Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 17 de Maio

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Engenheiros da Boeing podem entrar em greve



01/02/2013 | 03:07


Os engenheiros sindicalizados da Boeing realizarão no dia 05 de fevereiro uma votação sobre uma possível greve, depois que a liderança do sindicato recomendou a rejeição da oferta contratual da empresa. A votação está prevista para continuar até 19 de fevereiro.

A liderança da Sociedade de Empregados Profissionais de Engenharia Aeroespacial (Speea, na sigla em inglês) recomendou a rejeição de um contrato de quatro anos nesta quinta-feira, uma vez que o sindicato e a Boeing continuam em um impasse sobre benefícios de aposentadoria.

O executivo-chefe da Boeing, Jim McNerney, disse na quarta-feira que estava "esperançoso" de que um acordo contratual final seria alcançado, evitando uma greve, mas acrescentou que a empresa terá um número suficiente de "especialistas disponíveis para continuar analisando esta questão". Qualquer greve vai interromper a produção de aviões e as entregas, visto que os engenheiros e operadores técnicos da empresa inspecionam as aeronaves para entregar aos clientes.

O porta-voz da Boeing, Doug Alder, disse em um comunicado que a empresa estava "decepcionada com a recomendação" da liderança da Speea, mas acrescentou que esperava que os membros do sindicato avaliassem a oferte de modo independe.

Se a greve for aprovada, a paralisação de trabalho não será acionada imediatamente. A votação permite que a liderança do sindicato convoque uma greve se as negociações fracassarem. A rejeição da oferta da Boeing leva as equipes de negociação de volta às discussões.

O sindicato de 23 mil engenheiros e operadores técnicos rejeitou, esmagadoramente, a primeira oferta da Boeing de um contrato de quatro anos. A primeira oferta havia sido feita em outubro.

As negociações foram interrompidas no início de dezembro, o que levou um mediador federal a recomendar um período de reflexão, que terminou no dia 9 de janeiro, dois dias depois de uma bateria de um 787 pegar fogo em Boston. As informações são da Dow Jones.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;