Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 17 de Setembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Federer leva sustos, mas estreia no US Open com vitória sobre revelação local



30/08/2017 | 00:57


Não foi a estreia tranquila que teve em anos anteriores no US Open, mas o suíço Roger Federer passou à segunda rodada do quarto e último Grand Slam da temporada, disputado em Nova York. Nesta terça-feira, em um dia atrapalhado por causa da chuva constante na cidade norte-americana - que provocou o adiamento de inúmeras partidas -, o atual número 3 do mundo precisou de cinco sets para derrotar o local Frances Tiafoe, uma das revelações da temporada e 70.º do ranking da ATP - com as parciais de 4/6, 6/2, 6/1, 1/6 e 6/4, em 2 horas e 37 minutos.

A experiência do tenista de 36 anos acabou prevalecendo sobre a juventude e disposição do norte-americano de apenas 19. Embalado por bons resultados na temporada - como segunda rodada no Aberto da Austrália e em Wimbledon e oitavas de final no Masters 1000 de Cincinnati, com direito a uma vitória sobre o alemão Alexander Zverev -, Frances Tiafoe não esmoreceu contra Roger Federer.

Na segunda rodada, o tenista suíço terá pela frente o vencedor do confronto entre o russo Mikhail Youzhny e o eslovaco Blaz Kavcic. Este duelo deveria acontecer nesta terça-feira, mas foi adiado para esta quarta por causa da chuva. Somente os jogos no estádio Arthur Ashe, a quadra principal do Complexo de Flushing Meadows, puderam ser realizados por causa do teto retrátil.

No confronto direto contra os rivais da segunda rodada, o suíço levou a melhor na única vez que enfrentou Blaz Kavcic e lidera o retrospecto contra Mikhail Youzhny por incríveis 16 a 0. A vitória desta terça-feira também faz com que Roger Federer siga sem perder na estreia de um Grand Slam desde 2003, em Roland Garros.

FEMININO - No primeiro jogo da rodada dupla noturna em Nova York, a torcida local comemorou bastante a estreia vitoriosa da norte-americana Madison Keys. A cabeça de chave número 15 do US Open derrotou a belga Elise Mertens, 39.ª colocada do ranking da WTA, por 2 sets a 0 - com parciais de 6/3 e 7/6 (8/6), em 1 hora e 29 minutos.

Sem a presença de Serena Williams, que está grávida, Madison Keys, de 22 anos, é ao lado de Venus Williams uma das esperanças de uma boa campanha no US Open. Na segunda rodada terá pela frente a vencedora da partida entre a experiente alemã Tatjana Maria e a convidada local Amanda Kratzer, que se enfrentarão nesta quarta-feira.

Um detalhe curioso do duelo desta terça-feira estava nas tribunas. Ex-números 1 do mundo, a norte-americana Lindsay Davenport e a belga Kim Clijsters têm relações muito próximas com as tenistas. A primeira é a treinadora principal de Madison Keys e a segunda é a administradora da academia de tênis onde a representante da Bélgica treina.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;