Fechar
Publicidade

Domingo, 19 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

|

O preito do Grande ABC a Elvis Presley


Ademir Medici

22/05/2016 | 07:00


Imaginem uma parceria entre três profissionais amigos aqui do Grande ABC, que se conhecem a mais de 30 anos, apaixonados por música, rádio, cinema, interessados em realizar um trabalho brasileiro inédito sobre Elvis Presley, sem qualquer preocupação mercantilista e com o talento e competência de cada um deles.

Imaginem mais: o grau de contatos e conhecimentos que os três possuem. Para se ter uma ideia, eles envolveram outros profissionais idealistas importantes, entre os quais – acreditem! – o locutor Ivan Machado de Assis, voz padrão da Rádio Eldorado, que a exemplo dos demais nada cobrou ($) para participar.

O resultado foi tão genial que a equipe formada criou um documentário em 1981 e bisou o feito em 2015: um documentário sobre Elvis primeiro em Super 8 milímetros e agora totalmente digitalizado, em duas versões: a completa, de 31 minutos, e outra, sintetizada em 21. As duas versões simplesmente fantásticas.

Mas, afinal, que trio é esse? Aparecido Lopes, nome verdadeiro do editor de som da antiga Eldorado, idealizador do trabalho; Fernando Villafranca, editor; e Walteir Terciani, responsável pela pesquisa e roteiro; os dois primeiros moradores de Santo André; Terciani, de São Bernardo.

Cido e Villafranca nós conhecemos de longa data e já os apresentamos várias vezes a vocês. Walteir, não. E a história de Walteir Terciani é maravilhosa: ele fundou o Gang''''Elvis Fan Club of Brazil, em 1967, e já realizou 34 viagens aos Estados Unidos, sempre em agosto, quando fãs do mundo todo se reúnem para homenagear Elvis Presley na data da sua morte, ocorrida em 1977, quando o ídolo tinha 42 anos.

Resumo: semana passada nós ganhamos o DVD “Elvis, o ídolo imortal”, que nos foi entregue pessoalmente pelo Fernando Villafranca, e conversamos com o Cido e com o Walteir, que em agosto fará sua 35ª viagem a Memphis, incorporando-se ao exército de fãs de Elvis.

Da longa conversa com Walteir nasceu a ideia de fazermos, aqui em Memória, a Semana Elvis Presley, projeto que já tem o apoio de Cido e Villafranca. Claro, em agosto próximo.

Por isso, paramos por aqui, deixando muito claro que o DVD produzido sobre Elvis não tem nenhuma conotação comercial. Seu objetivo é simplesmente uma homenagem aos fãs de Elvis e à nova geração que não conheceu Elvis vivo. Bem fariam os órgãos culturais do Grande ABC se exibissem o vídeo em sessões públicas.

Fica, pois, e desde já, o convite para a Semana Elvis Grande ABC em agosto aqui em Memória.

 

Para sempre

“O documentário foi feito em 1981 e é agora reeditado digitalmente. Permanece a trilha sonora original. A narração também é original com Ivan Machado de Assis, já falecido e a quem o rádio deve uma homenagem” (Fernando Villafranca).

“Para realizar o Super-8, acompanhei os admiradores do Elvis em São Paulo. Gravei com vários deles. No aniversário do Elvis era montada uma mesa com fotos. Ele era festejado como se estivesse presente. Tudo isso transportamos para o filme” (Aparecido Lopes).

“Tenho uma grande certeza: Elvis renasceu em 16-8-1977. Não haverá mais morte para ele. Elvis é história” (Walteir Terciani).

 

FICHA TÉCNICA

Vejam a equipe formada para que o documentário sobre Elvis se transformasse em realidade – e quem disse que o Grande ABC não faz Cultura?

Aparecido Lopes, idealizador, responsável pela trilha sonora original e pelas primeiras filmagens

Murillo Della Méa, redator

Fernando Villa Franca, editor, diretor e supervisor geral

Fernando Barile, efeitos especiais

Renata C. V. Gonçalves, caracteres

Silvio Nascimento, telecinagem em Super 8 mm

Ivan Machado de Assis, narração

Walteir Domingos Terciani, pesquisa e roteiro

 

Diário há 30 anos

Quinta-feira, 22 de maio de 1986 - ano 29, nº 6139

MANCHETE – São Bernardo aprova projeto que beneficia os secretários.

Secretários e assessores da Prefeitura de São Bernardo têm reajustes de 55,27%; já os servidores horistas terão os seus salários reajustados em apenas 16,75%.

Treze vereadores aprovam o projeto, contra dois; e dois vereadores do PT se retiram do plenário.

