Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 9 de Abril

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Com time reserva e Elano no 'comando', Santos pega xará do Amapá na Vila Belmiro

Ivan Storti/Santos FC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra


28/04/2016 | 06:20


Nos últimos jogos, os torcedores do Santos se acostumaram a ver o reserva Elano ajudando o técnico Dorival Júnior. Os companheiros perguntavam se era uma preparação para ser treinador. Aos 34 anos, o meia afirma que seu negócio é atuar. Nesta quinta-feira, às 21h30, na Vila Belmiro, diante do xará Santos, do Amapá, na rodada de volta da primeira fase da Copa do Brasil, ele será titular pela primeira vez na temporada.

Elano será o destaque da equipe, que terá apenas os reservas. O meia deverá atuar ao lado de Rafael Longuine na armação de jogadas e também terá liberdade para se aproximar dos atacantes Joel e Paulinho. "Cada jogador tem as suas responsabilidades. Vou fazer que eu puder para proteger e ajudar, mas também tenho de fazer a minha (parte) primeiro".

No jogo de ida, em Macapá, empate por 1 a 1. Com isso, o time paulista se classifica com vitória simples ou igualdade por 0 a 0. Empate por dois ou mais gols classifica o time do Amapá. Novo 1 a 1 leva a decisão para as penalidades.

Mesmo que sejam torneios diferentes, Elano afirma que a classificação nesta quinta-feira será fundamental para o time conseguir confiança para a decisão do Campeonato Paulista contra o Audax. "É um jogo muito importante porque antecede a final. Ele traz confiança para todos", afirmou o meia, que defendeu o Santos entre 2001 e 2005 e retornou em 2011, quando foi bicampeão paulista e faturou o título da Copa Libertadores.

Elano deverá fazer sua primeira partida como titular desde que iniciou a sua quarta passagem pelo Santos no início deste ano após uma passagem de quatro meses pelo indiano Chennaiyin. Embora tenha orientado bastante os companheiros nos últimos jogos, do banco de reservas, Elano ainda não pensa em ser treinador. "Eu quero jogar. Ainda não pensei o que vou fazer depois", disse o meia.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Com time reserva e Elano no 'comando', Santos pega xará do Amapá na Vila Belmiro


28/04/2016 | 06:20


Nos últimos jogos, os torcedores do Santos se acostumaram a ver o reserva Elano ajudando o técnico Dorival Júnior. Os companheiros perguntavam se era uma preparação para ser treinador. Aos 34 anos, o meia afirma que seu negócio é atuar. Nesta quinta-feira, às 21h30, na Vila Belmiro, diante do xará Santos, do Amapá, na rodada de volta da primeira fase da Copa do Brasil, ele será titular pela primeira vez na temporada.

Elano será o destaque da equipe, que terá apenas os reservas. O meia deverá atuar ao lado de Rafael Longuine na armação de jogadas e também terá liberdade para se aproximar dos atacantes Joel e Paulinho. "Cada jogador tem as suas responsabilidades. Vou fazer que eu puder para proteger e ajudar, mas também tenho de fazer a minha (parte) primeiro".

No jogo de ida, em Macapá, empate por 1 a 1. Com isso, o time paulista se classifica com vitória simples ou igualdade por 0 a 0. Empate por dois ou mais gols classifica o time do Amapá. Novo 1 a 1 leva a decisão para as penalidades.

Mesmo que sejam torneios diferentes, Elano afirma que a classificação nesta quinta-feira será fundamental para o time conseguir confiança para a decisão do Campeonato Paulista contra o Audax. "É um jogo muito importante porque antecede a final. Ele traz confiança para todos", afirmou o meia, que defendeu o Santos entre 2001 e 2005 e retornou em 2011, quando foi bicampeão paulista e faturou o título da Copa Libertadores.

Elano deverá fazer sua primeira partida como titular desde que iniciou a sua quarta passagem pelo Santos no início deste ano após uma passagem de quatro meses pelo indiano Chennaiyin. Embora tenha orientado bastante os companheiros nos últimos jogos, do banco de reservas, Elano ainda não pensa em ser treinador. "Eu quero jogar. Ainda não pensei o que vou fazer depois", disse o meia.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;