Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 30 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Papa João Paulo II viaja pela 3ª vez à Eslováquia


Da AFP

10/09/2003 | 11:14


João Paulo II regressa esta quinta-feira à Eslováquia para uma visita pastoral, a terceira de seu pontificado a esse país do leste europeu e a 102ª fora da Itália. Dessa vez, Sua Santidade visitará as cidades de Trnava, Banska Bystrica, Roznava e a capital Bratislava, onde dormirá todas as noites até o próximo domingo.

No domingo, inclusive, o Papa João Paulo II beatificará em Bratislava duas vítimas das perseguições comunistas, consideradas figuras heróicas da Igreja Católica local, o bispo Vasil Hopko (1904-1976) e a religiosa Zdenka Cecilia Schelingova (1916-1955).

Na tradicional audiência-geral dessa quarta-feira, o Papa pediu aos fiéis de todo o mundo que o acompanhem em orações na viagem à Eslováquia.

O Sumo Pontífice, que em meados de outubro celebrará o 25º aniversário de sua eleição ao trono papal, viajou pela primeira vez à Eslováquia em 1990, alguns meses depois da queda do regime comunista, quando o país, atualmente independente, ainda fazia parte da Tchecoslováquia.

O Papa voltou à Eslováquia em 1995, dois anos depois da independência desse pequeno Estado de 5,4 milhões de habitantes.

Esta visita, a quarta do ano depois de suas viagens à Espanha, Croácia e Bósnia, é uma espécie de teste para suas visitas previstas em 2004 à Áustria, Suíça, Polônia e talvez a França.

Em quatro dias, o idoso Papa, cujo estado de saúde é delicado, será submetido doze vezes ao estresse da decolagem e aterrissagem de um avião. Também realizará inúmeras viagens de automóvel.

Segundo o bispo Piero Marini, o prelado encarregado de organizar as cerimônias presididas pelo Papa e que está constantemente perto dele, João Paulo II deseja promover, através de suas visita, um novo impulso espiritual, principalmente entre os jovens.

Para o Papa, que luta há meses para que a futura Constituição Européia se refira explicitamente às "raízes cristãs" do velho continente, a Eslováquia pode oferecer à Europa "uma contribuição específica com sua tradição cultural e religiosa".

Ao chegar a Bratislava, o pontífice se encontrará com o presidente e primeiro-ministro na sede da nunciatura apostólica, onde ficará hospedado durante sua estada, antes de ir rezar na catedral de Trnava, a alguns quilômetros da capital.

Na sexta-feira, o Papa celebrará uma missa ao ar livre em uma praça de Banska Bystrica (nordeste) e, na hora do almoço, entregará uma mensagem aos bispos do país. No sábado, realizará outra missa na periferia de Roznava (leste) e no fará a cerimônia de beatificação de Vasil Hopko e Zdenka Cecilia Schelingova.

João Paulo II foi, até agora, o Pontífice que proclamou mais beatos e santos na história da Igreja Católica, num total de 1.319 e 473, respectivamente. Todos seus antecessores realizaram apenas 310 beatificações e canonizaram 300 santos.

Ao longo de suas 101 visitas pastorais pelo mundo e suas 139 viagens dentro da Itália, o Papa já percorreu 1,25 bilhão de quilômetros e esteve em mais de 850 cidades.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;