Fechar
Publicidade

Sábado, 30 de Maio

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Cultura & Lazer

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

Consolidada a invasão do Twitter em todo o mundo


@thiagomariano_
Do Diário do Grande ABC

21/03/2010 | 07:09


E-mails, Orkut, MSN, sites de notícia, fofocas, humor... Quem ainda, desesperado, procura uma maneira de condensar todas essas ferramentas digitais é porque não conhece o microblog Twitter. Ele acaba de completar quatro anos, mas no Brasil chegou forte em 2009.

E quando começou a atingir o público brasileiro, registrou crescimento de quase 100%. No começo do mês chegou à marca mundial de 1 bilhão de tweets (mensagens curtas, de até 140 caracteres) publicados.

"Ele representa avanço porque introduz dinamismo, dá movimento e interação de muita gente em um mesmo espaço", entende José Luiz Goldfarb (@jlgoldfarb), professor da PUC-SP e twiteiro desde junho de 2009.

Para quem não entende, o Twitter funciona assim: Você cria a sua página e adiciona followings, pessoas de quem deseja receber as breves mensagens. Você também deixa os seus textos. É totalmente gratuito.

E há de tudo, desde perfis de notícias a pessoas bem-humoradas, que o são por natureza ou porque encarnam um personagem, como é o exemplo de @nairbello, uma conta fake que reproduz o cotidiano da atriz morta em 2007. A ‘nonna' fala sobre sua vida na Mooca e comenta, com humor, as notícias do dia.

Estatísticas - No ranking de brasileiros mais seguidos no Twitter, as celebridades estão na frente. Luciano Huck (@huckluciano) aparece em primeiro lugar com mais de 1,77 milhão de seguidores. O técnico corintiano Mano Menezes (@manomenezes), vem em segundo, com cerca de 1,36 milhão.

No espaço dos 140 caracteres vale tudo, principalmente postar links que chamem atenção para blogs e sites que têm mais espaço para a produção de conteúdo.

De acordo com pesquisa da E.Life (empresa especializada em inteligência de mercado e gestão do relacionamento e comportamento nas redes sociais), o Twitter ainda não ultrapassou o Orkut em número de usuários, mas ganha disparado no número de horas de uso e como a preferida entre as redes sociais utilizadas. Os dados mostram que 69,4% dos entrevistados optam pelo Twitter para ler notícias e 66,7% o utilizam para divulgar seu próprio conteúdo.

"Atuamos como pescadores de coisas legais para passar para os outros. No microblog se enxerga um fluxo imenso de dicas, informações e comentários, abrindo espaço para a troca disso tudo", conta Goldfarb.

A corrente é permanente. Cada um tem seu horário preferido de postagem. As chances de você ter sua página alimentada 24 horas por dia são enormes. E é por isso que cada vez mais as pessoas o acessam de meios móveis. Ainda de acordo com a pesquisa da E.Life, 51% dos twiteiros utilizam o celular para receber e postar mensagens.

Tendências - Com o registro de aumento de usuários, observa-se de tudo, principalmente polêmica, como a que o CQC Danilo Gentili (@danilogentili) se meteu no dia 8, dia da volta de Hebe Camargo (@hebeoficial) ao SBT, quando twitou em sua página: "O SBT está reprisando O Retorno da Múmia". A comunidade twiteira inteira, que comentava o programa ao vivo, se mobilizou contra Gentili.

Mas não é só de achincalhamento que vive a rede. Goldfarb faz parte do perfil @doeumlivro, que, com divulgação da cantora Maria Rita (@MROficial), e uma rede de farmácias, arrecadou mais de 180 mil livros para doar no último Natal.

Hoje, o professor também faz parte da comunidade Encontro de Twiteiros Culturais, cujo site é www.etcbrasil.com.br, que discute a difusão cultural por meio da rede.

Para ele, uma das tendências da página é que a pessoa aprenda melhor o uso das hashtags, que são palavras-chaves. "Usando as tags, pode-se participar de debates com temas de sua preferência e encontrar pessoas para falar de coisas em comum."

Hoje, o assunto que domina os trending topics da página, é o BBB. Usuários palpitam sobre a rotina dos brothers, acompanham o programa, postam o que acontece na casa e mobilizam campanhas pró ou contra os participantes.

