Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 20 de Setembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

ONG busca parcerias para não fechar as portas

Andréa Iseki/DGABC  Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Instituição que atende crianças em creche na Vila São Pedro precisa regularizar dívida de R$ 30 mil ainda neste mês


Renato Cunha
Especial para o Diário

12/12/2014 | 07:00


A Instituição Educacional e Assistencial Cantinho do Saber funciona desde 1997 na Vila São Pedro, em São Bernardo, e atende atualmente 87 crianças de 1 a 4 anos em Educação Infantil, além de 100 famílias com programas de assistência social. Contudo, o espaço, conveniado à rede municipal da Prefeitura, sofre com a falta de parceiros e soma cerca de R$ 30 mil em dívidas, o que pode ocasionar o fechamento do local.

A diretora da instituição, Leonor Viana, participa do projeto desde o início, quando não havia a estrutura de hoje. “Em 1997 surgiu essa iniciativa nos fundos da minha casa, em um barracão que eu e meu marido montamos. A gente começou a atender as crianças carentes do bairro. Tudo de graça. O trabalho cresceu e tivemos que vir para um lugar maior. Em 2003 nos oficializamos como ONG (Organização Não Governamental) e conseguimos verba municipal para vir para a Rua do Oleoduto”, conta.

Segundo Leonor, o repasse da administração municipal é suficiente para suprir as despesas de recursos humanos e aluguel do espaço. Para o restante dos gastos, é preciso conseguir verba por meio de parcerias firmadas com empresas. “Estamos tentando de tudo. Fizemos diversas ações aqui no bairro para arrecadar fundos. Também promovemos campanha nas redes sociais. Até agora conseguimos somente cerca de 20% do que precisamos para liquidar todas as dívidas.”

Emocionada, a diretora não se conforma com o possível fim do projeto, que tem como um filho. “Está difícil aceitar a perda. Foi um trabalho de formiguinha. Muita gente não acreditou na nossa atuação. É muito complicado fazer o bem sozinha e sem dinheiro”, relata.

SEM OPÇÃO

A maior preocupação de Leonor continua sendo com a parte social. “O que fico mais triste é que essas crianças não vão ter mais lugar para ficar. O bairro tem poucas opções. A população é carente, muitos pais estão presos, são adolescentes, têm que trabalhar para sustentar a família. A atuação da ONG é importante para a comunidade. É gratificante quanto a gente vê o sorriso no rosto da criança.”

SOLIDARIEDADE

O Cantinho do Saber precisa acertar as contas com os credores até o dia 19, caso contrário, terá de encerrar as atividades no próximo ano letivo. Para obter informações sobre como doar, basta entrar em contato pelo telefone 4129-7154. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;