Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 28 de Maio

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Cultura & Lazer

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

Mostra estimula artistas iniciantes


Luís Felipe Soares
Especial para o Diário

13/11/2008 | 07:00


 

Começa nesta quinta-feira no Espaço Henfil a 2ª Coletiva de Artistas de São Bernardo, mostra destinada a produções de nascidos ou moradores da cidade. A exposição ocorre de segunda à sexta, das 9h às 21h, e aos sábados, das 9h às 14h, até o dia 29. A entrada é franca. "O intuito é privilegiar artistas iniciantes, que não têm um currículo formado", explica o curador do Museu de Artes de São Bernardo, Fabio Amsterdam.

A mostra é formada por um total de 39 obras variadas que compõem um grande semicírculo no local. Uma variada gama de pinturas impressionistas, concretistas, realistas, entre outros tipos, e um grafite estão distribuídos em torno de três esculturas centrais. "É um espaço diferente e mais concentrado. Quando o público chegar, as pessoas vão ter 180 graus de arte."

Entre o acervo exposto, o público pode conferir criações que fogem ao convencional. Uma nova concepção da bandeira nacional, uma borboleta psicodélica, um grafite muito bem acabado e a figura de um peixe todo estilizado são algumas das atrações da mostra.

Todos os artistas que se inscreveram para esta edição da coletiva participam do evento, cada um com apenas uma obra. Não houve nenhum tipo de limitação - a não ser o da área física do Espaço Henfil - ou seleção. Isso resultou no aumento da procura por um espaço, maior do que para a exposição do ano passado.

Os participantes encontram na mostra oportunidade de darem seus primeiros passos no mundo da arte.

"O evento serve como um trampolim para esses artistas se entusiasmarem e participarem de outras exposições. Muitos deles têm medo de haver uma seleção e acabam desistindo de mostrar suas obras", comenta. "É uma troca de experiências entre pessoas em um mesmo nível."

A união de diferentes artistas e estilos faz com que nenhuma tendência regional seja detectada. Apesar da variação artística de qualidade apresentada, o incentivo do público é essencial para o futuro desses artistas.

Segundo Amsterdam, "São Bernardo é um cenário produtivo. O Grande ABC tem muita coisa boa. Mas é preciso que o público perca a mania de ir para São Paulo para consumir arte".

2ª Coletiva de Artista de São Bernardo - Exposição. De hoje até dia 29. No Espaço Henfil - Av. Getúlio Vargas, 1.457. Tel.: 4125-4755. De segunda à sexta, das 9h às 21h, e aos sábados, das 9h às 14h. Entrada franca.

 

 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Mostra estimula artistas iniciantes

Luís Felipe Soares
Especial para o Diário

13/11/2008 | 07:00


 

Começa nesta quinta-feira no Espaço Henfil a 2ª Coletiva de Artistas de São Bernardo, mostra destinada a produções de nascidos ou moradores da cidade. A exposição ocorre de segunda à sexta, das 9h às 21h, e aos sábados, das 9h às 14h, até o dia 29. A entrada é franca. "O intuito é privilegiar artistas iniciantes, que não têm um currículo formado", explica o curador do Museu de Artes de São Bernardo, Fabio Amsterdam.

A mostra é formada por um total de 39 obras variadas que compõem um grande semicírculo no local. Uma variada gama de pinturas impressionistas, concretistas, realistas, entre outros tipos, e um grafite estão distribuídos em torno de três esculturas centrais. "É um espaço diferente e mais concentrado. Quando o público chegar, as pessoas vão ter 180 graus de arte."

Entre o acervo exposto, o público pode conferir criações que fogem ao convencional. Uma nova concepção da bandeira nacional, uma borboleta psicodélica, um grafite muito bem acabado e a figura de um peixe todo estilizado são algumas das atrações da mostra.

Todos os artistas que se inscreveram para esta edição da coletiva participam do evento, cada um com apenas uma obra. Não houve nenhum tipo de limitação - a não ser o da área física do Espaço Henfil - ou seleção. Isso resultou no aumento da procura por um espaço, maior do que para a exposição do ano passado.

Os participantes encontram na mostra oportunidade de darem seus primeiros passos no mundo da arte.

"O evento serve como um trampolim para esses artistas se entusiasmarem e participarem de outras exposições. Muitos deles têm medo de haver uma seleção e acabam desistindo de mostrar suas obras", comenta. "É uma troca de experiências entre pessoas em um mesmo nível."

A união de diferentes artistas e estilos faz com que nenhuma tendência regional seja detectada. Apesar da variação artística de qualidade apresentada, o incentivo do público é essencial para o futuro desses artistas.

Segundo Amsterdam, "São Bernardo é um cenário produtivo. O Grande ABC tem muita coisa boa. Mas é preciso que o público perca a mania de ir para São Paulo para consumir arte".

2ª Coletiva de Artista de São Bernardo - Exposição. De hoje até dia 29. No Espaço Henfil - Av. Getúlio Vargas, 1.457. Tel.: 4125-4755. De segunda à sexta, das 9h às 21h, e aos sábados, das 9h às 14h. Entrada franca.

 

 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;