As eleições de 2010 serão um termômetro da importância da rede, por meio do debate e da mobilização dos usuários na troca de notícias.

Para o mercado, o Twitter representa um potencial canal de comunicação. "As empresas estão mais acostumadas a um diálogo unilateral com o consumidor, em que só ela fala. Mas isso tem mudado. O Twitter forma um mosaico do comportamento do usuário, o que representa, para o mercado, ferramenta em potencial de diálogo e pesquisa. Creio que ele será o 0800 das empresas daqui a algum tempo", afirma Alessandro Barbosa Lima, CEO da E.Life.

Microcontos rendem até livro
A concisão com que os usuários são obrigados a expressar pensamentos, opiniões e notícias no espaço de cada mensagem do Twitter é o maior atrativo da rede.

Um tweet, no espaço de 140 caracteres, pode se desdobrar em conteúdo extenso, foto e vídeo, através de links de redirecionamento para outra página. Mas o bacana é que você não é obrigado a frequentar outros sites, carregado de conteúdo e assuntos diversos, para estar em contato com o que você gosta. É só seguir pessoas que fazem parte da malha do seu interesse e abrir os links que julgar mais conveniente para você, só saindo da sua página do Twitter nessa ocasião.

E esse aprendizado de utilizar somente 140 caracteres rende frutos além internet, como é o caso de Guilherme Donadio (@guidonadio), Vitor Fernandes (@vithorrR) e Luciana Xavier (@deathdilla), que lançaram o livro @bia_bem (Editora Porto de Ideias, preço médio R$ 8,90), no qual contam, em frases que limitam o mesmo espaço do Twitter, o cotidiano fragmentado, cheio de humor, da jovem Bia.

O projeto nasceu no curso de Letras da Fundação Santo André, na proposta de feitura de um livro infanto-juvenil. "No começo esbarramos em uma série de dificuldades, entre elas ter de resumir ao máximo a história da personagem e não nos adequar muito à norma culta da língua portuguesa, para conseguir efetuar o intento. Mas, acredito que ele estabelece relação com os jovens por ter conteúdo preciso e acessível", conta Donadio, de São Bernardo.

Para ele, o Twitter é um exercício do mundo contemporâneo. "Sem tempo para criar e se informar, é uma boa forma de filtrar conteúdo e expôr ideias de maneira precisa."

Concurso - Reaproximando os jovens da literatura através da perspectiva enxuta das novas redes sociais, a ABL (Academia Brasileira de Letras) lançou, na última segunda-feira, concurso de microcontos nos moldes do Twitter: com até 140 caracteres.

Candidatos deve seguir o perfil da ABL na rede (@Abletras) e enviar o microconto para o e-mail academia@academia.org.br">academia@academia.org.br, acrescentando seu perfil da página, nome, endereço e telefone.

A temática é livre e cada um só pode enviar uma história. O prazo de participação é até 30 de abril e os três vencedores, que têm seus microcontos publicados no site e no perfil da Academia, ganham um prêmio de participação, após a divulgação, no dia 1º de julho.

Escrever pequenas histórias já se tornou hábito em muitos perfis. Entre os que publicam microcontos estão o @microcontos, o @semruido e o @microcontoscos, esse último, lançando humor rápido nos curtos posts.

Glossário
@
- é o caractere que precede o nick (apelido) do usuário da rede. Por exemplo: @realwbonner é o nick do jornalista William Boner no Twitter.

Tweet - é a mensagem postada no limite de 140 caracteres.

Followings - são as pessoas que você segue e de quem você recebe mensagens.

Followers - são as pessoas que te seguem e recebem suas mensagens. Seguir e ser seguido são distintos. Se você segue uma pessoa, não significa que ela te siga também.

Direct Messages - São mensagens secretas, que substituem o e-mail, que podem ser trocadas entre duas pessoas que se seguem.

Reply - é a resposta de uma mensagem.

Retweet - é postar algo que alguém publicou no seu perfil.

Trending Topics - são os assuntos mais comentados do Twitter.

