Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 20 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Itamar volta ao PMDB para disputar a presidência


Do Diário OnLine

17/02/2001 | 00:06


O governador de Minas Gerais, Itamar Franco, deve filiar-se ao PMDB com o objetivo de disputar a presidência da República em 2002. O presidente do Senado, Jader Barbalho (PMDB-PA), já teria demonstrado apoio à sua candidatura e deixado a estrutura da bese governista ainda mais ameaçada.

Nesta sexta-feira, Itamar telefonou para o senador Pedro Simon (PMDB-RS), que é pré-candidato à presidência, para comunicar a sua pretensão.

Ele afirmou que a decisão definitiva em relação à volta ao partido será anunciada depois do Carnaval. O governador garantiu que, caso a filiação realmente aconteça, vai propor o seu nome à comissão do partido para a candidatura.

Itamar deixou o PMDB há dois anos acusando o partido de traição. Na época, ele perdeu a vaga do PMDB para disputar a presidência. Uma articulação do partido, comandada inclusive por Jader Barbalho, teria colaborado para que o partido decidisse pelo apoio à candidatura de Fernando Henrique Cardoso (PSDB).

Se Itamar entrar no PMDB, a retomada da base governista (PSDB-PMDB-PFL) deve ficar ainda mais difícil, já que o governo federal não mantém uma boa relação com o mineiro.

Nesta sexta, Itamar esteve em São Paulo e se encontrou com o senador Eduardo Suplicy (PT-SP) e com o ex-governador de São Paulo e líder peemedebista Orestes Quércia.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Itamar volta ao PMDB para disputar a presidência

Do Diário OnLine

17/02/2001 | 00:06


O governador de Minas Gerais, Itamar Franco, deve filiar-se ao PMDB com o objetivo de disputar a presidência da República em 2002. O presidente do Senado, Jader Barbalho (PMDB-PA), já teria demonstrado apoio à sua candidatura e deixado a estrutura da bese governista ainda mais ameaçada.

Nesta sexta-feira, Itamar telefonou para o senador Pedro Simon (PMDB-RS), que é pré-candidato à presidência, para comunicar a sua pretensão.

Ele afirmou que a decisão definitiva em relação à volta ao partido será anunciada depois do Carnaval. O governador garantiu que, caso a filiação realmente aconteça, vai propor o seu nome à comissão do partido para a candidatura.

Itamar deixou o PMDB há dois anos acusando o partido de traição. Na época, ele perdeu a vaga do PMDB para disputar a presidência. Uma articulação do partido, comandada inclusive por Jader Barbalho, teria colaborado para que o partido decidisse pelo apoio à candidatura de Fernando Henrique Cardoso (PSDB).

Se Itamar entrar no PMDB, a retomada da base governista (PSDB-PMDB-PFL) deve ficar ainda mais difícil, já que o governo federal não mantém uma boa relação com o mineiro.

Nesta sexta, Itamar esteve em São Paulo e se encontrou com o senador Eduardo Suplicy (PT-SP) e com o ex-governador de São Paulo e líder peemedebista Orestes Quércia.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;