Galerias lotadas de servidores pediam a rejeição do chamado projetão do funcionalismo.

 

Em 22 de maio de...

1916 – A guerra. Do noticiário do Estadão: uma nota do Brasil às potências. O País mantinha-se neutro.

Governo Wenceslau Brás enviava memorando às chancelarias estrangeiras expondo seu ponto de vista em relação a problemas de Direito Internacional suscitados pelo conflito europeu.

 

Hoje

Dia do Apicultor

Dia Internacional da Biodiversidade

Dia do Abraço

 

Municípios Paulistas

Celebram aniversário neste dia 22 de maio as cidades de Bom Jesus dos Perdões, Fernandópolis, Igarapava, Neves Paulista, Pederneiras, Sales Oliveira, Santa Branca, Santa Rita d’Oeste e Santa Rita do Passa Quatro.

 

Municípios brasileiros

Brasilândia de Minas (MG), Cajueiro (AL), Extrema (MG), Itaboraí (RJ), Mariano Moro (RS), Medina (MG), Pacajus (CE), Palmitinho (RS), Pires Ferreira (CE), Rio Branco (MT), Santa Rita de Jacutinga (MG), Santa Rita do Sapucaí e Trombas (GO) Fonte: IBGE

 

Santos do Dia

Santa Rita de Cássia (Cássia, Itália, 1381 – 1457). Perdeu o marido e filho, tornando-se monja agostiniana. Sua fama de santidade atravessou os muros do convento e muitos milagres foram atribuídos à sua intercessão. Os fiéis a consideram a “Santa das Causas Impossíveis.”

Colaboração: padre Evaldo César de Souza, CssR.

 

GRANDE ABC

Na região, duas paróquias são dedicadas a Santa Rita de Cássia, no bairro Pinheirinho (Santo André) e na Vila Santa Rita (Diadema).

Também existem várias capelas em louvor à Santa Rita: Jardim Cristiane e Vila Tibiriçá, em Santo André; Alto do Jardim Industrial, Taquacetuba e Parque Havaí, em São Bernardo; bairro Barcelona, em São Caetano; bairro Noevo e Avenida Água Funda, em Diadema; Jardim Primavera, em Mauá; e bairro Santo Bertoldo, em Ribeirão Pires.

Santa Trindade

Quitéria

Casto



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

O preito do Grande ABC a Elvis Presley

Ademir Medici

22/05/2016 | 07:00


Imaginem uma parceria entre três profissionais amigos aqui do Grande ABC, que se conhecem a mais de 30 anos, apaixonados por música, rádio, cinema, interessados em realizar um trabalho brasileiro inédito sobre Elvis Presley, sem qualquer preocupação mercantilista e com o talento e competência de cada um deles.

Imaginem mais: o grau de contatos e conhecimentos que os três possuem. Para se ter uma ideia, eles envolveram outros profissionais idealistas importantes, entre os quais – acreditem! – o locutor Ivan Machado de Assis, voz padrão da Rádio Eldorado, que a exemplo dos demais nada cobrou ($) para participar.

O resultado foi tão genial que a equipe formada criou um documentário em 1981 e bisou o feito em 2015: um documentário sobre Elvis primeiro em Super 8 milímetros e agora totalmente digitalizado, em duas versões: a completa, de 31 minutos, e outra, sintetizada em 21. As duas versões simplesmente fantásticas.

Mas, afinal, que trio é esse? Aparecido Lopes, nome verdadeiro do editor de som da antiga Eldorado, idealizador do trabalho; Fernando Villafranca, editor; e Walteir Terciani, responsável pela pesquisa e roteiro; os dois primeiros moradores de Santo André; Terciani, de São Bernardo.

Cido e Villafranca nós conhecemos de longa data e já os apresentamos várias vezes a vocês. Walteir, não. E a história de Walteir Terciani é maravilhosa: ele fundou o Gang''''Elvis Fan Club of Brazil, em 1967, e já realizou 34 viagens aos Estados Unidos, sempre em agosto, quando fãs do mundo todo se reúnem para homenagear Elvis Presley na data da sua morte, ocorrida em 1977, quando o ídolo tinha 42 anos.

Resumo: semana passada nós ganhamos o DVD “Elvis, o ídolo imortal”, que nos foi entregue pessoalmente pelo Fernando Villafranca, e conversamos com o Cido e com o Walteir, que em agosto fará sua 35ª viagem a Memphis, incorporando-se ao exército de fãs de Elvis.

Da longa conversa com Walteir nasceu a ideia de fazermos, aqui em Memória, a Semana Elvis Presley, projeto que já tem o apoio de Cido e Villafranca. Claro, em agosto próximo.