Hashtags ou tags - palavras-chave que expressam assuntos específicos, campanhas ou sentimentos comuns. Todas são precedidas do jogo da velha. Exemplo: #FF (Follow Friday). Você usa essa tag para indicar amigos para os outros seguirem às sextas-feiras.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Consolidada a invasão do Twitter em todo o mundo

@thiagomariano_
Do Diário do Grande ABC

21/03/2010 | 07:09


E-mails, Orkut, MSN, sites de notícia, fofocas, humor... Quem ainda, desesperado, procura uma maneira de condensar todas essas ferramentas digitais é porque não conhece o microblog Twitter. Ele acaba de completar quatro anos, mas no Brasil chegou forte em 2009.

E quando começou a atingir o público brasileiro, registrou crescimento de quase 100%. No começo do mês chegou à marca mundial de 1 bilhão de tweets (mensagens curtas, de até 140 caracteres) publicados.

"Ele representa avanço porque introduz dinamismo, dá movimento e interação de muita gente em um mesmo espaço", entende José Luiz Goldfarb (@jlgoldfarb), professor da PUC-SP e twiteiro desde junho de 2009.

Para quem não entende, o Twitter funciona assim: Você cria a sua página e adiciona followings, pessoas de quem deseja receber as breves mensagens. Você também deixa os seus textos. É totalmente gratuito.

E há de tudo, desde perfis de notícias a pessoas bem-humoradas, que o são por natureza ou porque encarnam um personagem, como é o exemplo de @nairbello, uma conta fake que reproduz o cotidiano da atriz morta em 2007. A ‘nonna' fala sobre sua vida na Mooca e comenta, com humor, as notícias do dia.

Estatísticas - No ranking de brasileiros mais seguidos no Twitter, as celebridades estão na frente. Luciano Huck (@huckluciano) aparece em primeiro lugar com mais de 1,77 milhão de seguidores. O técnico corintiano Mano Menezes (@manomenezes), vem em segundo, com cerca de 1,36 milhão.

No espaço dos 140 caracteres vale tudo, principalmente postar links que chamem atenção para blogs e sites que têm mais espaço para a produção de conteúdo.

De acordo com pesquisa da E.Life (empresa especializada em inteligência de mercado e gestão do relacionamento e comportamento nas redes sociais), o Twitter ainda não ultrapassou o Orkut em número de usuários, mas ganha disparado no número de horas de uso e como a preferida entre as redes sociais utilizadas. Os dados mostram que 69,4% dos entrevistados optam pelo Twitter para ler notícias e 66,7% o utilizam para divulgar seu próprio conteúdo.

"Atuamos como pescadores de coisas legais para passar para os outros. No microblog se enxerga um fluxo imenso de dicas, informações e comentários, abrindo espaço para a troca disso tudo", conta Goldfarb.

A corrente é permanente. Cada um tem seu horário preferido de postagem. As chances de você ter sua página alimentada 24 horas por dia são enormes. E é por isso que cada vez mais as pessoas o acessam de meios móveis. Ainda de acordo com a pesquisa da E.Life, 51% dos twiteiros utilizam o celular para receber e postar mensagens.

Tendências - Com o registro de aumento de usuários, observa-se de tudo, principalmente polêmica, como a que o CQC Danilo Gentili (@danilogentili) se meteu no dia 8, dia da volta de Hebe Camargo (@hebeoficial) ao SBT, quando twitou em sua página: "O SBT está reprisando O Retorno da Múmia". A comunidade twiteira inteira, que comentava o programa ao vivo, se mobilizou contra Gentili.

Mas não é só de achincalhamento que vive a rede. Goldfarb faz parte do perfil @doeumlivro, que, com divulgação da cantora Maria Rita (@MROficial), e uma rede de farmácias, arrecadou mais de 180 mil livros para doar no último Natal.

Hoje, o professor também faz parte da comunidade Encontro de Twiteiros Culturais, cujo site é www.etcbrasil.com.br, que discute a difusão cultural por meio da rede.

Para ele, uma das tendências da página é que a pessoa aprenda melhor o uso das hashtags, que são palavras-chaves. "Usando as tags, pode-se participar de debates com temas de sua preferência e encontrar pessoas para falar de coisas em comum."

Hoje, o assunto que domina os trending topics da página, é o BBB. Usuários palpitam sobre a rotina dos brothers, acompanham o programa, postam o que acontece na casa e mobilizam campanhas pró ou contra os participantes.

