A menina nasceu justamente no dia 13 de junho. “Santo Antônio provou que (o nascimento) era coisa dele. Isso só reforçou a nossa fé”, conta Márcio.

Para a professora Stefânia Francesca, 29, a crença no santo casamenteiro lhe rendeu emprego no ano passado. “Estava desempregada há um ano. Comecei a participar da trezena e finalmente consegui um trabalho”, relatou.

Já para a também professora Bernadete Souza da Silva, 69, a devoção ao santo resolveu briga judicial enfrentada pelo filho há 15 anos. “A graça é assim, pode demorar, mas chega. Tem gente que quer pressa, mas não é uma barganha”, aconselha.

O pároco da comunidade, Francinaldo de Souza Justino, ressaltou essa pluralidade de pedidos atendidos. “Ele é popular, foi muito milagroso. Por isso é conhecido como o santo dos pães e da família”, explicou. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Fiéis agradecem por graças alcançadas a Santo Antônio

Júnior Carvalho
Especial para o Diário

14/06/2015 | 07:00


O Dia de Santo Antônio, celebrado ontem, foi marcado por missas nas paróquias dedicadas ao casamenteiro. Em São Caetano, no bairro Jardim São Caetano, a festa teve a tradicional distribuição de pães e reuniu fiéis que agradeciam a graças que iam além de iniciar um relacionamento amoroso.

A dentista Kátia Xavier, 44 anos, e o marido, o representante comercial Márcio Antônio Xavier, 47, são exemplos disso. O casal tinha dificuldades para ter filhos quando, após tantas preces, veio a pequena Maria Fernanda. A menina nasceu justamente no dia 13 de junho. “Santo Antônio provou que (o nascimento) era coisa dele. Isso só reforçou a nossa fé”, conta Márcio.

Para a professora Stefânia Francesca, 29, a crença no santo casamenteiro lhe rendeu emprego no ano passado. “Estava desempregada há um ano. Comecei a participar da trezena e finalmente consegui um trabalho”, relatou.

Já para a também professora Bernadete Souza da Silva, 69, a devoção ao santo resolveu briga judicial enfrentada pelo filho há 15 anos. “A graça é assim, pode demorar, mas chega. Tem gente que quer pressa, mas não é uma barganha”, aconselha.

O pároco da comunidade, Francinaldo de Souza Justino, ressaltou essa pluralidade de pedidos atendidos. “Ele é popular, foi muito milagroso. Por isso é conhecido como o santo dos pães e da família”, explicou. 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;