Por isso, paramos por aqui, deixando muito claro que o DVD produzido sobre Elvis não tem nenhuma conotação comercial. Seu objetivo é simplesmente uma homenagem aos fãs de Elvis e à nova geração que não conheceu Elvis vivo. Bem fariam os órgãos culturais do Grande ABC se exibissem o vídeo em sessões públicas.

Fica, pois, e desde já, o convite para a Semana Elvis Grande ABC em agosto aqui em Memória.

 

Para sempre

“O documentário foi feito em 1981 e é agora reeditado digitalmente. Permanece a trilha sonora original. A narração também é original com Ivan Machado de Assis, já falecido e a quem o rádio deve uma homenagem” (Fernando Villafranca).

“Para realizar o Super-8, acompanhei os admiradores do Elvis em São Paulo. Gravei com vários deles. No aniversário do Elvis era montada uma mesa com fotos. Ele era festejado como se estivesse presente. Tudo isso transportamos para o filme” (Aparecido Lopes).

“Tenho uma grande certeza: Elvis renasceu em 16-8-1977. Não haverá mais morte para ele. Elvis é história” (Walteir Terciani).

 

FICHA TÉCNICA

Vejam a equipe formada para que o documentário sobre Elvis se transformasse em realidade – e quem disse que o Grande ABC não faz Cultura?

Aparecido Lopes, idealizador, responsável pela trilha sonora original e pelas primeiras filmagens

Murillo Della Méa, redator

Fernando Villa Franca, editor, diretor e supervisor geral

Fernando Barile, efeitos especiais

Renata C. V. Gonçalves, caracteres

Silvio Nascimento, telecinagem em Super 8 mm

Ivan Machado de Assis, narração

Walteir Domingos Terciani, pesquisa e roteiro

 

Diário há 30 anos

Quinta-feira, 22 de maio de 1986 - ano 29, nº 6139

MANCHETE – São Bernardo aprova projeto que beneficia os secretários.

Secretários e assessores da Prefeitura de São Bernardo têm reajustes de 55,27%; já os servidores horistas terão os seus salários reajustados em apenas 16,75%.

Treze vereadores aprovam o projeto, contra dois; e dois vereadores do PT se retiram do plenário.

Galerias lotadas de servidores pediam a rejeição do chamado projetão do funcionalismo.

 

Em 22 de maio de...

1916 – A guerra. Do noticiário do Estadão: uma nota do Brasil às potências. O País mantinha-se neutro.

Governo Wenceslau Brás enviava memorando às chancelarias estrangeiras expondo seu ponto de vista em relação a problemas de Direito Internacional suscitados pelo conflito europeu.

 

Hoje

Dia do Apicultor

Dia Internacional da Biodiversidade

Dia do Abraço

 

Municípios Paulistas

Celebram aniversário neste dia 22 de maio as cidades de Bom Jesus dos Perdões, Fernandópolis, Igarapava, Neves Paulista, Pederneiras, Sales Oliveira, Santa Branca, Santa Rita d’Oeste e Santa Rita do Passa Quatro.

 

Municípios brasileiros

Brasilândia de Minas (MG), Cajueiro (AL), Extrema (MG), Itaboraí (RJ), Mariano Moro (RS), Medina (MG), Pacajus (CE), Palmitinho (RS), Pires Ferreira (CE), Rio Branco (MT), Santa Rita de Jacutinga (MG), Santa Rita do Sapucaí e Trombas (GO) Fonte: IBGE

 

Santos do Dia

Santa Rita de Cássia (Cássia, Itália, 1381 – 1457). Perdeu o marido e filho, tornando-se monja agostiniana. Sua fama de santidade atravessou os muros do convento e muitos milagres foram atribuídos à sua intercessão. Os fiéis a consideram a “Santa das Causas Impossíveis.”

Colaboração: padre Evaldo César de Souza, CssR.

 

GRANDE ABC

Na região, duas paróquias são dedicadas a Santa Rita de Cássia, no bairro Pinheirinho (Santo André) e na Vila Santa Rita (Diadema).

Também existem várias capelas em louvor à Santa Rita: Jardim Cristiane e Vila Tibiriçá, em Santo André; Alto do Jardim Industrial, Taquacetuba e Parque Havaí, em São Bernardo; bairro Barcelona, em São Caetano; bairro Noevo e Avenida Água Funda, em Diadema; Jardim Primavera, em Mauá; e bairro Santo Bertoldo, em Ribeirão Pires.

Santa Trindade

Quitéria

Casto

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;