As eleições de 2010 serão um termômetro da importância da rede, por meio do debate e da mobilização dos usuários na troca de notícias.

Para o mercado, o Twitter representa um potencial canal de comunicação. "As empresas estão mais acostumadas a um diálogo unilateral com o consumidor, em que só ela fala. Mas isso tem mudado. O Twitter forma um mosaico do comportamento do usuário, o que representa, para o mercado, ferramenta em potencial de diálogo e pesquisa. Creio que ele será o 0800 das empresas daqui a algum tempo", afirma Alessandro Barbosa Lima, CEO da E.Life.

Microcontos rendem até livro
A concisão com que os usuários são obrigados a expressar pensamentos, opiniões e notícias no espaço de cada mensagem do Twitter é o maior atrativo da rede.

Um tweet, no espaço de 140 caracteres, pode se desdobrar em conteúdo extenso, foto e vídeo, através de links de redirecionamento para outra página. Mas o bacana é que você não é obrigado a frequentar outros sites, carregado de conteúdo e assuntos diversos, para estar em contato com o que você gosta. É só seguir pessoas que fazem parte da malha do seu interesse e abrir os links que julgar mais conveniente para você, só saindo da sua página do Twitter nessa ocasião.

E esse aprendizado de utilizar somente 140 caracteres rende frutos além internet, como é o caso de Guilherme Donadio (@guidonadio), Vitor Fernandes (@vithorrR) e Luciana Xavier (@deathdilla), que lançaram o livro @bia_bem (Editora Porto de Ideias, preço médio R$ 8,90), no qual contam, em frases que limitam o mesmo espaço do Twitter, o cotidiano fragmentado, cheio de humor, da jovem Bia.

O projeto nasceu no curso de Letras da Fundação Santo André, na proposta de feitura de um livro infanto-juvenil. "No começo esbarramos em uma série de dificuldades, entre elas ter de resumir ao máximo a história da personagem e não nos adequar muito à norma culta da língua portuguesa, para conseguir efetuar o intento. Mas, acredito que ele estabelece relação com os jovens por ter conteúdo preciso e acessível", conta Donadio, de São Bernardo.

Para ele, o Twitter é um exercício do mundo contemporâneo. "Sem tempo para criar e se informar, é uma boa forma de filtrar conteúdo e expôr ideias de maneira precisa."

Concurso - Reaproximando os jovens da literatura através da perspectiva enxuta das novas redes sociais, a ABL (Academia Brasileira de Letras) lançou, na última segunda-feira, concurso de microcontos nos moldes do Twitter: com até 140 caracteres.

Candidatos deve seguir o perfil da ABL na rede (@Abletras) e enviar o microconto para o e-mail academia@academia.org.br">academia@academia.org.br, acrescentando seu perfil da página, nome, endereço e telefone.

A temática é livre e cada um só pode enviar uma história. O prazo de participação é até 30 de abril e os três vencedores, que têm seus microcontos publicados no site e no perfil da Academia, ganham um prêmio de participação, após a divulgação, no dia 1º de julho.

Escrever pequenas histórias já se tornou hábito em muitos perfis. Entre os que publicam microcontos estão o @microcontos, o @semruido e o @microcontoscos, esse último, lançando humor rápido nos curtos posts.

Glossário
@
- é o caractere que precede o nick (apelido) do usuário da rede. Por exemplo: @realwbonner é o nick do jornalista William Boner no Twitter.

Tweet - é a mensagem postada no limite de 140 caracteres.

Followings - são as pessoas que você segue e de quem você recebe mensagens.

Followers - são as pessoas que te seguem e recebem suas mensagens. Seguir e ser seguido são distintos. Se você segue uma pessoa, não significa que ela te siga também.

Direct Messages - São mensagens secretas, que substituem o e-mail, que podem ser trocadas entre duas pessoas que se seguem.

Reply - é a resposta de uma mensagem.

Retweet - é postar algo que alguém publicou no seu perfil.

Trending Topics - são os assuntos mais comentados do Twitter.

Hashtags ou tags - palavras-chave que expressam assuntos específicos, campanhas ou sentimentos comuns. Todas são precedidas do jogo da velha. Exemplo: #FF (Follow Friday). Você usa essa tag para indicar amigos para os outros seguirem às sextas-feiras.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;